sexta-feira, 20 de outubro de 2017

DICAS TERAPÊUTICAS - O PODER DOS CRISTAS - CRISOCOLA - Pedra da Prosperidade

CRISOCOLA - Pedra da Prosperidade

 


Indicações: Comércio, Negócios, Esperança.
Propriedades: Abre nossos caminhos e cuida das questões de trabalho e dinheiro, nos ajudando no enriquecimento pessoal em todos os sentidos.

Também ajuda a estab
elecer um bom relacionamento amoroso e boas parcerias.

Efeitos para o corpo:

A Crisocola minora o reumatismo e propicia o crescimento dos ossos. A água enriquecida com Crisocola favorece a função do baço, rins e bexiga. Harmoniza a função do estômago e dos intestinos. Nos casos de gravidez, a Crisocola é especialmente protetora da gestante. Impede os partos falhos, dores nas costas, excesso de peso e provoca um crescimento sadio do feto no ventre da mãe.

Indicações: Reumatismo, crescimento dos ossos, baço, rins, bexiga, estômago, instestinos, gravidez.


Efeitos para a mente:

Através de seu efeito calmante, a Crisocola pode dissolver em seu portador a opressão e o estresse. Ajuda a criar um relacionamento amoroso pessoal e nos casos de parcerias, transmite calma, tolerância e amor. na meditação, penetra profundamente sobre a testa e o chacra do coração, transmitindo profunda paz e descontração.

Indicações: Estresse, nervos, parcerias, calma, tolerância, amor, contrações psicossomáticas.

História: Os egípcios honravam a Crisocola como pedra da sabedoria que tinha o poder de promover em seus portadores uma harmonização entre espírito e corpo.

DESPERTANDO O CONHECIMENTO - A influência do ambiente em nossa vida

Como equilibrar as influências do ambiente artificial com o ambiente natural
Resultado de imagem para DESPERTANDO O CONHECIMENTO - QUAL A INFLUÊNCIA DO NOME EM NOSSA VIDA?

