terça-feira, 17 de dezembro de 2013

SAÚDE E EQUILÍBRIO - O QUE NOS REVELA UM INTESTINO PRESO?


O QUE NOS REVELA UM INTESTINO PRESO?
 
 Foto: O QUE NOS REVELA UM INTESTINO PRESO?

Metafisicamente, a prisão de ventre pode revelar uma avareza para com a possibilidade de prosperidade e expansão da própria vida. Inclusive, é comum que pessoas que apresentam constipação crônica, tenham dificuldade de aprendizado e resistência para aceitar desafios.

Bem, comecemos pelo entendimento desta Fisiologia. A digestão humana completa requer cerca de 30 horas. Após deixar o estômago, o alimento penetra no duodeno (primeira parte do intestino delgado) e se move lentamente, até passar pelo jejuno e íleo (partes intermediária e distal do intestino delgado respectivamente), e alcançar o cólon (parte do intestino grosso), cerca de 24 horas após a ingestão.

No intestino delgado os agentes químicos transformam os alimentos em unidades elementares aproveitáveis (construtoras ou nutridoras) do organismo. Este caminho digestivo do ser humano mede cerca de 10 metros, com cada porção desempenhando um papel específico, na complexa tarefa de assimilação dos alimentos ingeridos. Este trajeto é relativamente longo para um mamífero, característica, aliás, própria dos herbívoros. Isso significa que uma alimentação baseada em vegetais é a mais adequada aos intestinos do homem.

Entretanto, se o alimento ingerido contém substâncias construtoras e nutritivas ou não, a mobilização energética para realizar todo o trabalho digestivo poderá ser assim:

Consumindo pouca energia em prol de elevado grau de nutrição, além de fácil excreção ou, consumindo muita energia em prol de baixo ou zero grau de nutrição, complicada pela dificuldade de excreção.

No caso a o saldo energético será positivo. Elevada vitalidade e produtividade, ou seja, saúde com energia de sobra para realizar projetos e alcançar metas. No caso b irá faltar energia construtiva e nutritiva. Acontecerá a intoxicação, baixa produtividade e na continuidade, a doença.

A progressão através dos intestinos é comandada por contrações musculares que recebem o nome de movimentos peristálticos, e estão sob o controle do sistema nervoso vegetativo. Frequentemente ocorre uma deficiência nessa complexa ação mecânica e a massa alimentar permanece mais tempo do que deveria em cada trecho, transtornando todo o trânsito digestivo. Esse fenômeno ocorre com os que praticam os maus hábitos de vida, dando maior peso aos de vida sedentária e que se alimentam mal (baixo consumo de vegetais crus e integrais). O cólon fica preguiçoso, dilatado e incapacitado de cumprir bem as suas funções.

A prisão de ventre favorece a putrefação intestinal, com inevitável formação de gases. O longo tempo de permanência dos excretos (toxinas, impurezas e venenos) nos intestinos provoca a reabsorção dos mesmos pelas suas paredes, ocasionando uma intoxicação mais grave, podendo chegar a diferentes níveis de alergias, doença e até à morte.

Um intestino preso pode provocar as seguintes perturbações: infecções das vias urinárias (atenção especial às candidíases de repetição), infecções renais, infecções intestinais, problemas glandulares (tireóide, mamas, ovários, etc.), dificuldades circulatórias, digestivas, cutâneas, nervosas e finalmente mentais.

Segundo o professor Arnold Ehret, criador de uma dieta baseada na ingestão exclusiva de frutas, a doença é entre outras coisas uma tentativa desesperada do organismo para se livrar dos seus lixos tóxicos. Ele realizou pesquisas fantásticas sobre o uso do jejum regular e percebeu surpreso que as pessoas que permaneciam 20 dias sem ingerir qualquer alimento ainda expeliam fezes. Ele afirma que o indivíduo de porte médio tem ao redor de 4-5 quilos de fezes sem eliminar, que envenenam continuamente sua circulação sangüínea, portanto, todo o organismo.

O propósito de uma vida saudável (em todos os níveis de consciência) é ser cúmplice da sua harmonia metabólica: nutrir sadia e desintoxicação DIÁRIA. E é nos intestinos que tal fenômeno precisa acontecer de forma efetiva e rápida. No intestino delgado decide-se o que irá para a corrente sangüínea como nutrição e o que não passa pelo crivo deste sistema de seleção irá seguir seu caminho para o intestino grosso e posterior excreção na forma de fezes.

Na verdade, o intestino delgado é considerado pela Medicina Tradicional Chinesa (MTC) como um cérebro, uma central de inteligência “orgânica”, onde se decide o que irá perpetuar a vida e o que irá ser eliminado, aliviando o organismo destes excretos e toxinas. Este é o motivo pelo qual a MTC valoriza tanto o pleno funcionamento deste sistema excretor. Lembrando que os mesmos maus hábitos que intoxicam o fígado também causam dificuldades aos intestinos.

Metafisicamente falando, um intestino preso revela uma recusa em largar velhas idéias, crenças ou emoções. Apego ao passado. Pode revelar um medo de abandonar o conhecido em prol do desconhecido. Este “medo” é até natural, pois o novo costuma ser assustador, incerto. Entretanto, ele não pode paralisar um processo que é natural: o crescer, o evoluir, o transformar-se. E para crescer, como no caso da lagosta, precisamos abandonar as velhas cascas, por mais seguras que sejam, para permitir uma versão mais crescida, mais confortável do Ser.

Um intestino preso pode revelar também uma avareza para com a possibilidade de prosperidade e expansão da própria vida. Inclusive, é comum que pessoas que apresentam constipação crônica, tenham dificuldade de aprendizado e resistência para aceitar desafios.

Cuidados de bom senso:

- Praticar uma dieta rica (50% mínimo) em alimentos do reino vegetal crus, frescos, integrais, com elevado teor de fibras e substâncias antioxidantes, logicamente isentos de agrotóxicos.

- Praticar em jejum e intervalos das refeições principais os sucos da Alimentação Desintoxicante.

- Fazer uso de chás desintoxicantes.

Consumir diariamente cerca de 6-8 copos de líquidos entre sucos, chás e água.

- Ao despertar, antes de levantar, aproveitar para massagear carinhosamente a face, as palmas das mãos e o ventre com movimentos circulares. Sente na cama e massageie as pernas e sola dos pés. Nestes 5-10 minutos acontecerá um “despertar” estimulante de todo o sistema hepático, digestório e excretor.

- Praticar caminhadas matinais diárias – 30 minutos ou até transpirar – para estimular a desintoxicação geral e os movimentos peristáltico.

- Dar-se tempo para ir ao banheiro com calma todas as manhãs ao levantar-se. Aproveite, enquanto espera, para conversar com seus apegos e medos. Acalmá-los, com gratidão, diante da iminente despedida!


Metafisicamente, a prisão de ventre pode revelar uma avareza para com a possibilidade de prosperidade e expansão da própria vida. Inclusive, é comum que pessoas que apresentam constipação crônica, tenham dificuldade de aprendizado e resistência para aceitar desafios.

Bem, comecemos pelo entendimento desta Fisiologia. A digestão humana completa requer cerca de 30 horas. Após deixar o estômago, o alimento penetra no duodeno (primeira parte do intestino delgado) e se move lentamente, até passar pelo jejuno e íleo (partes intermediária e distal do intestino delgado respectivamente), e alcançar o cólon (parte do intestino grosso), cerca de 24 horas após a ingestão.

No intestino delgado os agentes químicos transformam os alimentos em unidades elementares aproveitáveis (construtoras ou nutridoras) do organismo. Este caminho digestivo do ser humano mede cerca de 10 metros, com cada porção desempenhando um papel específico, na complexa tarefa de assimilação dos alimentos ingeridos. Este trajeto é relativamente longo para um mamífero, característica, aliás, própria dos herbívoros. Isso significa que uma alimentação baseada em vegetais é a mais adequada aos intestinos do homem.

Entretanto, se o alimento ingerido contém substâncias construtoras e nutritivas ou não, a mobilização energética para realizar todo o trabalho digestivo poderá ser assim:

Consumindo pouca energia em prol de elevado grau de nutrição, além de fácil excreção ou, consumindo muita energia em prol de baixo ou zero grau de nutrição, complicada pela dificuldade de excreção.

No caso a o saldo energético será positivo. Elevada vitalidade e produtividade, ou seja, saúde com energia de sobra para realizar projetos e alcançar metas. No caso b irá faltar energia construtiva e nutritiva. Acontecerá a intoxicação, baixa produtividade e na continuidade, a doença.

A progressão através dos intestinos é comandada por contrações musculares que recebem o nome de movimentos peristálticos, e estão sob o controle do sistema nervoso vegetativo. Frequentemente ocorre uma deficiência nessa complexa ação mecânica e a massa alimentar permanece mais tempo do que deveria em cada trecho, transtornando todo o trânsito digestivo. Esse fenômeno ocorre com os que praticam os maus hábitos de vida, dando maior peso aos de vida sedentária e que se alimentam mal (baixo consumo de vegetais crus e integrais). O cólon fica preguiçoso, dilatado e incapacitado de cumprir bem as suas funções.

A prisão de ventre favorece a putrefação intestinal, com inevitável formação de gases. O longo tempo de permanência dos excretos (toxinas, impurezas e venenos) nos intestinos provoca a reabsorção dos mesmos pelas suas paredes, ocasionando uma intoxicação mais grave, podendo chegar a diferentes níveis de alergias, doença e até à morte.

Um intestino preso pode provocar as seguintes perturbações: infecções das vias urinárias (atenção especial às candidíases de repetição), infecções renais, infecções intestinais, problemas glandulares (tireóide, mamas, ovários, etc.), dificuldades circulatórias, digestivas, cutâneas, nervosas e finalmente mentais.

Segundo o professor Arnold Ehret, criador de uma dieta baseada na ingestão exclusiva de frutas, a doença é entre outras coisas uma tentativa desesperada do organismo para se livrar dos seus lixos tóxicos. Ele realizou pesquisas fantásticas sobre o uso do jejum regular e percebeu surpreso que as pessoas que permaneciam 20 dias sem ingerir qualquer alimento ainda expeliam fezes. Ele afirma que o indivíduo de porte médio tem ao redor de 4-5 quilos de fezes sem eliminar, que envenenam continuamente sua circulação sangüínea, portanto, todo o organismo.

O propósito de uma vida saudável (em todos os níveis de consciência) é ser cúmplice da sua harmonia metabólica: nutrir sadia e desintoxicação DIÁRIA. E é nos intestinos que tal fenômeno precisa acontecer de forma efetiva e rápida. No intestino delgado decide-se o que irá para a corrente sangüínea como nutrição e o que não passa pelo crivo deste sistema de seleção irá seguir seu caminho para o intestino grosso e posterior excreção na forma de fezes.

Na verdade, o intestino delgado é considerado pela Medicina Tradicional Chinesa (MTC) como um cérebro, uma central de inteligência “orgânica”, onde se decide o que irá perpetuar a vida e o que irá ser eliminado, aliviando o organismo destes excretos e toxinas. Este é o motivo pelo qual a MTC valoriza tanto o pleno funcionamento deste sistema excretor. Lembrando que os mesmos maus hábitos que intoxicam o fígado também causam dificuldades aos intestinos.

Metafisicamente falando, um intestino preso revela uma recusa em largar velhas idéias, crenças ou emoções. Apego ao passado. Pode revelar um medo de abandonar o conhecido em prol do desconhecido. Este “medo” é até natural, pois o novo costuma ser assustador, incerto. Entretanto, ele não pode paralisar um processo que é natural: o crescer, o evoluir, o transformar-se. E para crescer, como no caso da lagosta, precisamos abandonar as velhas cascas, por mais seguras que sejam, para permitir uma versão mais crescida, mais confortável do Ser.

Um intestino preso pode revelar também uma avareza para com a possibilidade de prosperidade e expansão da própria vida. Inclusive, é comum que pessoas que apresentam constipação crônica, tenham dificuldade de aprendizado e resistência para aceitar desafios.

Cuidados de bom senso:

- Praticar uma dieta rica (50% mínimo) em alimentos do reino vegetal crus, frescos, integrais, com elevado teor de fibras e substâncias antioxidantes, logicamente isentos de agrotóxicos.

- Praticar em jejum e intervalos das refeições principais os sucos da Alimentação Desintoxicante.

