segunda-feira, 12 de junho de 2017

DESPERTANDO O CONHECIMENTO - PEÇA ORIENTAÇÃO AOS SEUS GUIAS ESPIRITUAIS

Fale com os seus Guias Espirituais



A sua ligação com os seus Guias é positiva ou negativa?
Está a conseguir usufruir da força dos seus Guias na sua vida?
Conheça os seus Guias Espirituais e oriente os seus caminhos!

O que são Guias Espirituais

Cada pessoa tem uma estrutura espiritual que a compõe, suporta e protege. Esta estrutura relaciona-se com um conjunto de forças, de vibrações, que lhe são atribuídas de acordo com a sua missão de vida e com os desafios que tem para ultrapassar nesta vida. Estas vibrações têm origem em certas entidades e figuras espirituais.

Neste sentido, cada pessoa tem um conjunto de forças e características que lhe são atribuídas de acordo com os Guias que a protegem e acompanham nesta vida.

Cada um de nós tem, pelo menos, um Guia Espiritual.

Os guias são seres espirituais que não possuem corpo físico neste momento, mas alguns já o tiveram antes.

O seu guia espiritual cuida de si e dá-lhe orientação e apoio na sua jornada espiritual - mesmo que você não esteja ciente disso. Um guia espiritual é um ser evoluído que concordou em apoiar a sua evolução espiritual na terra.

Os guias espirituais estão sempre junto a nós, mas poucas pessoas fazem por se tornarem conscientes da sua presença. A meditação é uma das melhores formas de começar a abrir a sua consciência para perceber a presença dos seus Guias.



Para conectar-se com os seus guias poderá seguir estes passos simples :

1.º - Para contactar com os seus guias espirituais, deverá sentar-se ou deitar-se calmamente, sem distrações, relaxar, limpar a sua mente e concentrar-se. Poderá ser feito, por exemplo, quando vai para a cama, antes de dormir.
Quando estamos em meditação os guias espirituais usam a telepatia para comunicarem connosco, uma vez que o pensamento tem a sua própria energia.

2.º - Mentalmente fale com os seus Guias. Diga-lhes que quer conhecê-los e que está aberto para receber as suas orientações. Peça-lhes que se deem a conhecer.

3.º - Poderá não acontecer logo na primeira vez que faça a meditação, mas com o tempo a imagem do (s) seu (s) guia (s) começarão a surgir na sua mente quando menos esperar.

4.º - Quando sentir a presença dos seus guias será tão reconfortante como sentir a presença e o carinho de uma mãe a consolá-lo em momentos de necessidade. Eles trazem inspiração e influências benéficas, e nunca mais irá querer afastar-se deles.



Os seus guias poderão ser: anjos, santos, alguém já desencarnado que você conheceu, nesta ou em outras vidas, ou alguém que você nunca viu. Os seus guias estão sempre consigo e eles encontrarão sempre uma maneira de se comunicar consigo através dos seus sentidos.

Estes seres não são experimentados sempre da mesma forma. Às vezes, eles aparecem em visões repentinas, outras vezes sentimos uma presença que está junto de nós mas que não conseguimos ver. O certo é que, se estiver atento, a sua presença é sempre detectada.

Peça aos seus Guias ajuda e orientação, e o mais importante: ESCUTE.

As respostas dos Guias podem chegar até si através de um sonho ou através de um pensamento que surja na sua cabeça quando menos espera. Às vezes chegam através de um livro, de um texto, ou de uma frase que lê, e quando percebe a sua resposta está lá. Outras vezes os nossos guias usam uma pessoa que irá conversar connosco para através dela nos enviarem as suas mensagens.

Abra o seu coração para ouvir as respostas às suas orações e a sua alma receberá as informações.

Medite e limpe os seus chakras através da meditação e da oração, a limpeza da sua mente irá permitir a chegada de novas ideias e orientações divinas.

E como sempre gosto de lembrar:
Agradeça sempre tudo o que receber dos seus Guias, porque mais importante do que pedir é AGRADECER…!