O ser humano reage constantemente aos estímulos que os rodeia, muitas vezes involuntariamente. Neste sentido, o nosso ambiente se torna imperativo de ser observado de forma consciente. Tudo se comunica visível e invisivelmente.
Segundo a neurolinguística, nosso cérebro armazena tudo que captamos através dos nossos sentidos, sem selecionar. Isso quer dizer que absorvemos tudo de positivo e negativo do ambiente sonoro, visual, tátil, olfativo e palatal. Assim sendo, tudo nos modela e reflete em nosso comportamento, bem como na nossa saúde.
A música, é considerada hoje, uma verdadeira ferramenta terapêutica. Há diversos estudos que demonstram, através da ressonância magnética,  que ela é capaz de estimular zonas cerebrais a semelhança de alguns medicamentos e que consegue apaziguar as zonas do cérebro ativadas por emoções negativas.
A musicoterapia usa som, ritmo, melodia e harmonia para reabilitação física, mental e social de indivíduos e grupos. No filme Tempo de Despertar há uma passagem bem interessante no uso da música para despertar certos movimentos em pessoas que estavam há muito tempo ausentes. O filme mostra como cada paciente era tocado por um ritmo diferente.
violin-1460756_1280
“Às vezes a música é o melhor conselho que se pode ouvir” Anônimo
Ciente dos efeitos musicais, é preciso levar em conta o estilo de música escolhido, enquanto algumas estimulam e relaxam, outras perturbam e deprimem. E não basta atentar apenas a sonoridade instrumental, mas também às letras, pois certas canções contém palavras agressivas e negativas que ficam impressas no nosso cérebro.
De acordo com o Dr. Gaétan Brouillard em seu livro Repensar a saúde, outro ambiente que tem grande influência sobre nós, atualmente, é o universo tecnológico. O desenvolvimento das tecnologias de radiofrequência aumentou muito e passou a compor o nosso ambiente. Bluetooth, telefonia móvel, antenas retransmissoras, iluminação por neon entre outros. Estamos expostos cada vez mais a ondas eletromagnéticas que ainda não se sabe o que pode nos causar. No entanto, observa-se um aumento de fadiga crônica, problemas dermatológicos, dores de cabeça, falta de concentração, irritabilidade, e até aumento da frequência cardíaca nas pessoas.
É difícil saber neste momento se somos pessoas hipersensíveis a tais frequências e se deveríamos, na medida do possível, reduzir a nossa exposição a essas tecnologias. No entanto, fazer uso com limites é saudável em todos os sentidos.
O universo visual talvez seja um dos mais impactantes nos dias de hoje. Vivemos em meio a tantas imagens e cores que, com certeza, não nos damos conta da quantidade de estímulos que estamos sofrendo. Simplesmente somos abduzidos por esse ambiente silencioso e colorido que faz muito barulho dentro de nós, exercendo grande manipulação.
Tudo que vemos não é banal. Tudo se imprime na nossa mente e pode nos influenciar de forma profunda. Uma cena violenta no telejornal pode aguçar o nosso medo, alterar o nosso comportamento e modificar a nossa visão do mundo.
Se adotarmos o ponto de vista da física quântica onde se afirma que tudo é vibração, a influência dos objetos que nos rodeiam não se limitam apenas a sua composição química. A sua composição energética também pode nos afetar.
flower-vase-1474394_1280
“O ambiente pode criar tudo: do caos até uma ordem bem definida”. Gaétan Brouillard
Esses são alguns exemplos de ambientes aos quais estamos inseridos diariamente e dos quais recebemos sérias influências, na maioria das vezes, com pouca consciência. Podemos expandir e muito os exemplos de ambientes que compõe a nossa maneira de viver, mas o mais importante é começar a perceber a influência deles na sua maneira de pensar, agir e interpretar a vida.
Uma forma de aguçarmos nossos sentidos naturalmente para elevar a nossa percepção em relação às influências do ambiente artificial em que vivemos é aumentarmos o contato com a natureza. O estilo de vida moderno, onde roupas, calçados e moradias, muitas vezes em edifícios que nos afastam ainda mais da terra, funcionam como isolantes e impedem cada vez mais o contato direto com o planeta.

park-1607583_1280
“A sabedoria da natureza é tal que não produz nada de supérfluo ou inútil” Nicolau Copérnico
Atitudes como trazer um vaso de planta para o seu ambiente de trabalho, ter um jardim em casa,  bem como fazer  passeios ao ar livre observando as cores das árvores e flores, ouvindo o canto dos pássaros, respirando um ar puro e pisando na terra, são bons exemplos para relaxar e se conectar às vibrações positivas que só o ambiente natural é capaz de proporcionar.
Os ambientes artificias são vantajosos e necessários para o progresso, mas jamais devem nos afastar do ambiente natural. É preciso ter cuidado para não criarmos muros tão altos que nos impeçam de desfrutar do que nos é essencial para levar uma vida equilibrada. Se não nos atentarmos a isso provavelmente a memória de infância dos  idosos das gerações futuras serão apenas de videogame, televisão e aparatos tecnológicos.
Nossos sentidos são as fontes de conexão entre o mundo interno e externo, ter consciência disso amplia a nossa capacidade de desenvolver uma relação mais equilibrada entre os ambientes artificiais e naturais sem perder os benefícios de ambos!

DESPERTANDO O CONHECIMENTO - SIGNIFICADO DE NOMES PELAS RUNAS

Oráculo ajuda a interpretar e modificar energia que nome exerce na sua vida


O nome tem um forte poder sobre nossas vidas, pois as pessoas escrevem ou nos chamam por ele o tempo inteiro. Toda a energia que é yantrada (escrita) e mantrada (falada) é ativada e ganha mais força cada vez que isso acontece. A potência projetada neste símbolo repercute em interpretações do que somos - tanto inconscientemente quanto energeticamente.