- Fazer uso de chás desintoxicantes.

Consumir diariamente cerca de 6-8 copos de líquidos entre sucos, chás e água.

- Ao despertar, antes de levantar, aproveitar para massagear carinhosamente a face, as palmas das mãos e o ventre com movimentos circulares. Sente na cama e massageie as pernas e sola dos pés. Nestes 5-10 minutos acontecerá um “despertar” estimulante de todo o sistema hepático, digestório e excretor.

- Praticar caminhadas matinais diárias – 30 minutos ou até transpirar – para estimular a desintoxicação geral e os movimentos peristáltico.

- Dar-se tempo para ir ao banheiro com calma todas as manhãs ao levantar-se. Aproveite, enquanto espera, para conversar com seus apegos e medos. Acalmá-los, com gratidão, diante da iminente despedida!

TER CONSCIÊNCIA DO OUTRO É A ARTE DA SUBLIME AMIZADE






Foto

DESPERTANDO O CONHECIMENTO - COMO INTERAGIR E SE COMUNICAR COM OS MESTRES ASCENSOS - Parte - 2

COMO INTERAGIR E SE COMUNICAR COM OS MESTRES ASCENSOS
Parte - 2


Foto: COMO INTERAGIR E SE COMUNICAR COM OS MESTRES ASCENSOS
Parte - 2

Este é o momento da entrega, e ele está pronto para chegar ao altar e orar:

“Meu Pai, você me deu o livre arbítrio e eu te agradeço. Com isto criei este ego e esta personalidade humana. Esta é a minha criação, Deus, o melhor que pude fazer, porém reconheço que é imperfeita. Eu a ofereço a Ti, aceitai a minha oferenda e transmutai-a no fogo sagrado.

Permite, oh! Pai, que eu me alinhe à Tua Santa vontade e ao Eu Superior. Ilumina a minha consciência e dá-me direção divina para que eu possa cumprir minha missão aqui na Terra e regressar ao meu verdadeiro Lar “.

A alma deseja alinhar-se com a vontade divina, despir-se da personalidade humana e assumir sua individualidade divina, crística. O homem pensa:

“Eu não sou o ego, isto é apenas minha criação; se eu criei posso "descriar". Paulo, o Apóstolo disse: ”despojar-se do velho homem” (Efésios 4:22).

Esta iniciação da alma, conhecida como "SADHANA" no oriente, é o momento em que o Eu Superior começa a assumir sua posição, começa a caminhada do autoconhecimento.

Esta é a hora de elevar as mãos para o alto e clamar o auxílio e direcionamento dos Mestres Ascensos da Grande Fraternidade Branca, os mestres da sabedoria. 

 Quem ainda não completou seu ego, não está pronto para entregar-se à vontade divina. É preciso estar com a personalidade formada, para ter o que entregar.

- Quem são os Mestres Ascensos?

Eles são nossos irmãos mais velhos, porque já percorreram toda a roda de encarnações, cumpriram sua missão na Terra, transmutaram todo o carma negativo e passaram pelo ritual da ascensão.

Eles todos, assim como Jesus, unificaram-se a Deus e hoje servem na hierarquia celestial. 

Um dia, foram homens e mulheres assim como você e eu. Hoje, são nossos orientadores espirituais e desejam conduzir-nos à senda iniciática da ascensão.

Pela lei do livre arbítrio, eles só podem nos ajudar quando pedimos, e o pedido deve ser refeito a cada 24 horas. 

“Basta a cada dia o seu mal.” (Mateus 6:34). 

Eles podem nos orientar, guiar, proteger, mas é preciso haver reciprocidade.

- Como fazer para obter melhor interatividade com os Mestres Ascensos da Grande Fraternidade Branca? É preciso haver trabalho, estudo, disciplina e constância.

É por meio do Poder da Palavra que contatamos os Mestres. É através de orações e mantras diários que podemos magnetizar as bênçãos que Eles carregam para nós.

Os Mestres desenvolveram o talento que Deus lhes deu, à potencialidade máxima, e esta virtude está à nossa disposição.

Vejamos como:

É verdade que Eles adquiriram equilíbrio nas qualidades dos Sete Raios; entretanto, como “médicos especializados” para cura da humanidade, o Mestre carrega uma virtude divina específica que podemos magnetizar por meio da Palavra Sagrada (oração, mantras, cânticos sacros, decretos ou comandos de luz). Temos o privilégio de poder invocar o nome do Mestre e pedir a virtude que ele desenvolveu, a qual nós desejamos.

Exemplo:

- Amado Mestre Ascenso Jesus, ata o meu ser na paz do Teu Sagrado Coração.
- Arcanjo Miguel proteja-me, proteja-me, proteja-me!

Vejamos uma lista da principal virtude do Mestre:

- São Miguel, 1º raio, é o grande protetor dos filhos de Deus; Ele pode expandir a nossa fé, e fé é poder.

- Mestre El Morya, 1º raio, pode nos alinhar com a vontade divina, dar orientação e direção divina.

- Mestre Lanto, 2º raio, carrega a energia de iluminação, sabedoria, bom senso, discernimento; protetor das escolas e pode ajudar nos exames e nas entrevistas.

- Mestre Paulo, o Veneziano, 3º raio, ajuda os artistas, tudo que é relacionado com a beleza, amor divino, harmonia, criatividade, compaixão e nos ensina a ter abnegação.

- Mestre Serapis Bey, 4º raio, carrega a Chama da pureza, autodisciplina, moralidade, alegria e ordem. Purificando nosso ser, teremos mais espaço para receber a luz.

- Mestre Hilarion, 5º raio, carrega a Chama da verdade, suprimento, cura, abundância, saúde e ciência. Os cientistas podem clamar sua ajuda. Hilarion pode dissolver os véus da mentira e expor a verdade.

- Mestra Ascensa Nada, 6º raio, protetora daqueles que desejam prestar ministério e Serviço a Deus e também para aqueles que desejam servir à luz de Deus no próximo.

- Mestre Saint Germain, 7º raio, carrega para a humanidade a maravilhosa e transmutadora Chama violeta. Invocando os mantras da Chama violeta, podemos magnetizar a justiça, liberdade, alegria e transmutação do carma.

É sabedoria conhecer os Mestres pelo nome para invocá-los e suplicar aquela qualidade que eles têm.

Além do exercício da Palavra que magnetiza energia dos sete raios, o que mais transmuta carma negativo, elevando a consciência para nos aproximar dos Mestres é: serviço, ação social, trabalho voluntário e amor incondicional.

Nós fazemos os "Comandos de Luz" que é uma forma de oração poderosa, dinâmica e ritmada. 

Ritmo é poder. Neste momento trevoso em que vivemos, a oração deve ser um verdadeiro trabalho espiritual com a energia, para dissolver o carma que está sendo derramado no plano físico.

Para interagir com os Mestres Ascensos, acima de tudo, é preciso estar absolutamente consciente, em pensamento, sentimento, palavras e atos, que você deve ser uma taça onde o Mestre possa derramar a energia Espírito. Saiba que: “a energia espírito não atua sem o cálice da matéria”. Isto é lei.

Sem o chamado, o Mestre não pode interagir com seus discípulos. É a lei do livre arbítrio. Para haver resposta do Mestre, é preciso haver pedido do discípulo.

Quanto mais pura for a taça, mais energia que é bênção, ela poderá conter.

Assim, você poderá ser, na corrente da hierarquia, não um elo perdido, e sim, uma parte atuante, carregando a luz dos Mestres, para iluminar a consciência de seus irmãos.

Interagindo com os Mestres, você poderá magnetizar, direcionar e irradiar a luz de Deus para lugares específicos, contribuindo assim para um mundo melhor. 

Para isto, tente aumentar a devoção, estudar os ensinamentos dos Mestres Ascensos e estar sempre receptivo a eles; a senda iniciática é a senda do auto-aperfeiçoamento.

À medida que o estudante purifica seus pensamentos e sentimentos, a sua consciência vai elevando-se e ele tem mais facilidade para interagir com os Mestres.

É preciso desenvolver um senso de comensurabilidade com os Mestres, que é a capacidade de se comparar a Eles. 

Ao invés de pensar: - Eu estou bem, eu oro diariamente, não bebo nem fumo, e não odeio ninguém. Este conceito é errôneo porque bloqueia o desenvolvimento espiritual. A forma correta de pensar é: - Os Mestres chegaram ao ritual da ascensão, eu também posso conseguir isso. Jesus manteve a paz em seu coração, apesar de toda sua cruz; eu também posso conquistar a paz, apesar dos meus problemas, que são a minha cruz. Os Mestres são disciplinados, amorosos, gentis, eu também posso ser, com a ajuda deles.

Se desejar realmente interagir com os Mestres Ascensos da Grande Fraternidade Branca, você precisa procurar conhecê-los melhor chamá-los pelo nome, estudar suas vidas, quando encarnados, e "saber de memória", as virtudes divinas dos Sete Raios que eles carregam para nós.

Desenvolva o senso de auto-valorização e saiba que Deus o ama muito, os Mestres o amam muito. 

Jamais pense: - Eu não estou pronto, talvez em outra vida. . . 

O seu verdadeiro Eu está pronto. O seu Eu Superior foi criado por Deus e é incorruptível. 

Ao passo que o ego humano jamais estará pronto. Para nos livrarmos do ego, necessitamos do auxílio de nossos irmãos mais velhos, os Mestres Ascensos. Esta não é uma tarefa para um dia, mas para uma vida, pouco a pouco, “linha após linha”. 

Fazendo diariamente invocações à Chama Violeta de Saint Germain, você vai se livrando de impaciência, irritação, orgulho, mágoas e uma série de maus hábitos, assim o ego vai enfraquecendo, o Eu Real vai fortalecendo, está é a verdadeira "alquimia do ser".

Pelo poder da atenção você pode estabelecer um contínuo fluir de energia entre você e o seu Mestre.

O mundo está nas trevas porque falta luz, falta Espírito de Deus na Terra. Quando vemos que a maldade está tão atuante, é porque os filhos da luz não estão interagindo o suficiente com a hierarquia celestial, sempre pronta a abençoar.

Precisamos refinar nossa energia, fazer chamados aos nossos amigos e irmãos mais velhos e pedir proteção diária a São Miguel.

Concluindo, gostaria de dizer que é simples interagir com estes seres de Luz, os Mestres. Basta ter constância de se dirigir a Eles, diariamente, com amor e devoção, numa sessão de comandos de Luz ou orações e mantras.

“Aproxima-te de Mim e Eu me aproximarei de ti”.

Este é o momento da entrega, e ele está pronto para chegar ao altar e orar:

“Meu Pai, você me deu o livre arbítrio e eu te agradeço. Com isto criei este ego e esta personalidade humana. Esta é a minha criação, Deus, o melhor que pude fazer, porém reconheço que é imperfeita. Eu a ofereço a Ti, aceitai a minha oferenda e transmutai-a no fogo sagrado.

Permite, oh! Pai, que eu me alinhe à Tua Santa vontade e ao Eu Superior. Ilumina a minha consciência e dá-me direção divina para que eu possa cumprir minha missão aqui na Terra e regressar ao meu verdadeiro Lar “.

A alma deseja alinhar-se com a vontade divina, despir-se da personalidade humana e assumir sua individualidade divina, crística. O homem pensa:

“Eu não sou o ego, isto é apenas minha criação; se eu criei posso "descriar". Paulo, o Apóstolo disse: ”despojar-se do velho homem” (Efésios 4:22).

Esta iniciação da alma, conhecida como "SADHANA" no oriente, é o momento em que o Eu Superior começa a assumir sua posição, começa a caminhada do autoconhecimento.

Esta é a hora de elevar as mãos para o alto e clamar o auxílio e direcionamento dos Mestres Ascensos da Grande Fraternidade Branca, os mestres da sabedoria.

Quem ainda não completou seu ego, não está pronto para entregar-se à vontade divina. É preciso estar com a personalidade formada, para ter o que entregar.

- Quem são os Mestres Ascensos?

Eles são nossos irmãos mais velhos, porque já percorreram toda a roda de encarnações, cumpriram sua missão na Terra, transmutaram todo o carma negativo e passaram pelo ritual da ascensão.

Eles todos, assim como Jesus, unificaram-se a Deus e hoje servem na hierarquia celestial.