O QUE SÃO RUNAS?

O que são Runas?
As Runas são símbolos muito antigos, datados de até 4.000 anos A.C., que se originaram de imagens rupestres (desenhos nas cavernas) e de desenhos ainda mais remotos, gravados principalmente em cerâmica, ossos e pedras. Cada símbolo rúnico carrega consigo uma série de significados e representações que atravessaram milênios de existência em nosso planeta.
Alguns dos povos que mais fizeram propagar o conhecimento sobre as Runas foram os Vikings, os Celtas e os antigos povos Nórdicos, já que o oráculo veio do norte da Europa e se preservou em países como Irlanda, Islândia, Noruega entre outros mais afastados, cujo conhecimento sobrevivera à cultura dominante no período das Cruzadas.
Cada nome funciona como um arquétipo, ou seja, grandes conceitos que são sentidos e percebidos por todos, que em todas as culturas do mundo se repetem. Por meio das Runas, é possível determinar a qual arquétipo cada nome se associa.
Ao ouvir um nome, a mente movimenta e ativa uma série de sinapses e memórias referentes à associação com aquela palavra. Para entender melhor como isso funciona, basta pensar em um nome qualquer, como, por exemplo, Alexandre. Se já conheceu alguém com este nome - seja um amigo, ex-namorado, parente ou colega - uma série de memórias inconscientes repletas de sensações e lembranças vêm à tona ao ler ou pronunciar esta palavra em voz alta. Outro exemplo é quando acaba de conhecer alguém que possui o mesmo nome de uma pessoa pela qual nutre muita estima ou rancor. Nesta hora, é como se sua mente tomasse um "susto" e o tratamento inicial que dará a este novo conhecido pode ter reflexo nas impressões que a última pessoa de mesmo nome deixou, ao passar pela sua vida.

COMO FAZER A INTERPRETAÇÃO DO NOME?

O alfabeto das Runas é chamado Futhark e composto de 24 caracteres principais, que são (veja imagem abaixo):
 
Cada símbolo do Futhark carrega consigo uma série de significados muito ricos e sagrados. Eles são comumente usados em magias e rituais celtas. Este povo acredita que os símbolos devem ser escritos e tratados com extremo cuidado e respeito para não atrair e criar nenhuma energia negativa durante sua utilização.