Um dia, foram homens e mulheres assim como você e eu. Hoje, são nossos orientadores espirituais e desejam conduzir-nos à senda iniciática da ascensão.

Pela lei do livre arbítrio, eles só podem nos ajudar quando pedimos, e o pedido deve ser refeito a cada 24 horas.

“Basta a cada dia o seu mal.” (Mateus 6:34).

Eles podem nos orientar, guiar, proteger, mas é preciso haver reciprocidade.

- Como fazer para obter melhor interatividade com os Mestres Ascensos da Grande Fraternidade Branca? É preciso haver trabalho, estudo, disciplina e constância.

É por meio do Poder da Palavra que contatamos os Mestres. É através de orações e mantras diários que podemos magnetizar as bênçãos que Eles carregam para nós.

Os Mestres desenvolveram o talento que Deus lhes deu, à potencialidade máxima, e esta virtude está à nossa disposição.

Vejamos como:

É verdade que Eles adquiriram equilíbrio nas qualidades dos Sete Raios; entretanto, como “médicos especializados” para cura da humanidade, o Mestre carrega uma virtude divina específica que podemos magnetizar por meio da Palavra Sagrada (oração, mantras, cânticos sacros, decretos ou comandos de luz). Temos o privilégio de poder invocar o nome do Mestre e pedir a virtude que ele desenvolveu, a qual nós desejamos.

Exemplo:

- Amado Mestre Ascenso Jesus, ata o meu ser na paz do Teu Sagrado Coração.
- Arcanjo Miguel proteja-me, proteja-me, proteja-me!

Vejamos uma lista da principal virtude do Mestre:

- São Miguel, 1º raio, é o grande protetor dos filhos de Deus; Ele pode expandir a nossa fé, e fé é poder.

- Mestre El Morya, 1º raio, pode nos alinhar com a vontade divina, dar orientação e direção divina.

- Mestre Lanto, 2º raio, carrega a energia de iluminação, sabedoria, bom senso, discernimento; protetor das escolas e pode ajudar nos exames e nas entrevistas.

- Mestre Paulo, o Veneziano, 3º raio, ajuda os artistas, tudo que é relacionado com a beleza, amor divino, harmonia, criatividade, compaixão e nos ensina a ter abnegação.

- Mestre Serapis Bey, 4º raio, carrega a Chama da pureza, autodisciplina, moralidade, alegria e ordem. Purificando nosso ser, teremos mais espaço para receber a luz.

- Mestre Hilarion, 5º raio, carrega a Chama da verdade, suprimento, cura, abundância, saúde e ciência. Os cientistas podem clamar sua ajuda. Hilarion pode dissolver os véus da mentira e expor a verdade.

- Mestra Ascensa Nada, 6º raio, protetora daqueles que desejam prestar ministério e Serviço a Deus e também para aqueles que desejam servir à luz de Deus no próximo.

- Mestre Saint Germain, 7º raio, carrega para a humanidade a maravilhosa e transmutadora Chama violeta. Invocando os mantras da Chama violeta, podemos magnetizar a justiça, liberdade, alegria e transmutação do carma.

É sabedoria conhecer os Mestres pelo nome para invocá-los e suplicar aquela qualidade que eles têm.

Além do exercício da Palavra que magnetiza energia dos sete raios, o que mais transmuta carma negativo, elevando a consciência para nos aproximar dos Mestres é: serviço, ação social, trabalho voluntário e amor incondicional.

Nós fazemos os "Comandos de Luz" que é uma forma de oração poderosa, dinâmica e ritmada.

Ritmo é poder. Neste momento trevoso em que vivemos, a oração deve ser um verdadeiro trabalho espiritual com a energia, para dissolver o carma que está sendo derramado no plano físico.

Para interagir com os Mestres Ascensos, acima de tudo, é preciso estar absolutamente consciente, em pensamento, sentimento, palavras e atos, que você deve ser uma taça onde o Mestre possa derramar a energia Espírito. Saiba que: “a energia espírito não atua sem o cálice da matéria”. Isto é lei.

Sem o chamado, o Mestre não pode interagir com seus discípulos. É a lei do livre arbítrio. Para haver resposta do Mestre, é preciso haver pedido do discípulo.

Quanto mais pura for a taça, mais energia que é bênção, ela poderá conter.

Assim, você poderá ser, na corrente da hierarquia, não um elo perdido, e sim, uma parte atuante, carregando a luz dos Mestres, para iluminar a consciência de seus irmãos.

Interagindo com os Mestres, você poderá magnetizar, direcionar e irradiar a luz de Deus para lugares específicos, contribuindo assim para um mundo melhor.

Para isto, tente aumentar a devoção, estudar os ensinamentos dos Mestres Ascensos e estar sempre receptivo a eles; a senda iniciática é a senda do auto-aperfeiçoamento.

À medida que o estudante purifica seus pensamentos e sentimentos, a sua consciência vai elevando-se e ele tem mais facilidade para interagir com os Mestres.

É preciso desenvolver um senso de comensurabilidade com os Mestres, que é a capacidade de se comparar a Eles.

Ao invés de pensar: - Eu estou bem, eu oro diariamente, não bebo nem fumo, e não odeio ninguém. Este conceito é errôneo porque bloqueia o desenvolvimento espiritual. A forma correta de pensar é: - Os Mestres chegaram ao ritual da ascensão, eu também posso conseguir isso. Jesus manteve a paz em seu coração, apesar de toda sua cruz; eu também posso conquistar a paz, apesar dos meus problemas, que são a minha cruz. Os Mestres são disciplinados, amorosos, gentis, eu também posso ser, com a ajuda deles.

Se desejar realmente interagir com os Mestres Ascensos da Grande Fraternidade Branca, você precisa procurar conhecê-los melhor chamá-los pelo nome, estudar suas vidas, quando encarnados, e "saber de memória", as virtudes divinas dos Sete Raios que eles carregam para nós.

Desenvolva o senso de auto-valorização e saiba que Deus o ama muito, os Mestres o amam muito.

Jamais pense: - Eu não estou pronto, talvez em outra vida. . .

O seu verdadeiro Eu está pronto. O seu Eu Superior foi criado por Deus e é incorruptível.

Ao passo que o ego humano jamais estará pronto. Para nos livrarmos do ego, necessitamos do auxílio de nossos irmãos mais velhos, os Mestres Ascensos. Esta não é uma tarefa para um dia, mas para uma vida, pouco a pouco, “linha após linha”.

Fazendo diariamente invocações à Chama Violeta de Saint Germain, você vai se livrando de impaciência, irritação, orgulho, mágoas e uma série de maus hábitos, assim o ego vai enfraquecendo, o Eu Real vai fortalecendo, está é a verdadeira "alquimia do ser".

Pelo poder da atenção você pode estabelecer um contínuo fluir de energia entre você e o seu Mestre.

O mundo está nas trevas porque falta luz, falta Espírito de Deus na Terra. Quando vemos que a maldade está tão atuante, é porque os filhos da luz não estão interagindo o suficiente com a hierarquia celestial, sempre pronta a abençoar.

Precisamos refinar nossa energia, fazer chamados aos nossos amigos e irmãos mais velhos e pedir proteção diária a São Miguel.

Concluindo, gostaria de dizer que é simples interagir com estes seres de Luz, os Mestres. Basta ter constância de se dirigir a Eles, diariamente, com amor e devoção, numa sessão de comandos de Luz ou orações e mantras.

“Aproxima-te de Mim e Eu me aproximarei de ti”

DESPERTANDO O CONHECIMENTO - COMO INTERAGIR E SE COMUNICAR COM OS MESTRES ASCENSOS - Parte - 1

COMO INTERAGIR E SE COMUNICAR COM OS MESTRES ASCENSOS
Parte - 1


 Foto: COMO INTERAGIR E SE COMUNICAR COM OS MESTRES ASCENSOS
Parte - 1

Os Mestres Ascensos da Grande Fraternidade Branca são orientadores espirituais preparados para guiar os Filhos de Deus na senda iniciática de volta ao Lar.

O ego é o que mais impede ou perturba a interatividade com os Mestres.

A meditação e o exercício da Palavra com mantras, orações, invocações, decretos ou comandos de luz são formas eficazes para contatar e até mesmo estreitar o relacionamento com os mestres de sabedoria; "constância" é a palavra-chave.

Vamos refletir um pouco sobre o passado da alma para entender a importância de interagir com os Mestres.

Deus criou o homem à Sua Imagem e Semelhança; a criação de Deus é bela, perfeita e incorruptível. Esta linha de raciocínio nos conduz à certeza de que o Eu, criado à Imagem e Semelhança divina, é o ser espiritual, a verdadeira individualidade interior. É o Eu Real que, na longa caminhada da senda iniciática, tentamos descobrir.

Esta famosa frase foi encontrada em uma antiga caverna: “Homem, conhece-te a ti mesmo”. No entanto, faltavam ali duas palavras: Homem, conhece-te a ti mesmo, como deus. A natureza dá o perfeito exemplo e mostra que a semente de laranja produz árvores que dão laranjas e assim é com todas as sementes. Se o filho de Deus tem, em si mesmo, a semente da Centelha divina, ele não pode ser bastardo, nem qualquer outra coisa. Ele é verdadeiramente filho de Deus.

O Pai dividiu a Sua criação em duas partes, tornando-as almas gêmeas ou chamas gêmeas.

Desta forma somos metade alfa e metade ômega, incompletos até estarmos novamente unidos à nossa “cara-metade”.

E Deus enviou Seus filhos a uma grande e longa aventura cósmica.

Porém, antes da partida para esta viagem, Ele deu a cada filho três coisas importantes:

- uma missão, também chamada plano divino;
- um talento;
- e uma Centelha divina.

Com que finalidade o Pai teria enviado Seus filhos a esse mundo distante que é o Planeta Terra? (estamos falando aqui em distância de freqüência vibratória). Para que eles desenvolvam a sua própria divindade embrionária, para que aprendam a fazer bom uso da energia, para que aprendam a aplicar - e apliquem - a lei do amor incondicional, que é o amor divino, e finalmente, para que retornem à Casa Paterna, como filhos pródigos e vitoriosos.

Um dia, há milhares e milhares de anos, antes da 1ª encarnação acontecer, foi estabelecido entre Deus e cada um dos seus filhos um compromisso que é chamado de missão ou plano divino.

Isto foi definido de acordo com a vontade de Deus e o nosso livre arbítrio.

Toda missão é única e, se você não realizar a sua, ninguém o fará por você, pois não existe outra igual. Por melhor que seja a pessoa, se ela está afastada de sua missão e, portanto, da vontade divina, ela se sente mal. A alma anseia por cumprir seu compromisso e regressar ao seu verdadeiro Lar e só isso lhe trará a felicidade.

Para conseguir realizar a missão, Deus também deu a cada filho um talento (recomendamos a leitura da Parábola dos Talentos, em Mt 25:14 - 30). 

Para uns ele deu talento musical, para outros, talentos na arte da ciência, matemática, poesia, palavra escrita ou na agricultura; Ele deu talento de gratidão, sabedoria, controle, disciplina e muitos outros.

Esse talento deve ser lapidado, desabrochado, dividido e multiplicado. 

Quando dividimos nosso talento com nossos irmãos, estamos multiplicando essa capacidade ou conhecimento. Reter qualquer tipo de energia, causa bloqueio; quanto mais sai, mais sobra espaço para a entrada de bênçãos.

Além disso, todo filho de Deus tem a Centelha divina.

Muitos pensam que a Centelha divina é uma partícula de Deus, um pedacinho D’Ele.

Lembremos que Deus é Uno, Indivisível, o Indiviso. Portanto, esta partícula divina, é uma extensão do Pai Celestial.
Medite agora sobre esta verdade.

Uma partícula que é a extensão de Deus Todo Poderoso dentro do seu próprio ser, também conhecida como Chama Trina, contém Onipotência, Onisciência e Onipresença.

Onipotência é todo o poder; Onisciência é toda a sabedoria e Onipresença é o poder de estar em todos os lugares ao mesmo tempo. Tudo isto está pulsante, latente e embrionário na câmara secreta do chakra do coração dos filhos de Deus, à nossa disposição. Você é uma divindade embrionária e deve divinizar-se da mesma forma que Jesus o fez.

Você sabia que Deus Pai tem um sonho? Este sonho de Deus é que seus filhos retornem ao Lar. (leia a Parábola do Filho Pródigo (Lc 15)).

Você entrou na roda de encarnações para desabrochar os talentos e cumprir a missão de evoluir a alma. A Terra é uma Escola e os Mestres Ascensos são os professores.

Em cada encarnação vamos desenvolvendo diferentes aspectos da personalidade e aprendendo as mais variadas artes e ofícios. Deus nos deu a vida e vida é energia, é fogo, é luz, é Deus. Pense nisso.

Contudo, Deus nos deu o livre arbítrio, porque Ele quer filhos divinos e não robôs.

Esta é a causa de nossos sofrimentos, quando, pelo livre arbítrio, decidimos fazer mau uso da energia divina, posteriormente recebemos o retorno desta energia mal qualificada. Deus nos deu vida, que é a Sua própria energia para que possamos experimentá-la aqui, neste plano físico mais denso, e sentir o resultado do bom ou mau uso desta energia. Toda energia liberada por meio de pensamento, sentimento, palavra ou ação, retorna multiplicada porque ela vai se juntando a outras similares; esta é a lei do carma.

Com o livre arbítrio o homem foi criando coisas belas e deformadas, coisas boas e más.

O mau uso da energia criou os chamados véus de Maya, os véus da ilusão que impedem o homem de ver com clareza quem ele é, de onde veio e para onde vai; muito menos se lembra ele do compromisso assumido com o Pai, a sua missão aqui na Terra.

Nós erramos e erramos muito. Contudo, chegou a hora da "salvação", que significa "auto-elevação".

Nós somos filhos de Deus e devemos assumir nossa responsabilidade e clamar por nossa herança divina de sabedoria, paz e abastança. Para a alquimia da vida é preciso perdoar e perdoar primeiro a si mesmo. Nós não dizemos que as crianças erram na escola. Elas estão aprendendo. Da mesma forma os filhos de Deus estão aprendendo na "Escola da Vida".

Entretanto, a missão divina e os talentos não podem ser desenvolvidos em apenas uma encarnação. Desta forma, nos são dadas milhares de oportunidades de retornar à Terra. O compromisso que assumimos com Deus é o que há de mais importante em nossa vida. Após a transição, a alma comparece diante dos Senhores do Carma, quando é feita uma revisão da vida.

Os "registros akashicos" mostram todos os acontecimentos da vida, como num filme. Mais ainda, porque se pode sentir o ódio, o bem e o mal causados pelo indivíduo a outrem.

Por exemplo:

Se uma pessoa machucou outra, poderá, ao rever os "registros akashicos", perceber até mesmo o sentimento do outro e como aquele mal o prejudicou.

A alma vivencia as oportunidades perdidas pela omissão, ódio e orgulho. E ela lamenta... Mas é tarde, muito tarde, pois, não estando mais encarnada, nada pode fazer para corrigir seus erros.

E ela quer voltar; ela se compromete a cumprir os compromissos e agir com amor...

Ela sabe que o carma adquirido na Terra só aqui pode ser resgatado. 

Ela pede para voltar. Contudo, isto não é tão simples. Milhões de almas desejam a mesma coisa.

Elas precisam ter na Terra pais que lhes proporcionem um meio educacional, cultural, sócio-econômico condizentes com suas necessidades de resgate cármico. 

As almas encarnam em grupos familiares, quase sempre os mesmos. 

É como a preparação de uma grande encenação teatral. Em cada vida o indivíduo desempenha um diferente papel, que irá contribuir para sua evolução espiritual, trazendo-lhe as oportunidades necessárias. Tudo isto é cuidadosamente engendrado pelo Conselho Cármico que, sob a direção de Deus, administra Sua Sagrada Lei.

Quando tudo está pronto e decidido para a alma voltar ao plano físico, ainda há o perigo do aborto. Existem almas que já foram abortadas seis, sete vezes. Elas sofrem trauma, perdem oportunidade de encarnar para transmutar carma, lapidar seu talento e completar sua missão.

Existem 30 milhões de almas de luz, que deveriam estar encarnadas agora, e foram abortadas: 30 milhões!!!

Amor incondicional é a chave para o sucesso da evolução espiritual. Amar o belo e o feio, amar as situações agradáveis e as desagradáveis também, pois elas trazem aprendizado. 

Amar as pessoas simpáticas e aquelas que são difíceis, pois elas são uma oportunidade de resgate cármico.

Quando é permitida a reencarnação, a alma entra no canal do renascimento e é concebida na Terra. No momento da concepção ela é designada para aquele corpo e começa a conviver com a família.

De tempos em tempos, aquela alma é observada pelo Conselho Cármico. Eles querem saber se o discípulo está fazendo bom uso da energia. Querem saber se a energia está sendo multiplicada. Se ela está cumprindo a tarefa prometida diante dos Senhores do Carma. Se a alma está alinhada com a Vontade de Deus e se está expandindo a luz e desenvolvendo o seu talento.

Embora a energia de Deus seja inesgotável, nenhum grama de energia pode ser perdido. 

Tudo é contado, como num grande Banco Cósmico. A energia investida para a evolução da alma no planeta Terra, deve ser multiplicada. “Àqueles que muito têm, mais lhes será dado e àqueles que pouco têm, o pouco que têm, lhes será tirado”. 

Em certos casos, é retirada a energia para impedir que a alma se comprometa num carma ainda mais pesado.

O Mestre torce e ora por seu discípulo a quem ele ama profundamente. A vitória da alma será também a vitória do Mestre, a Vitória da luz! 

Tenham sempre em mente que, quando falamos em energia, estamos falando em luz, vida, fogo, Deus, pois Deus é tudo isso.

O ego, mente carnal ou eu inferior, é o que mais nos afasta dos Mestres e atrasa o cumprimento do compromisso que assumimos com o Pai, de realizar nossa missão. 

Com o livre arbítrio, criamos o eu inferior, o ego, a nossa personalidade humana. Com o poder de criar, com a energia à sua disposição e com o livre arbítrio, o homem foi criando o ego e formando a sua personalidade, assim como um escultor vai dando vida à sua obra. E quando o ego e a personalidade estão bem constituídos, o indivíduo atinge um elevado senso de moral e dignidade, ele se sente bem consigo mesmo. Ele se acha o tal!

Até que um dia começa a observar suas próprias imperfeições e vulnerabilidades. Sente-se muitas vezes traído pelo ego que toma atitudes mesquinhas e arrogantes, contra a sua própria vontade. Sente-se impotente para abandonar vícios como o cigarro ou um simples hábito de impaciência. 

Ele percebe que adquiriu cultura, mas falta-lhe a sabedoria, a intuição, a percepção e a sensibilidade.

Ele se torna consciente de que não é tão correto como imaginava e decide, então, que não quer mais o livre arbítrio, pois com este só criou imperfeição. Ele deseja alinhar-se com a vontade divina que é perfeição, sabedoria e amor absolutos.

Os Mestres Ascensos da Grande Fraternidade Branca são orientadores espirituais preparados para guiar os Filhos de Deus na senda iniciática de volta ao Lar.

O ego é o que mais impede ou perturba a interatividade com os Mestres.

A meditação e o exercício da Palavra com mantras, orações, invocações, decretos ou comandos de luz são formas eficazes para contatar e até mesmo estreitar o relacionamento com os mestres de sabedoria; "constância" é a palavra-chave.

Vamos refletir um pouco sobre o passado da alma para entender a importância de interagir com os Mestres.

Deus criou o homem à Sua Imagem e Semelhança; a criação de Deus é bela, perfeita e incorruptível. Esta linha de raciocínio nos conduz à certeza de que o Eu, criado à Imagem e Semelhança divina, é o ser espiritual, a verdadeira individualidade interior. É o Eu Real que, na longa caminhada da senda iniciática, tentamos descobrir.

Esta famosa frase foi encontrada em uma antiga caverna: “Homem, conhece-te a ti mesmo”. No entanto, faltavam ali duas palavras: Homem, conhece-te a ti mesmo, como deus. A natureza dá o perfeito exemplo e mostra que a semente de laranja produz árvores que dão laranjas e assim é com todas as sementes. Se o filho de Deus tem, em si mesmo, a semente da Centelha divina, ele não pode ser bastardo, nem qualquer outra coisa. Ele é verdadeiramente filho de Deus.

O Pai dividiu a Sua criação em duas partes, tornando-as almas gêmeas ou chamas gêmeas.

Desta forma somos metade alfa e metade ômega, incompletos até estarmos novamente unidos à nossa “cara-metade”.

E Deus enviou Seus filhos a uma grande e longa aventura cósmica.

Porém, antes da partida para esta viagem, Ele deu a cada filho três coisas importantes:

- uma missão, também chamada plano divino;
- um talento;
- e uma Centelha divina.

Com que finalidade o Pai teria enviado Seus filhos a esse mundo distante que é o Planeta Terra? (estamos falando aqui em distância de freqüência vibratória). Para que eles desenvolvam a sua própria divindade embrionária, para que aprendam a fazer bom uso da energia, para que aprendam a aplicar - e apliquem - a lei do amor incondicional, que é o amor divino, e finalmente, para que retornem à Casa Paterna, como filhos pródigos e vitoriosos.

Um dia, há milhares e milhares de anos, antes da 1ª encarnação acontecer, foi estabelecido entre Deus e cada um dos seus filhos um compromisso que é chamado de missão ou plano divino.

Isto foi definido de acordo com a vontade de Deus e o nosso livre arbítrio.

Toda missão é única e, se você não realizar a sua, ninguém o fará por você, pois não existe outra igual. Por melhor que seja a pessoa, se ela está afastada de sua missão e, portanto, da vontade divina, ela se sente mal. A alma anseia por cumprir seu compromisso e regressar ao seu verdadeiro Lar e só isso lhe trará a felicidade.

Para conseguir realizar a missão, Deus também deu a cada filho um talento (recomendamos a leitura da Parábola dos Talentos, em Mt 25:14 - 30).

Para uns ele deu talento musical, para outros, talentos na arte da ciência, matemática, poesia, palavra escrita ou na agricultura; Ele deu talento de gratidão, sabedoria, controle, disciplina e muitos outros.

Esse talento deve ser lapidado, desabrochado, dividido e multiplicado.

Quando dividimos nosso talento com nossos irmãos, estamos multiplicando essa capacidade ou conhecimento. Reter qualquer tipo de energia, causa bloqueio; quanto mais sai, mais sobra espaço para a entrada de bênçãos.

Além disso, todo filho de Deus tem a Centelha divina.

Muitos pensam que a Centelha divina é uma partícula de Deus, um pedacinho D’Ele.

Lembremos que Deus é Uno, Indivisível, o Indiviso. Portanto, esta partícula divina, é uma extensão do Pai Celestial.
Medite agora sobre esta verdade.

Uma partícula que é a extensão de Deus Todo Poderoso dentro do seu próprio ser, também conhecida como Chama Trina, contém Onipotência, Onisciência e Onipresença.

Onipotência é todo o poder; Onisciência é toda a sabedoria e Onipresença é o poder de estar em todos os lugares ao mesmo tempo. Tudo isto está pulsante, latente e embrionário na câmara secreta do chakra do coração dos filhos de Deus, à nossa disposição. Você é uma divindade embrionária e deve divinizar-se da mesma forma que Jesus o fez.

Você sabia que Deus Pai tem um sonho? Este sonho de Deus é que seus filhos retornem ao Lar. (leia a Parábola do Filho Pródigo (Lc 15)).

Você entrou na roda de encarnações para desabrochar os talentos e cumprir a missão de evoluir a alma. A Terra é uma Escola e os Mestres Ascensos são os professores.

Em cada encarnação vamos desenvolvendo diferentes aspectos da personalidade e aprendendo as mais variadas artes e ofícios. Deus nos deu a vida e vida é energia, é fogo, é luz, é Deus. Pense nisso.

Contudo, Deus nos deu o livre arbítrio, porque Ele quer filhos divinos e não robôs.

Esta é a causa de nossos sofrimentos, quando, pelo livre arbítrio, decidimos fazer mau uso da energia divina, posteriormente recebemos o retorno desta energia mal qualificada. Deus nos deu vida, que é a Sua própria energia para que possamos experimentá-la aqui, neste plano físico mais denso, e sentir o resultado do bom ou mau uso desta energia. Toda energia liberada por meio de pensamento, sentimento, palavra ou ação, retorna multiplicada porque ela vai se juntando a outras similares; esta é a lei do carma.