PASSO A PASSO PARA INTERPRETAÇÃO

Escreva seu nome completo em um papel, em letra de forma. Embaixo dele, com base na tabela acima, escreva seu nome em rúnico. Basta substituir cada letra pelo símbolo das Runas.
O principal significado de cada nome está em sua primeira letra, esta será a regente da interpretação."O principal significado de cada nome está em sua primeira letra, esta será a regente da interpretação."
As demais são runas complementares, que falam principalmente de como a primeira se manifesta.
Abaixo, o que você vê é uma simplificação do significado dos símbolos, que deve ser utilizado somente para este fim: interpretar os nomes e conhecer mais sobre si mesmo.
  • A - Comunicação, compreensão da comunicação e do espiritual, mediunidade.
  • B - Fertilidade, saúde e regeneração, nutrição, gaia, amor maternal.
  • C-Q-K - Paixão, fogo, criatividade efêmera, positivismo e força vital.
  • D - Despertar espiritual, renascimento, esperança espiritual.
  • E - Lealdade, parceria, companherismo.
  • F - Prosperidade, abundância, desapego material, sucesso profisisonal.
  • G-X - Troca de energias, dar para receber, sacrifícios.
  • H - Crise antes da mudança, renovação constante, atrasos, falta de controle.
  • I - Imobilidade, introspecção, gelo.
  • J-Y - Colheita, plantar, cuidar, abundância, honrarias.
  • L - Intuição, emoções, feminilidade, flexibilidade, imaginação.
  • M - Inteligência racional, individuação, altruísmo, a família e o clã.
  • N - Fracasso e dificuldades, perseverar mesmo nas dificuldades, baques.
  • O - Família, ordem social, os antepassados, negócios de família.
  • P - Potencial para magia, oráculos, cura terapêutica, jogos, sexualidade.
  • R - Viagem jornada, rapidez, evolução constante.
  • S - Brilho pessoal, energia contagiante, sucesso, orgulho.
  • T - Vitória justa, entusiasmo de sucesso, batalha e guerra, foco.
  • U - Saúde, força, tenacidade, progresso, transição para vida adulta.
  • V-W - Alegria, prazer, busca pela perfeição, esperança.
  • Z - Proteção espiritual, acesso a mentores espirituais.
  • Ei - Força nas adversidades, disciplina.
  • Th - Força reativa, impulso erótico, energia impulsiva.
  • Ing - Criação de algo novo, evolução cíclica de vida e morte, progresso.
Exemplo de como interpretar:
Por exemplo, o nome Diego se inicia com a letra D, correspondente à runa Dagaz, que traz em seu significado o despertar espiritual, o renascimento e a esperança espiritual. Essas serão as características primordiais de quem possui este nome. Mas como esta runa já vem seguida da letra I - correspondente à runa Iza, que significa o gelo e a estagnação - podemos interpretar que o despertar espiritual desta pessoa, apesar de ser algo certo e decisivo, vem de maneira lenta e comedida. Na sequência do nome temos as letras E e G, runas Ehwas e Geofu respectivamente, que remetem à parceria, companheirismo, sacrifício e troca em dar para receber. Isso mostra que este despertar espiritual irá acontecer mediante o esforço e a relação de troca com as pessoas, a parceria e a compreensão de que somos todos parte do mesmo todo. O nome Diego finaliza com a letra O, da runa Othel, mostrando que esse caminho de troca e companheirismo será sempre buscando uma interação familiar, seja por meio dos negócios da família ou simplesmente por meio do apoio, interação e compreensão dos membros familiares.

LETRAS I, H E N TÊM SIMBOLOGIAS DESAFIADORAS

Letras I, H e N têm simbologias desafiadoras
Algumas letras têm um significado que você pode não gostar, como: I (Iza), H (Hagalaz) e N (Nauthiz). Na hora de escrevê-las com base no alfabeto rúnico, é possível "quebrar" ou "bloquear" a força exercida por estas letras, desenhando - ao invés da Runa correspondente - um dos símbolos de Odin (o pai dos deuses na mitologia nórdica), como na imagem ao lado.







Por exemplo, no nome Ingrid Eiras Neves, é preciso neutralizar a energia das letras I (em Ingrid) e N (em Neves), escrevendo o símbolo de Odin no lugar de cada uma.
 
Substitua cada letra de seu nome completo pelo alfabeto rúnico. As letras I, H e N devem ser substituídas pelo símbolo de Odin (Imagem: Personare)




QUE TIPO DE ENERGIA MEU NOME MANIFESTA?

De acordo com as Runas, o primeiro nome - ou a forma como lhe chamam - representa a sua essência, o self, aquilo que já existe dentro de você e que carrega desde o nascimento. Nele estão contidas todas as suas qualidades e defeitos, as características de personalidade e a forma como as pessoas lhe veem.
Já seu segundo nome - ou o sobrenome proveniente de sua mãe - carrega todos os valores que a vida lhe trará com certa facilidade. Como uma grande mãe, ele possibilitará seus ganhos mais fáceis, mesmo que tente evitá-los.
Por último, o terceiro nome (ou o sobrenome paterno) sugere sua missão de vida, aquilo que você se sente inclinado a fazer e fica infeliz se não seguir isso como princípio profissional ou pessoal.