Com o livre arbítrio o homem foi criando coisas belas e deformadas, coisas boas e más.

O mau uso da energia criou os chamados véus de Maya, os véus da ilusão que impedem o homem de ver com clareza quem ele é, de onde veio e para onde vai; muito menos se lembra ele do compromisso assumido com o Pai, a sua missão aqui na Terra.

Nós erramos e erramos muito. Contudo, chegou a hora da "salvação", que significa "auto-elevação".

Nós somos filhos de Deus e devemos assumir nossa responsabilidade e clamar por nossa herança divina de sabedoria, paz e abastança. Para a alquimia da vida é preciso perdoar e perdoar primeiro a si mesmo. Nós não dizemos que as crianças erram na escola. Elas estão aprendendo. Da mesma forma os filhos de Deus estão aprendendo na "Escola da Vida".

Entretanto, a missão divina e os talentos não podem ser desenvolvidos em apenas uma encarnação. Desta forma, nos são dadas milhares de oportunidades de retornar à Terra. O compromisso que assumimos com Deus é o que há de mais importante em nossa vida. Após a transição, a alma comparece diante dos Senhores do Carma, quando é feita uma revisão da vida.

Os "registros akashicos" mostram todos os acontecimentos da vida, como num filme. Mais ainda, porque se pode sentir o ódio, o bem e o mal causados pelo indivíduo a outrem.

Por exemplo:

Se uma pessoa machucou outra, poderá, ao rever os "registros akashicos", perceber até mesmo o sentimento do outro e como aquele mal o prejudicou.

A alma vivencia as oportunidades perdidas pela omissão, ódio e orgulho. E ela lamenta... Mas é tarde, muito tarde, pois, não estando mais encarnada, nada pode fazer para corrigir seus erros.

E ela quer voltar; ela se compromete a cumprir os compromissos e agir com amor...

Ela sabe que o carma adquirido na Terra só aqui pode ser resgatado.

Ela pede para voltar. Contudo, isto não é tão simples. Milhões de almas desejam a mesma coisa.

Elas precisam ter na Terra pais que lhes proporcionem um meio educacional, cultural, sócio-econômico condizentes com suas necessidades de resgate cármico.

As almas encarnam em grupos familiares, quase sempre os mesmos.

É como a preparação de uma grande encenação teatral. Em cada vida o indivíduo desempenha um diferente papel, que irá contribuir para sua evolução espiritual, trazendo-lhe as oportunidades necessárias. Tudo isto é cuidadosamente engendrado pelo Conselho Cármico que, sob a direção de Deus, administra Sua Sagrada Lei.

Quando tudo está pronto e decidido para a alma voltar ao plano físico, ainda há o perigo do aborto. Existem almas que já foram abortadas seis, sete vezes. Elas sofrem trauma, perdem oportunidade de encarnar para transmutar carma, lapidar seu talento e completar sua missão.

Existem 30 milhões de almas de luz, que deveriam estar encarnadas agora, e foram abortadas: 30 milhões!!!

Amor incondicional é a chave para o sucesso da evolução espiritual. Amar o belo e o feio, amar as situações agradáveis e as desagradáveis também, pois elas trazem aprendizado.

Amar as pessoas simpáticas e aquelas que são difíceis, pois elas são uma oportunidade de resgate cármico.

Quando é permitida a reencarnação, a alma entra no canal do renascimento e é concebida na Terra. No momento da concepção ela é designada para aquele corpo e começa a conviver com a família.

De tempos em tempos, aquela alma é observada pelo Conselho Cármico. Eles querem saber se o discípulo está fazendo bom uso da energia. Querem saber se a energia está sendo multiplicada. Se ela está cumprindo a tarefa prometida diante dos Senhores do Carma. Se a alma está alinhada com a Vontade de Deus e se está expandindo a luz e desenvolvendo o seu talento.

Embora a energia de Deus seja inesgotável, nenhum grama de energia pode ser perdido.

Tudo é contado, como num grande Banco Cósmico. A energia investida para a evolução da alma no planeta Terra, deve ser multiplicada. “Àqueles que muito têm, mais lhes será dado e àqueles que pouco têm, o pouco que têm, lhes será tirado”.

Em certos casos, é retirada a energia para impedir que a alma se comprometa num carma ainda mais pesado.

O Mestre torce e ora por seu discípulo a quem ele ama profundamente. A vitória da alma será também a vitória do Mestre, a Vitória da luz!

Tenham sempre em mente que, quando falamos em energia, estamos falando em luz, vida, fogo, Deus, pois Deus é tudo isso.

O ego, mente carnal ou eu inferior, é o que mais nos afasta dos Mestres e atrasa o cumprimento do compromisso que assumimos com o Pai, de realizar nossa missão.

Com o livre arbítrio, criamos o eu inferior, o ego, a nossa personalidade humana. Com o poder de criar, com a energia à sua disposição e com o livre arbítrio, o homem foi criando o ego e formando a sua personalidade, assim como um escultor vai dando vida à sua obra. E quando o ego e a personalidade estão bem constituídos, o indivíduo atinge um elevado senso de moral e dignidade, ele se sente bem consigo mesmo. Ele se acha o tal!

Até que um dia começa a observar suas próprias imperfeições e vulnerabilidades. Sente-se muitas vezes traído pelo ego que toma atitudes mesquinhas e arrogantes, contra a sua própria vontade. Sente-se impotente para abandonar vícios como o cigarro ou um simples hábito de impaciência.

Ele percebe que adquiriu cultura, mas falta-lhe a sabedoria, a intuição, a percepção e a sensibilidade.

Ele se torna consciente de que não é tão correto como imaginava e decide, então, que não quer mais o livre arbítrio, pois com este só criou imperfeição. Ele deseja alinhar-se com a vontade divina que é perfeição, sabedoria e amor absolutos.

DESPERTANDO O CONHECIMENTO - Terceiro Olho Conhecendo um pouco mais...


Terceiro Olho
Conhecendo um pouco mais...
 
Foto: Terceiro Olho
Conhecendo um pouco mais...

“Todos nós temos a terceira visão. Ela é o CHACKRA CORORÁRIO, a fonte do pensamento e se localiza no centro das nossas fontes (testas)”.

Tão pequena quanto uma ervilha e na forma de pinha – daí o seu nome –, a glândula pineal é considerada como um terceiro olho, pois tem a mesma estrutura básica de nossos órgãos visuais. Acreditava-se, até há pouco tempo, que era um órgão atrofiado, um olho não desenvolvido, de funções indefinidas. Mesmo assim, despertou o interesse dos cientistas, que descobriram funções relacionadas à física e aos fenômenos paranormais.

Antena Parabólica

Constataram que, como uma antena, a pineal, também chamada de epífise, é capaz de captar radiações eletromagnéticas da lua – que regula ciclos menstruais, por exemplo –, as radiações eletromagnéticas vindas do sol e ainda despertar a produção de certas substâncias neurotransmissoras, que estimulam a atividade física e mental. Também é a glândula pineal que ativa a produção de hormônios sexuais no início da puberdade, iniciando-se assim o ciclo da reprodução humana. Nos animais (sim, ela também está presente neles), capta os campos eletromagnéticos da Terra, orientando as migrações das andorinhas ou das tartarugas, por exemplo. E há ainda funções muito intrigantes relacionadas a esse ponto no centro do cérebro. A pineal é capaz de captar campos eletromagnéticos não apenas desta dimensão, onde vivemos, que é a terceira, mas também de outras dimensões do Universo, acessando campos espirituais e sutis. Segundo a Teoria das Supercordas, da física quântica, existem ao menos 11 dimensões diferentes no Universo e é possível a comunicação entre elas. Em outras palavras: a pineal é capaz de detectar dimensões invisíveis aos olhos comuns, e esse pequeno radar está relacionado a fenômenos como clarividência (vidência de acontecimentos ainda não ocorridos), telepatia (comunicação por meio do pensamento) e capacidade de entrar em contato com outras dimensões (mediunidade).

Feito de cristal

Após analisar a composição da glândula pineal, detectou-se na sua estrutura cristais de apatita, mineral também encontrado na natureza sob a forma de pedras laminadas. Segundo as pesquisas, esse cristal capta campos eletromagnéticos. E o plano espiritual age por meio desses campos. A interferência divina sempre acontece obedecendo as leis da própria natureza. “Os médiuns, pessoas capazes de entrar em contato com outras dimensões espirituais, apresentam maior quantidade de cristais de apatita na pineal. Os iogues e místicos, que experimentam estados de meditação e êxtase profundos, têm menor quantidade. E ninguém pode aumentar ou diminuir essa concentração de cristais, ela é uma característica biológica, assim como a cor dos olhos e cabelos. A glândula é um receptor poderoso, mas quem decodifica as informações recebidas são outras áreas do cérebro, como o córtex frontal cerebral. Sem essa interação, as informações recebidas não são compreendidas. É por isso que os animais não podem decodificá-las: as outras partes do cérebro deles não têm esse atributo.

Onde mora a alma

No Ocidente, a importante função dessa glândula foi descrita no livro A Terceira Visão (ed. Nova Era), escrito por um inglês que adotou o pseudônimo de Lobsang Rampa. O filósofo e matemático francês René Descartes (1596-1650) também se curvou ao fascínio da pineal. Na sua famosa Carte a Mersenne, escrita em 1640, ele afirmava que existe no cérebro uma glândula que é o local onde a alma se fixa mais intensamente. As religiões também consideram o terceiro olho como um centro de percepção espiritual.

Para os espíritas – As funções espirituais e psíquico-espirituais da pequena glândula eram consideradas pelo fundador do espiritismo, Allan Kardec (1804-1869), no século 19, e foram descritas no livro Missionários da Luz (ed. FEB), psicografado pelo médium Francisco Cândido Xavier (1910-2002) e publicado pela primeira vez em 1958. Segundo o livro, a melatonina, o hormônio segregado pela pineal, gera os impulsos para as experiências que promovem seu desenvolvimento espiritual.

Para os hindus – Na antiga tradição da Índia, dois chacras, ou centros de energia, são responsáveis pelo desenvolvimento da espiritualidade: o chacra do terceiro olho, que fica na testa, um pouco acima da linha das sobrancelhas, e o chacra coronário, no topo da cabeça. Esses dois centros, que captam e transmitem energia vital, dizem os indianos, revelam informações espirituais que influem em nossas ações e escolhas. O chacra do terceiro olho é responsável pela clarividência e pela criatividade. O centro coronário nos reabastece de energia cósmica e nos dá força espiritual. As cores relacionadas ao chacra que fica no alto da cabeça são o branco, o violeta e o dourado. Está ligado ao canal central de energia que passa pela coluna vertebral. Ele rege a glândula pineal, que, para os hindus, é o principal órgão do corpo. É a representação do céu dentro do homem e está associada às qualidades mais puras e elevadas que temos dentro de nós. Já o chacra do terceiro olho está ligado à tonalidade azul-índigo e à glândula pituitária, que também fica no cérebro. Ele influencia todas as formas de expressão, capacidade artística e intelectual.

Para os cristãos – Ela representa o Filho de Deus em nós, nossa consciência espiritual e amorosa, alimentada pela vontade divina que nos chega dos céus e o amor que vem do nosso coração. Ela é a única glândula do corpo diretamente ligada à Consciência Superior.

“Todos nós temos a terceira visão. Ela é o CHACKRA CORORÁRIO, a fonte do pensamento e se localiza no centro das nossas fontes (testas)”.

Tão pequena quanto uma ervilha e na forma de pinha – daí o seu nome –, a glândula pineal é considerada como um terceiro olho, pois tem a mesma estrutura básica de nossos órgãos visuais. Acreditava-se, até há pouco tempo, que era um órgão atrofiado, um olho não desenvolvido, de funções indefinidas. Mesmo assim, despertou o interesse dos cientistas, que descobriram funções relacionadas à física e aos fenômenos paranormais.

Antena Parabólica

Constataram que, como uma antena, a pineal, também chamada de epífise, é capaz de captar radiações eletromagnéticas da lua – que regula ciclos menstruais, por exemplo –, as radiações eletromagnéticas vindas do sol e ainda despertar a produção de certas substâncias neurotransmissoras, que estimulam a atividade física e mental. Também é a glândula pineal que ativa a produção de hormônios sexuais no início da puberdade, iniciando-se assim o ciclo da reprodução humana. Nos animais (sim, ela também está presente neles), capta os campos eletromagnéticos da Terra, orientando as migrações das andorinhas ou das tartarugas, por exemplo. E há ainda funções muito intrigantes relacionadas a esse ponto no centro do cérebro. A pineal é capaz de captar campos eletromagnéticos não apenas desta dimensão, onde vivemos, que é a terceira, mas também de outras dimensões do Universo, acessando campos espirituais e sutis. Segundo a Teoria das Supercordas, da física quântica, existem ao menos 11 dimensões diferentes no Universo e é possível a comunicação entre elas. Em outras palavras: a pineal é capaz de detectar dimensões invisíveis aos olhos comuns, e esse pequeno radar está relacionado a fenômenos como clarividência (vidência de acontecimentos ainda não ocorridos), telepatia (comunicação por meio do pensamento) e capacidade de entrar em contato com outras dimensões (mediunidade).

Feito de cristal

Após analisar a composição da glândula pineal, detectou-se na sua estrutura cristais de apatita, mineral também encontrado na natureza sob a forma de pedras laminadas. Segundo as pesquisas, esse cristal capta campos eletromagnéticos. E o plano espiritual age por meio desses campos. A interferência divina sempre acontece obedecendo as leis da própria natureza. “Os médiuns, pessoas capazes de entrar em contato com outras dimensões espirituais, apresentam maior quantidade de cristais de apatita na pineal. Os iogues e místicos, que experimentam estados de meditação e êxtase profundos, têm menor quantidade. E ninguém pode aumentar ou diminuir essa concentração de cristais, ela é uma característica biológica, assim como a cor dos olhos e cabelos. A glândula é um receptor poderoso, mas quem decodifica as informações recebidas são outras áreas do cérebro, como o córtex frontal cerebral. Sem essa interação, as informações recebidas não são compreendidas. É por isso que os animais não podem decodificá-las: as outras partes do cérebro deles não têm esse atributo.

Onde mora a alma

No Ocidente, a importante função dessa glândula foi descrita no livro A Terceira Visão (ed. Nova Era), escrito por um inglês que adotou o pseudônimo de Lobsang Rampa. O filósofo e matemático francês René Descartes (1596-1650) também se curvou ao fascínio da pineal. Na sua famosa Carte a Mersenne, escrita em 1640, ele afirmava que existe no cérebro uma glândula que é o local onde a alma se fixa mais intensamente. As religiões também consideram o terceiro olho como um centro de percepção espiritual.

Para os espíritas – As funções espirituais e psíquico-espirituais da pequena glândula eram consideradas pelo fundador do espiritismo, Allan Kardec (1804-1869), no século 19, e foram descritas no livro Missionários da Luz (ed. FEB), psicografado pelo médium Francisco Cândido Xavier (1910-2002) e publicado pela primeira vez em 1958. Segundo o livro, a melatonina, o hormônio segregado pela pineal, gera os impulsos para as experiências que promovem seu desenvolvimento espiritual.

Para os hindus – Na antiga tradição da Índia, dois chacras, ou centros de energia, são responsáveis pelo desenvolvimento da espiritualidade: o chacra do terceiro olho, que fica na testa, um pouco acima da linha das sobrancelhas, e o chacra coronário, no topo da cabeça. Esses dois centros, que captam e transmitem energia vital, dizem os indianos, revelam informações espirituais que influem em nossas ações e escolhas. O chacra do terceiro olho é responsável pela clarividência e pela criatividade. O centro coronário nos reabastece de energia cósmica e nos dá força espiritual. As cores relacionadas ao chacra que fica no alto da cabeça são o branco, o violeta e o dourado. Está ligado ao canal central de energia que passa pela coluna vertebral. Ele rege a glândula pineal, que, para os hindus, é o principal órgão do corpo. É a representação do céu dentro do homem e está associada às qualidades mais puras e elevadas que temos dentro de nós. Já o chacra do terceiro olho está ligado à tonalidade azul-índigo e à glândula pituitária, que também fica no cérebro. Ele influencia todas as formas de expressão, capacidade artística e intelectual.

Para os cristãos – Ela representa o Filho de Deus em nós, nossa consciência espiritual e amorosa, alimentada pela vontade divina que nos chega dos céus e o amor que vem do nosso coração. Ela é a única glândula do corpo diretamente ligada à Consciência Superior.

O PODER DO RAIO VERDE - CARACTERÍSTICAS DO 5º RAIO:VERDE Virtudes - Concentração, Cura, Verdade, Justiça, Conhecimento Concreto


CARACTERÍSTICAS DO 5º RAIO:VERDE
Virtudes - Concentração, Cura, Verdade, Justiça, Conhecimento Concreto
 
Foto: CARACTERÍSTICAS DO 5º RAIO:VERDE
Virtudes - Concentração, Cura, Verdade, Justiça, Conhecimento Concreto

MANIFESTAÇÕES DO QUINTO RAIO NO SER HUMANO EVOLUÍDO
Bom senso, independência, justiça, perseverança, correção, intelecto apurado, observações precisas, capacidade de conhecimento, potencial de realização, sensibilidade à Divindade, à Luz e à Sabedoria, devoção espiritual e mental, entrega aos processos iniciáticos.

MANIFESTAÇÕES DO QUINTO RAIO NO SER HUMANO INVOLUÍDO
Crítica aguda e excessiva, estreiteza mental ou ignorância, arrogância, preconceito, falta de solidariedade, racionalidade excessiva, separatividade, desejo de conhecimento, ambições materiais, detalhismo excessivo, ceticismo, negação temporária da Divindade, isolamento, falsas visões da verdade, devoção mental à forma e a sua atividade.
Necessitará desenvolver amor, amplitude da mente, solidariedade, devoçã espiritual, reverência, fé.

Eu invoco o Elohim 
Do Raio Verde-Esmeralda,
Para verter abundância pelo meu corpo.

Invoco o Elohim
Do Raio Verde-Esmeralda,
Para conectar-me com o Fluxo Divino.
Assim Embaixo como no alto.

Invoco o Raio Verde
Para fortalecer
O desabrochar do meu coração.

Invoco o Raio Verde Esmeralda
Para ajudar-me a criar abundância.
Assim Embaixo como no alto,
Tudo é Amor, tudo é Fluidez.

MANIFESTAÇÕES DO QUINTO RAIO NO SER HUMANO EVOLUÍDO
Bom senso, independência, justiça, perseverança, correção, intelecto apurado, observações precisas, capacidade de conhecimento, potencial de realização, sensibilidade à Divindade, à Luz e à Sabedoria, devoção espiritual e mental, entrega aos processos iniciáticos.

MANIFESTAÇÕES DO QUINTO RAIO NO SER HUMANO INVOLUÍDO
Crítica aguda e excessiva, estreiteza mental ou ignorância, arrogância, preconceito, falta de solidariedade, racionalidade excessiva, separatividade, desejo de conhecimento, ambições materiais, detalhismo excessivo, ceticismo, negação temporária da Divindade, isolamento, falsas visões da verdade, devoção mental à forma e a sua atividade.
Necessitará desenvolver amor, amplitude da mente, solidariedade, devoçã espiritual, reverência, fé.

Eu invoco o Elohim
Do Raio Verde-Esmeralda,
Para verter abundância pelo meu corpo.

Invoco o Elohim
Do Raio Verde-Esmeralda,
Para conectar-me com o Fluxo Divino.
Assim Embaixo como no alto.

Invoco o Raio Verde
Para fortalecer
O desabrochar do meu coração.

Invoco o Raio Verde Esmeralda
Para ajudar-me a criar abundância.
Assim Embaixo como no alto,
Tudo é Amor, tudo é Fluidez.

EQUILÍBRIO E HARMONIA - REVITALIZAÇÃO CÓSMICA


REVITALIZAÇÃO CÓSMICA
 
Foto: REVITALIZAÇÃO CÓSMICA 

Eu declaro a minha independência como ser livre que EU SOU

Abro minha alma ao amor divino

Uno-me ao Criador e me liberto de todos os laços que me aprisionam

EU SOU senhor absoluto de minha vontade

e respeito às leis eternas que regem todas as coisas em todos os planos

Sobre os influxos do amor

sinto a serenidade que me conduz a mente do infinito

Abro conscientemente as minhas asas

e alço vôo rumo à luz

Desfaço-me de todos os acordos e associações que me aprisionam

e me guio para a minha liberdade

Anulo todos os contratos e ligações com todos os seres sob forças avessas

e me declaro livre

EU SOU a expressão imaculada do amor sagrado

EU SOU livre...

EU SOU livre...

EU SOU Livre...

EU SOU livre como o meu Pai me criou

Quebro todos os vínculos

com qualquer coisa que me impede a minha ascensão ao coração de Deus

meu Pai

Amparo-me sob a proteção dos Anjos de Bem

para que eu possa agir livremente conforme a minha vontade

que é a vontade de Deus

Liberto-me das invisíveis mãos que me seguram

e retardam e me envolvo na força e na coragem que me trazem a liberdade

Nutro-me do poder do poder do amor

para alcançar a vitória em meus empreendimentos

EU SOU a chama divina

e me estabilizo na força de todo o meu poder de vontade própria

Por isto Eu Afirmo

EU SOU livre

EU SOU livre

EU SOU livre

Eu tenho o vigor da decisão firme na busca da minha libertação,

agora me declaro um ser livre

EU SOU dono da minha vontade

e faço o meu caminho com o auxílio daqueles que me guiam

protetores enviados pelo meu Pai – Deus

EU SOU luz e não admito sombras no raio de aço em que pertenço

Fecho a minha aura

e deixo nela penetrar somente a energia Crística de puro amor

Alio-me aos divinos seres

que trabalham para a fraternidade de todos os meus irmãos

Coloco-me de joelhos

e estendo as minhas mãos em clamor ao Espírito Santo de Deus

Para que Ele envie a mim seus Anjos

para que neste auxilio eu possa ir em direção ao rumo certo da minha libertação

EU SOU livre...

EU SOU livre...

EU SOU livre...

Agora EU SOU livre

Filho da liberdade no Supremo Ser – Deus

Vibro na freqüência do Cristo que interpenetra todos os seres em todos os mundos

Dissolvo em mim as crenças que não fazem parte do meu ser

e Intensifico em mim a força Una do amor Divino

Eu vivo em oração e sinto a harmonia

e sou o Senhor absoluto de minha vontade e dos meus pensamentos

Eu tenho o livre arbítrio de fazer o que eu quiser

por que EU SOU livre

e por isto busco a União com o meu Criador

EU SOU livre

e sei que a garantia da minha liberdade está em meus pensamentos

e atos que respeitam a Lei Suprema

que governa integralmente o pulsar de toda a vida

Eu fui Criado sob as Leis do Amor

e nelas devo permanecer em harmonia

EU SOU filho da força da saúde e da beleza

Deus.

Amada presença de Deus

irradia a vossa luz em meu coração e em meus pensamentos

Liberte meu corpo

e a minha mente de todos os entraves para que eu possa trabalhar em pró -

em pró de todos e em total comunhão com a luz –

Sagrada Eterna

Em nome da Poderosa Presença de quem EU SOU

do meu Santo Cristo Pessoal da energia Cristica que transforma todos na realidade Divina

Elevo minha consciência a Deus -

me purifico e me liberto de todas as energias densas e negativas

Eu Amo a Luz

Eu Sirvo a Luz

Eu Vivo na Luz

Agora e para Sempre ..

Sempre...Sempre... Sempre...

Eu declaro a minha independência como ser livre que EU SOU

Abro minha alma ao amor divino

Uno-me ao Criador e me liberto de todos os laços que me aprisionam

EU SOU senhor absoluto de minha vontade

e respeito às leis eternas que regem todas as coisas em todos os planos

Sobre os influxos do amor

sinto a serenidade que me conduz a mente do infinito

Abro conscientemente as minhas asas

e alço vôo rumo à luz

Desfaço-me de todos os acordos e associações que me aprisionam

e me guio para a minha liberdade

Anulo todos os contratos e ligações com todos os seres sob forças avessas

e me declaro livre

EU SOU a expressão imaculada do amor sagrado

EU SOU livre...

EU SOU livre...

EU SOU Livre...