PRINCIPAIS DÚVIDAS SOBRE A INTERPRETAÇÃO

- Sobrenomes que possuem "de" ou "e" - como em "Paloma de Alcântara e Albuquerque", por exemplo. Neste caso, o "de" e o "Alcântara" têm o peso na interpretação do sobrenome materno. Já o "e" e o "Albuquerque" são interpretados como o sobrenome paterno.
- Nomes compostos - A runa que determina a característica principal do nome será a primeira runa do primeiro nome. A próxima runa mais importante será a primeira do segundo nome e assim por diante. Por exemplo, no caso de Ana Paula, consideramos que a letra A - cuja runa regente é Ansuz - é a mais significativa. A segunda runa mais importante neste nome é aquela relacionada à letra P (de Paula), que é a Perthro. Para interpretar: como Ansuz (da letra A) remete à comunicação com o espiritual e Perthro (da letra P) tem a ver com magia, jogos e sexualidade, a comunicação desta pessoa se desenvolverá por meio de sua própria descoberta na magia e sedução, assim como nos jogos e brincadeiras. Todas as outras letras do nome Ana Paula falarão de que forma essa comunicação irá se desenvolver e acontecer. Uma observação interessante é que este nome possui a repetição de 4 letras A. Isso só mostra o quão intenso será esse processo, ou seja, essa pessoa é muito voltado à comunicação. As outras letras do nome (P, N, U e L) sugerem a forma que ela manifestará toda essa potencialidade.
- Apelidos - se as pessoas costumam se referir a você por um pseudônimo ou apelido, interprete-o unicamente. O nome de batismo somente terá alguma influência em sua vida se ainda lhe chamam por ele em algum círculo de convivência. Muita gente adota os apelidos buscando não ser mais aquela pessoa do passado, aposentando seu antigo eu. Neste caso, o conselho das runas é conhecer mais essa pessoa que quer deixar para trás. Por meio da interpretação do nome de batismo que não usa mais, você entenderá melhor quais características recusou.
Mais de dois sobrenomes - como, por exemplo, "Ademir Guimarães Costa e Silva". Neste caso, o que mais conta é a primeira letra do primeiro sobrenome. A segunda runa mais importante será a primeira do outro sobrenome e assim por diante. No exemplo dado, o sobrenome paterno é o "Costa e Silva", então as letras mais importantes na interpretação de sua missão são C (Kenaz) e S (Sowilo). Kenaz é a principal e Sowilo é como ela se manifesta - as demais letras destes sobrenomes também fazem parte da missão da pessoa, porém com menos intensidade. Já para interpretar o sobrenome materno, que é Guimarães neste caso, a pessoa iria avaliá-lo separadamente.

COMO FAZER UM SELAMENTO DE NOME PRÓPRIO?

O selamento de nome próprio é uma técnica feita para "firmar" as energias positivas que o nome exerce em sua vida. Na antiguidade, era feito com os seguintes intuitos:
  • no nascimento de alguém, para determinar um bom destino aos novos membros de uma família;
  • nas espadas e armas dos homens, antes deles irem para a guerra, com o objetivo de trazer todo o poder que as energias daquele nome trariam para a batalha;
  • em consagrações de cargos importantes, como imperadores e reis, que precisariam de sabedoria para guiar seu povo;
  • no momento da morte, em lápides, dando força e poder ao espírito que viajaria aos outros mundos, de acordo com a mitologia Asgardiana.
Fazer o selamento é muito simples. Basta escrever o seu nome através da escrita rúnica, já bloqueando as runas que desejar (usando o símbolo de Odin no lugar)."Fazer o selamento é muito simples. Basta escrever o seu nome através da escrita rúnica, já bloqueando as runas que desejar (usando o símbolo de Odin no lugar)."
Depois disso, faça o ritual que quiser para firmar o poder que aquele nome vai ter em sua vida. Pode ser por meio de uma mentalização, por exemplo, ou qualquer outro recurso ritualístico que preferir.
Procure escrever o nome rúnico em um material firme, como madeira, ou esculpi-lo em pedra. Utilize sua criatividade e deixe fluir a sua essência na produção deste selo. Ao desenhar, procure colocar um ponto separando cada nome, como nas figuras abaixo, pois isso determina mais claramente a função de cada palavra em sua vida.
 
Nome rúnico deve ser escrito em material firme, com um ponto separando cada nome. (Imagem: Diego Pedroso)






QUAL O LUGAR IDEAL PARA DEIXAR O SELAMENTO?

O local para guardar o selamento é muito pessoal. Apenas não é recomendo deixá-lo à mostra de muitas pessoas, a menos que já se sinta bem seguro de que as energias alheias não poderão lhe afetar. Acredita-se que o selamento de nome é uma porta aberta para tudo aquilo que há de melhor em você. Então, quando sentir que está pronto para lidar com as consequências positivas e negativas do seu próprio desenvolvimento pessoal e espiritual, poderá deixar seu selamento em um lugar no qual muitas pessoas transitem, fazendo com que se potencialize a sua intenção positiva na criação dele.

QUAL A DURAÇÃO DO SELO DE NOME PRÓPRIO?

O selamento de nome próprio - assim como toda "magia" rúnica - tem um efeito maior nas primeiras 7 luas (primeira semana) de sua criação. Seus efeitos costumam durar um ano inteiro ou 4 ciclos e estações - em cada uma delas você passará por diferentes bons merecimentos e novos desafios que nunca vivenciou antes. Passado um ano inteiro, o indicado é destruir o selamento com o elemento Fogo, imaginando que toda a carga energética daquele selo será neutralizada, e então criar um novo depois disso."Passado um ano inteiro, o indicado é destruir o selamento com o elemento Fogo, imaginando que toda a carga energética daquele selo será neutralizada, e então criar um novo depois disso."
Afinal, toda a energia projetada na criação do selamento já terá perdido o efeito. Tudo aquilo que está esperando para ser seu na vida, como conquistas ou desafios, se apressarão em chegar. Então, esteja aberto para as energias positivas que se aproximarão, pois elas serão fundamentais nos desafios que ocorrerão. As dificuldades que surgirem trarão as suas recompensas tão merecidas.
Importante: jamais deixe seu nome rúnico de cabeça para baixo, pois as Runas têm um significado totalmente oposto quando estão invertidas. Neste caso, elas não irão emanar as energias que você busca, mas ter um resultado contrário.











DESPERTANDO O CONHECIMENTO - QUAL A INFLUÊNCIA DO NOME EM NOSSA VIDA?

O que tem num nome? Vale a pena mudar nossos nomes para mudar nossa sorte? 



Vale a pena mudar nossos nomes para mudar nossa sorte? A resposta vem nada mais nada menos do que o antigo livro do Zohar, que revela os segredos contidos nos nomes e letras.

Alguma vez tu já leste um livro de numerologia tentando entender o significado secreto por trás do teu nome.. ou de outro alguém.. teus filhos, amigos..? Tal fascinação por nomes, letras e seus significados ocultos.. é algo real ou pura baboseira?E se for real, podemos manipular nossos nomes para mudar nossa sorte para melhor, como muitas pessoas tentam fazer?

Imagem relacionada

O livro do Zohar traz luz para tais questões no “artigo sobre as letras” que inicia assim:

Quando o criador pensou em criar o mundo, todas as letras do alfabeto vieram a ele na ordem inversa. Da ultima letra (TAV) à primeira (ALEPH). A letra TAV foi a primeira e disse “Mestre do mundo! É bom, e vindo de ti, criar o mundo comigo. Porque eu sou a marca no teu anel, chamada EMET(Verdade), que termina com a letra TAV. E é por isso que tu és chamado verdade e por isso beneficiaria o rei começar o universo com a letra TAV e criar o mundo através dela. O criador respondeu - “Tu é bonita e sincera,mas não tem o mérito do mundo que eu conduzi a ser criado por tuas propriedades”.