EU SOU livre como o meu Pai me criou

Quebro todos os vínculos

com qualquer coisa que me impede a minha ascensão ao coração de Deus

meu Pai

Amparo-me sob a proteção dos Anjos de Bem

para que eu possa agir livremente conforme a minha vontade

que é a vontade de Deus

Liberto-me das invisíveis mãos que me seguram

e retardam e me envolvo na força e na coragem que me trazem a liberdade

Nutro-me do poder do poder do amor

para alcançar a vitória em meus empreendimentos

EU SOU a chama divina

e me estabilizo na força de todo o meu poder de vontade própria

Por isto Eu Afirmo

EU SOU livre

EU SOU livre

EU SOU livre

Eu tenho o vigor da decisão firme na busca da minha libertação,

agora me declaro um ser livre

EU SOU dono da minha vontade

e faço o meu caminho com o auxílio daqueles que me guiam

protetores enviados pelo meu Pai – Deus

EU SOU luz e não admito sombras no raio de aço em que pertenço

Fecho a minha aura

e deixo nela penetrar somente a energia Crística de puro amor

Alio-me aos divinos seres

que trabalham para a fraternidade de todos os meus irmãos

Coloco-me de joelhos

e estendo as minhas mãos em clamor ao Espírito Santo de Deus

Para que Ele envie a mim seus Anjos

para que neste auxilio eu possa ir em direção ao rumo certo da minha libertação

EU SOU livre...

EU SOU livre...

EU SOU livre...

Agora EU SOU livre

Filho da liberdade no Supremo Ser – Deus

Vibro na freqüência do Cristo que interpenetra todos os seres em todos os mundos

Dissolvo em mim as crenças que não fazem parte do meu ser

e Intensifico em mim a força Una do amor Divino

Eu vivo em oração e sinto a harmonia

e sou o Senhor absoluto de minha vontade e dos meus pensamentos

Eu tenho o livre arbítrio de fazer o que eu quiser

por que EU SOU livre

e por isto busco a União com o meu Criador

EU SOU livre

e sei que a garantia da minha liberdade está em meus pensamentos

e atos que respeitam a Lei Suprema

que governa integralmente o pulsar de toda a vida

Eu fui Criado sob as Leis do Amor

e nelas devo permanecer em harmonia

EU SOU filho da força da saúde e da beleza

Deus.

Amada presença de Deus

irradia a vossa luz em meu coração e em meus pensamentos

Liberte meu corpo

e a minha mente de todos os entraves para que eu possa trabalhar em pró -

em pró de todos e em total comunhão com a luz –

Sagrada Eterna

Em nome da Poderosa Presença de quem EU SOU

do meu Santo Cristo Pessoal da energia Cristica que transforma todos na realidade Divina

Elevo minha consciência a Deus -

me purifico e me liberto de todas as energias densas e negativas

Eu Amo a Luz

Eu Sirvo a Luz

Eu Vivo na Luz

Agora e para Sempre ..

Sempre...Sempre... Sempre...

EQUILÍBRIO E HARMONIA - ACENDE A TUA LUZ


ACENDE A TUA LUZ
 
Foto: ACENDE A TUA LUZ 

Acende a Luz do Amor na tua Alma
e espanta as trevas do egoísmo que pouco
a pouco busca degenerar a humanidade.

Acende a Luz do Perdão e deixa que a da tua
alma irradie doces ondas reconciliatórias,
desarticulando planos hediondos de
desestruturação daqueles que devem
marchar unidos na construção
do bem na Terra.

Acende a Luz da Caridade em teu Espírito,
de forma a brilharem as estrelas da esperança
na densa noite dos tempos.

Recorda sempre, principalmente nos
momentos de testemunhos e lutas,
de abrir-te à luz de Deus, que é o único
combustível capaz de manter sempre
acesa a luz da tua fé.

Segue, pois, confiante, na certeza de que
Deus te guia pelos caminhos de Jesus.

Se acenderes a tua Luz Interior,
verás que não segues a sós,
nem tão pouco na escuridão.


Acende a Luz do Amor na tua Alma
e espanta as trevas do egoísmo que pouco
a pouco busca degenerar a humanidade.

Acende a Luz do Perdão e deixa que a da tua
alma irradie doces ondas reconciliatórias,
desarticulando planos hediondos de
desestruturação daqueles que devem
marchar unidos na construção
do bem na Terra.

Acende a Luz da Caridade em teu Espírito,
de forma a brilharem as estrelas da esperança
na densa noite dos tempos.

Recorda sempre, principalmente nos
momentos de testemunhos e lutas,
de abrir-te à luz de Deus, que é o único
combustível capaz de manter sempre
acesa a luz da tua fé.

Segue, pois, confiante, na certeza de que
Deus te guia pelos caminhos de Jesus.

Se acenderes a tua Luz Interior,
verás que não segues a sós,
nem tão pouco na escuridão.

DESENVOLVENDO O CONHECIMENTO - Os Sete Passos, da Libertação do Ego à Iluminação - Mestre Sireus ( Antares )

Os Sete Passos, da Libertação do Ego à Iluminação -
Mestre Sireus ( Antares )


Foto: Os Sete Passos, da Libertação do Ego à Iluminação - 
Mestre Sireus ( Antares )

Na vida carnal, são formados certos “pré-conceitos” e crenças que revelam a manipulação do ego sobre o ser, com acordos internos que existem devido a uma vida cercada de medos, culpas, julgamentos, acompanhando sempre a busca pela satisfação ilusória das suas (do ego) insaciáveis paixões.

Muito falamos sobre o Ego, como “vilão da alma” , que efêmera neste plano, vislumbra através de sucessivas encarnações, a superação, a libertação de suas sombras, mas pouco falamos sobre os 7 Passos transformadores, de iluminação da alma, que são caminhos seguros de avanço sobre o pseudopoder egóico, e que está embasado em 2 princípios nos quais todos devem se sustentar: o Amor e a Perseverança, absolutos no processo de amadurecimento da alma.

Nunca se esqueçam que são criaturas que trazem em si a Chama da Divindade Criadora e o Poder pleno de autoconsagração.

Os sete passos para a transposição dos limites do ego e a iluminação são:

Primeiro Passo:
Reconhecer-se como criatura ainda condicionada a muitos padrões de comportamento voltados apenas para a auto-satisfação.
Estar consciente do Ego (aqui nos referimos à sua expressão sombria) como o supressor da expansão da Luz, gerando uma realidade voltada para conforto da sua insegurança – sim, porque o ego ao qual nos referimos, tudo faz em verdade para tentar preencher o seu vazio sentido de ser.
Apenas este reconhecimento pode deflagrar o movimento para as mudanças, para as transformações.

Segundo Passo:
Uma vez conscientes do processo de controle exercido pelo ego, ou seja, sustentados pela Verdade, podem iniciar o 2º passo para a libertação: A certeza de que todos possuem o Poder para se tornarem o Ser-imagem e prolongamento da Divindade suprema que os gerou.
Este é o passo de sustentação para todos os próximos.
“Tenho consciência de que ainda sou dominado pelos comandos e instintos egóicos (passo 1), e sei que comigo” é “todo o elevado Poder de reformulação, transformação, superação, libertação das minhas egóicas posturas perante a vida (passo 2)”.

Terceiro Passo:
Se sei que tenho o Poder de transformação, de renovação, que sou sustentado em verdade por este Poder. Preciso agir, trabalhar pela minha condição divina.
Neste momento se faz necessário a máxima transparência possível para consigo mesmos, trazendo à tona, sem culpas, as caracteristicas de personalidade que já reconhecem como ego-sustentadas. Quando se propõe um processo de autoconhecimento, é preciso colocar-se sem medo ou julgamentos diante de seus espelhos interiores, e retirar as máscaras uma a uma, até que possam se reconhecer divinos e luminosos.
Portanto o 3º passo consiste no mergulho na sua Verdade, e o início da ação pelo seu aperfeiçoamento.

Quarto Passo:
A prática permanente do “Orai e Vigiai” .
Estar atento às muitas ilusões que dispersam a criatura do seu propósito de manter-se alerta sobre os tentáculos do ego.
Estar preparado para a possibilidade de quedas que não devem abater a sua determinação ‘
Ter perseverança sempre. Acreditar em sua capacidade de elevar-se diante de cada desafio, e de sair de cada experiência, fortalecido em seu projeto de evolução.

Quinto Passo:
- você está consciente do subjugo egóico que sofre (1º passo);
- você reconhece o Poder de transformação e renovação que possui como ser divino que é (2º passo);
- você mergulhou em seu íntimo para conhecer melhor os seus limites e os seus potenciais, e começou a redimensionar a sua vida sob o ponto de vista da consciência (3º passo).
- você “ora e vigia” permanentemente as suas condutas e reações, e sabe que é preciso perseverar, munido da certeza de que a vitória é certa para aquele que se determina a trabalhar por sua elevação (4º passo).
Agora é hora de “ordenar” o seu avanço do ponto de vista da Consciência .
É importante que experimente as mudanças que se consolidaram em seu ser.
O 5º passo é então a hora do íntimo contato com as suas “mudanças” , é o pôr-se em Contemplação de si mesmo e do mundo, , não mais pelo pretensioso ego, mas pela amorosidade da consciência.
É o reconhecimento do seu trabalho; é silenciar para perceber a Luz que já expande. É o momento de ampliação das percepções, da capacidade contemplativa que traz em sua alma. É o momento do autoperdão cedido pela consciência , e do perdão a todo aquele que dele necessitam.
É o momento de confraternização com a vida – ontem movimentada pelo olhar do ego – hoje movimentada pelos sentidos ampliados da consciência em crescente expansão.

Sexto e penúltimo Passo:
É o que chamamos de “Elevação dos sensores conscienciais a níveis puramente contemplativos".
Quando o ser experimenta mais intimamente a elevação de seus padrões vibracionais, uma maior sutileza de seu ser, algo que ocorre naturalmente durante o processo de clarificação da mente e queda das ilusões, se inicia uma nova fase: a de contemplação pura, virtude da consciência que se encontra liberta dos véus egoicos que a impediam de experimentar este Poder.
Segundo reflexões cedidas pelos seres transcendidos de todos os aspectos egóicos, a contemplação se processa exclusivamente ao nível da consciência, quando se cede ao momento presente sem se deixar limitar por dispersões temporais, e vivencia-o atemporalmente.
É um estado de beleza singular, posto que a alma cruza os Portais que a levam a expansão progressiva da Consciência, da Luz.

Sétimo Passo:
Trilhado os 6 passos, o 7º conduz o ser ao seu Céu de Luz, a iluminação, quando a Consciência se integra ao Todo de modo pleno, unindo-se a sua Presença Divina de forma pura, volvida pelo campo etérico tomado por diversas denominações : Ser Supremo, Grande Luz, Fonte Geradora, Deus, o Criador.

É importante estarem lúcidos de que todos os seres, Sopros que são da Divina Luz , alcançarão a iluminação.
No entanto o ritmo, o tempo em que percorrerão este caminho, não é igual ou predeterminado para todos, pois criados foram sustentados pela livre condução de suas vidas.
A vida, como um grande leque de oportunidades que se abre ao longo do caminho, é parceira segura da alma, e trabalha sempre a favor de sua elevação, de seu avanço como ser cósmico, universal que é em essência, criado para a felicidade.

Está na verdadeiro Princípio da alma, o dom de iluminar-se.
Respaldado nesta assertiva podemos concluir que reside também no seu íntimo o momento de despertar, reforçado pela colaboração das suas programações existenciais.

Reflitam sobre este conteúdo e repartam conosco, seres a serviço da elevação da Consciência, as suas dúvidas, que a Providência Celestial enviará as respostas que se fizerem conhecidas por nossa Consciência, orientadas sempre pela Luz.

Mestre Sireus
Canalizado por Conexões de Luz

Na vida carnal, são formados certos “pré-conceitos” e crenças que revelam a manipulação do ego sobre o ser, com acordos internos que existem devido a uma vida cercada de medos, culpas, julgamentos, acompanhando sempre a busca pela satisfação ilusória das suas (do ego) insaciáveis paixões.

Muito falamos sobre o Ego, como “vilão da alma” , que efêmera neste plano, vislumbra através de sucessivas encarnações, a superação, a libertação de suas sombras, mas pouco falamos sobre os 7 Passos transformadores, de iluminação da alma, que são caminhos seguros de avanço sobre o pseudopoder egóico, e que está embasado em 2 princípios nos quais todos devem se sustentar: o Amor e a Perseverança, absolutos no processo de amadurecimento da alma.