Nesse artigo divertido e colorido, o texto antigo gradualmente revela os segredos contidos em cada letra. O artigo procede descrevendo como cada letra ficou organizada, esperando sua vez de falar com o criador para poder pedir que fosse usada para criar o mundo. Interessante notar que as letras vieram ao criador na ordem inversa, da última letra do alfabeto, TAV à primeira, ALEPH.O criador escuta com paciência cada letra e dá uma chance de ouvir seus argumentos. Mas a única letra que ele finalmente escolheu para criar o mundo não é nada mais do que BET.

Com a letra BET, o mundo foi criado

A letra BET entrou e disse ao criador: “Criador do mundo,seria bom criar o mundo comigo, porque por mim tu está abençoado abaixo e acima. Porque BET é BERCHAH(Abençoar).” O criador replicou a BET: Sem dúvida, eu vou criar o mundo contigo, e tu deve ser a base do mundo!”

Porque o criador escolheu nada mais do que a letra BET para criar o mundo?E porque a história segue a ordem inversa das letras? E o que essa história cabalística, divertida tem a ver conosco?

 
O significado oculto das letras
 
Cada uma das 22 letras hebraicas leva a uma revelação espiritual que um cabalista sentiu. Todas as várias combinações das letras - as palavras, sentenças e frases encontradas nos livros sobre cabala - que mostram toda a realidade espiritual que foi atualmente sentida pelos cabalistas que escreveram tais livros.
Essa realidade está disponível para cada e um de nós. Podemos avançar no caminho que nos leva ao criador, gradualmente, expandindo nosso entendimento e sensação do interno (oculto) significado de cada letra. Nós vamos então descobrir cada camada após camada da realidade spiritual.

É como subir uma montanha cujas pedras são as letras - as qualidades do mundo espiritual.Entretanto,o criador é posicionado no topo da montanha, e nós, lá embaixo, no chão. É por isso que o livro do Zohar fala sobre as letras na ordem inversa, começando com TAV e terminando com ALEPH; está nos dizendo, da nossa perspectiva, como subir o ‘caminho’ até o topo da montanha para chegar ao criador, de baixo para cima.
Isso nos traz a essência da história do livro do Zohar sobre as letras - que não é falar sobre elas, mas é, sem dúvida, descrever a jornada interna espiritual da pessoa. Começamos tal jornada de um estado onde estamos completamente remotos do criador (representado pela última letra do alfabeto - TAV).
Então, passo a passo, passamos por todas as letras (estados espirituais) até finalmente chegar a total revelação de sua atitude conosco - de perfeito amor e integridade (representada pela letra BET). Quando chegamos a esse estado espiritual, descobrimos seu amor em relação a nós e ganhamos a habilidade de amá-lo. Através dessa nova atitude, ascendemos a nada mais, nada menos do que o próprio nível do criador. Nesse ponto, descobrimos mais uma letra - a letra ALEPH, que é cabeça do alfabeto.

Mude tua percepção, não teu nome
Nomes, palavras e frases são combinações de letras, e então também, nos informam vários discernimentos e níveis da atitude do criador conosco. Mais especificamente, eles são vários níveis de revelação da sua atitude para com uma pessoa. A ordem e conexões entre as letras numa palavra ou sentença formam um caminho de sentimentos espirituais que mudam. São descrições de como esses sentimentos se alternam e substituem um por outro dentro da pessoa que está subindo a montanha para chegar ao criador. Se mantivermos esse oculto significado das letras em mente, então ler um texto cabalístico é uma real experiência espiritual, uma verdadeira entrada para o mundo espiritual.
Isso nos traz de volta a questão dos nomes e seus significados. Na cabala, o nome de uma pessoa é determinado pelo nível espiritual que ela atingiu. Enquanto nos movemos para próximo do criador, revelando sua atitude mais e a mais, revelamos diferentes ordens e combinações das letras. Então, nossos nomes vão continuamente mudar de acordo com nosso nível espiritual.
E somente no mais alto nível espiritual uma pessoa obtém um nome real. Isso é diferente do que mudar nossos nomes artificialmente para tentar mudar nossa sorte. Se realmente quisermos mudar nossa vida para melhor e descobrir nomes ideais, então precisamos subir a ladeira espiritual e desenvolver nossa percepção espiritual. Lá, no mundo espiritual, com certeza encontraremos os nomes que tanto procuramos.

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

O PODER DA ORAÇÃO - ORAÇÃO DO SINAL DA CRUZ – O PODER DA SANTÍSSIMA TRINDADE

Você conhece o significado e o valor da oração do Sinal da Cruz? Veja abaixo e saiba por que você deveria fazê-la com maior frequência.

Resultado de imagem para O PODER DA ORAÇÃO - Oração - A Porta que Deus abre ninguém fecha

Você conhece a oração do sinal da cruz, certo? Praticamente todo cristão, praticante ou não, já aprendeu em alguma situação  da vida:
“Pelo sinal da Santa Cruz,
Livrai-nos, Deus, Nosso Senhor
Dos nossos inimigos.
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo,
Amém”
Como uma oração tão curtinha e um gesto tão simples pode ter tanto poder? É o significado deles que os torna tão poderosos. O sinal da cruz e a sua oração não é um gesto ritualístico que deve ser feito apenas ao entrar em uma igreja ou quando quer se benzer de contra alguma coisa ruim. Este gesto e esta oração invocam a Santíssima Trindade, pedem a protecção do Altíssimo, e através dele chegamos a Deus pelos méritos da Santa Cruz de Jesus. Essa oração é capaz de nos livrar de todos os nossos inimigos, de todo o mal que possa ir contra a nossa saúde física e espiritual. Mas para isso, não adianta só proferir as palavras e fazer o sinal sem entender o seu significado. Veja abaixo como fazê-la e como interpretar cada verso:

APRENDENDO E COMPREENDENDO A ORAÇÃO DO SINAL DA CRUZ

Esta oração deve ser acompanhada dos gestos do sinal da cruz, feitos com a mão direita na testa, na boca e sobre o coração, veja passo a passo:

1- PELO SINAL DA SANTA CRUZ (NA TESTA)

Com essas palavras e gestos pedimos a Deus que abençoe os nossos pensamentos, nos dando pensamentos puros, nobres, benignos e afastando todo pensamento negativo.

2- LIVRAI-NOS, DEUS, NOSSO SENHOR (NA BOCA)

Ao proferir essas palavras e gestos, pedimos a Deus que da nossa boca, só saiam palavras do bem, louvores, que a nossa fala sirva para edificar o Reino de Deus e trazer o bem para o próximo.

3- DOS NOSSOS INIMIGOS (NO CORAÇÃO)

Com este gesto e palavras, pedimos ao Senhor para que cuide do nosso coração, para que nele só reine o amor e o bem, nos afastando de sentimentos ruins como o ódio, a avareza, a luxúria, a inveja, etc.

4- EM NOME DO PAI, DO FILHO E DO ESPÍRITO SANTO, AMÉM. (SINAL DA CRUZ CONVENCIONAL – NA TESTA, CORAÇÃO, OMBRO ESQUERDO E DIREITO)

Este é o ato de livramento, e deve ser feito com consciência, amor e reverência, pois expressa a nossa fé na Santíssima Trindade, o pilar da nossa fé cristã.

QUANDO FAZER O SINAL DA CRUZ?

Você pode fazer o sinal e a oração sempre que sentir necessidade. Recomenda-se que faça antes de sair de casa, antes de sair do trabalho, nas horas difíceis, e também para agradecer a Deus nos momentos de alegria, para que ela não seja invejada. Você pode fazer o sinal em si mesmo e também na testa dos filhos, do marido, da esposa, e de qualquer outra pessoa que você queira proteger, especialmente em momentos importantes, como antes de uma prova, de uma viagem, de uma entrevista de emprego, antes das refeições e antes de ir dormir.