Nunca se esqueçam que são criaturas que trazem em si a Chama da Divindade Criadora e o Poder pleno de autoconsagração.

Os sete passos para a transposição dos limites do ego e a iluminação são:

Primeiro Passo:
Reconhecer-se como criatura ainda condicionada a muitos padrões de comportamento voltados apenas para a auto-satisfação.
Estar consciente do Ego (aqui nos referimos à sua expressão sombria) como o supressor da expansão da Luz, gerando uma realidade voltada para conforto da sua insegurança – sim, porque o ego ao qual nos referimos, tudo faz em verdade para tentar preencher o seu vazio sentido de ser.
Apenas este reconhecimento pode deflagrar o movimento para as mudanças, para as transformações.

Segundo Passo:
Uma vez conscientes do processo de controle exercido pelo ego, ou seja, sustentados pela Verdade, podem iniciar o 2º passo para a libertação: A certeza de que todos possuem o Poder para se tornarem o Ser-imagem e prolongamento da Divindade suprema que os gerou.
Este é o passo de sustentação para todos os próximos.
“Tenho consciência de que ainda sou dominado pelos comandos e instintos egóicos (passo 1), e sei que comigo” é “todo o elevado Poder de reformulação, transformação, superação, libertação das minhas egóicas posturas perante a vida (passo 2)”.

Terceiro Passo:
Se sei que tenho o Poder de transformação, de renovação, que sou sustentado em verdade por este Poder. Preciso agir, trabalhar pela minha condição divina.
Neste momento se faz necessário a máxima transparência possível para consigo mesmos, trazendo à tona, sem culpas, as caracteristicas de personalidade que já reconhecem como ego-sustentadas. Quando se propõe um processo de autoconhecimento, é preciso colocar-se sem medo ou julgamentos diante de seus espelhos interiores, e retirar as máscaras uma a uma, até que possam se reconhecer divinos e luminosos.
Portanto o 3º passo consiste no mergulho na sua Verdade, e o início da ação pelo seu aperfeiçoamento.

Quarto Passo:
A prática permanente do “Orai e Vigiai” .
Estar atento às muitas ilusões que dispersam a criatura do seu propósito de manter-se alerta sobre os tentáculos do ego.
Estar preparado para a possibilidade de quedas que não devem abater a sua determinação ‘
Ter perseverança sempre. Acreditar em sua capacidade de elevar-se diante de cada desafio, e de sair de cada experiência, fortalecido em seu projeto de evolução.

Quinto Passo:
- você está consciente do subjugo egóico que sofre (1º passo);
- você reconhece o Poder de transformação e renovação que possui como ser divino que é (2º passo);
- você mergulhou em seu íntimo para conhecer melhor os seus limites e os seus potenciais, e começou a redimensionar a sua vida sob o ponto de vista da consciência (3º passo).
- você “ora e vigia” permanentemente as suas condutas e reações, e sabe que é preciso perseverar, munido da certeza de que a vitória é certa para aquele que se determina a trabalhar por sua elevação (4º passo).
Agora é hora de “ordenar” o seu avanço do ponto de vista da Consciência .
É importante que experimente as mudanças que se consolidaram em seu ser.
O 5º passo é então a hora do íntimo contato com as suas “mudanças” , é o pôr-se em Contemplação de si mesmo e do mundo, , não mais pelo pretensioso ego, mas pela amorosidade da consciência.
É o reconhecimento do seu trabalho; é silenciar para perceber a Luz que já expande. É o momento de ampliação das percepções, da capacidade contemplativa que traz em sua alma. É o momento do autoperdão cedido pela consciência , e do perdão a todo aquele que dele necessitam.
É o momento de confraternização com a vida – ontem movimentada pelo olhar do ego – hoje movimentada pelos sentidos ampliados da consciência em crescente expansão.

Sexto e penúltimo Passo:
É o que chamamos de “Elevação dos sensores conscienciais a níveis puramente contemplativos".
Quando o ser experimenta mais intimamente a elevação de seus padrões vibracionais, uma maior sutileza de seu ser, algo que ocorre naturalmente durante o processo de clarificação da mente e queda das ilusões, se inicia uma nova fase: a de contemplação pura, virtude da consciência que se encontra liberta dos véus egoicos que a impediam de experimentar este Poder.
Segundo reflexões cedidas pelos seres transcendidos de todos os aspectos egóicos, a contemplação se processa exclusivamente ao nível da consciência, quando se cede ao momento presente sem se deixar limitar por dispersões temporais, e vivencia-o atemporalmente.
É um estado de beleza singular, posto que a alma cruza os Portais que a levam a expansão progressiva da Consciência, da Luz.

Sétimo Passo:
Trilhado os 6 passos, o 7º conduz o ser ao seu Céu de Luz, a iluminação, quando a Consciência se integra ao Todo de modo pleno, unindo-se a sua Presença Divina de forma pura, volvida pelo campo etérico tomado por diversas denominações : Ser Supremo, Grande Luz, Fonte Geradora, Deus, o Criador.

É importante estarem lúcidos de que todos os seres, Sopros que são da Divina Luz , alcançarão a iluminação.
No entanto o ritmo, o tempo em que percorrerão este caminho, não é igual ou predeterminado para todos, pois criados foram sustentados pela livre condução de suas vidas.
A vida, como um grande leque de oportunidades que se abre ao longo do caminho, é parceira segura da alma, e trabalha sempre a favor de sua elevação, de seu avanço como ser cósmico, universal que é em essência, criado para a felicidade.

Está na verdadeiro Princípio da alma, o dom de iluminar-se.
Respaldado nesta assertiva podemos concluir que reside também no seu íntimo o momento de despertar, reforçado pela colaboração das suas programações existenciais.

Reflitam sobre este conteúdo e repartam conosco, seres a serviço da elevação da Consciência, as suas dúvidas, que a Providência Celestial enviará as respostas que se fizerem conhecidas por nossa Consciência, orientadas sempre pela Luz.

Mestre Sireus

Dicas Terapêuticas - Pilates bom para o corpo e melhor ainda para o espirio!!


Pilates
bom para o corpo e melhor ainda para o espirio!!
 
 Foto: Dicas Terapêuticas
Pilates 
bom para o corpo e melhor ainda para o espirio!!

O que é o Pilates 

O pilates surgiu através de um auto treinamento que foi se desenvolvendo até ser utilizado como um esporte cheio de benefícios para outras pessoas. O desenvolvedor do pilates, chamado de Joseph H. Pilates foi nadador, ginasta, boxeador e artista circense e durante a primeira guerra mundial, Pilates trabalhou a reabilitação física dos mutilados e feridos em combate e foi nesta época que houve o desenvolvimento do seu trabalho com aparelhos e esses aparelhos eram camas hospitalares, as quais eram adaptadas para a prática dos exercícios.
Em 1940, em Nova York, o Pilates ficou muito famoso com o seu trabalho de reabilitação e condicionamento físicos voltados para bailarinos profissionais, passando a se tornar o método utilizado até os dias atuais, nas modalidades de solo, aparelhos e bola.
O pilates traz diversas funções ao organismo e é indicado como terapia para a reabilitação de diversos problemas de correção postural e ortopédicos, além de aumentar o desenvolvimento da percepção corporal e o equilíbrio, aumentando o condicionamento corporal e estético, trazendo ótimos resultados para o corpo.
Por isso, está sendo muito procurada pelas pessoas para manter o equilíbrio físico e mental. Se o praticante busca uma forma de fortalecer o corpo e não benefícios estéticos, o pilates pode substituir a musculação, pois os exercícios exigem um esforço nos grupos musculares recrutados e também em outras regiões que também são exercitados para ajudar a estabilizar o corpo, porém se o seu objetivo for ganhar massa muscular, o ideal é a musculação.
O pilates possui um sistema de exercícios físicos que tem a capacidade de promover o equilíbrio entre o corpo e a mente, além de fortalecer as articulações, músculos, melhorar a flexibilidade do corpo, respiração, fluência dos movimentos, concentração e alinhamento do corpo.

Os exercícios de pilates ensinam a consciência da respiração, alinhamento da coluna vertebral e fortalecimento dos músculos dorsais profundos, pois os exercícios feitos no pilates foca a postura, ajudando a mantê-la o corpo equilibrado e com isso aliviam e previnem as dores nas costas através da prática de uma série de movimentos realizados com o corpo, permitindo o condicionamento completo do corpo, treinando a força, tônus, controle motor, fortalecimento dos músculos da coluna, alívio da dor e realinha o corpo, por isso, é muito indicada para pessoas que sofrem de hérnia de disco e outros problemas de coluna.
Os exercícios também trabalham os músculos menores do quadril e ombro e por serem menores podem causar sérios problemas nos ombros, pé, punho, bursites, dores crônicas, estresse, tendões, joelho, tornozelo, contusões e nervos ciáticos.
Ajudam ainda a relaxar o corpo e os exercícios realizados em aparelhos ajudam no auxílio ao emagrecimento e na tonificação do corpo e junto com a prática é indicado controlar a respiração e contrair bem o abdômen sempre, além de ficar sempre a postura correta, contribuindo assim para a saúde, por isso, crie o hábito de praticar pilates pelo menos duas vezes por semana e depois de algumas sessões você já conseguirá sentir a diferença em sua qualidade de vida.

O que é o Pilates

O pilates surgiu através de um auto treinamento que foi se desenvolvendo até ser utilizado como um esporte cheio de benefícios para outras pessoas. O desenvolvedor do pilates, chamado de Joseph H. Pilates foi nadador, ginasta, boxeador e artista circense e durante a primeira guerra mundial, Pilates trabalhou a reabilitação física dos mutilados e feridos em combate e foi nesta época que houve o desenvolvimento do seu trabalho com aparelhos e esses aparelhos eram camas hospitalares, as quais eram adaptadas para a prática dos exercícios.
Em 1940, em Nova York, o Pilates ficou muito famoso com o seu trabalho de reabilitação e condicionamento físicos voltados para bailarinos profissionais, passando a se tornar o método utilizado até os dias atuais, nas modalidades de solo, aparelhos e bola.
O pilates traz diversas funções ao organismo e é indicado como terapia para a reabilitação de diversos problemas de correção postural e ortopédicos, além de aumentar o desenvolvimento da percepção corporal e o equilíbrio, aumentando o condicionamento corporal e estético, trazendo ótimos resultados para o corpo.
Por isso, está sendo muito procurada pelas pessoas para manter o equilíbrio físico e mental. Se o praticante busca uma forma de fortalecer o corpo e não benefícios estéticos, o pilates pode substituir a musculação, pois os exercícios exigem um esforço nos grupos musculares recrutados e também em outras regiões que também são exercitados para ajudar a estabilizar o corpo, porém se o seu objetivo for ganhar massa muscular, o ideal é a musculação.
O pilates possui um sistema de exercícios físicos que tem a capacidade de promover o equilíbrio entre o corpo e a mente, além de fortalecer as articulações, músculos, melhorar a flexibilidade do corpo, respiração, fluência dos movimentos, concentração e alinhamento do corpo.

Os exercícios de pilates ensinam a consciência da respiração, alinhamento da coluna vertebral e fortalecimento dos músculos dorsais profundos, pois os exercícios feitos no pilates foca a postura, ajudando a mantê-la o corpo equilibrado e com isso aliviam e previnem as dores nas costas através da prática de uma série de movimentos realizados com o corpo, permitindo o condicionamento completo do corpo, treinando a força, tônus, controle motor, fortalecimento dos músculos da coluna, alívio da dor e realinha o corpo, por isso, é muito indicada para pessoas que sofrem de hérnia de disco e outros problemas de coluna.
Os exercícios também trabalham os músculos menores do quadril e ombro e por serem menores podem causar sérios problemas nos ombros, pé, punho, bursites, dores crônicas, estresse, tendões, joelho, tornozelo, contusões e nervos ciáticos.
Ajudam ainda a relaxar o corpo e os exercícios realizados em aparelhos ajudam no auxílio ao emagrecimento e na tonificação do corpo e junto com a prática é indicado controlar a respiração e contrair bem o abdômen sempre, além de ficar sempre a postura correta, contribuindo assim para a saúde, por isso, crie o hábito de praticar pilates pelo menos duas vezes por semana e depois de algumas sessões você já conseguirá sentir a diferença em sua qualidade de vida.