quarta-feira, 16 de julho de 2014

PENSAMENTOS, POESIAS E REFLEXÕES - Eu JÁ morri muitas Vezes. E AINDA da Vida Que tenho Mais Medo ...

Eu JÁ morri muitas Vezes. E AINDA da 

Vida  Que tenho Mais Medo ...


Dorme, meu amor,  Que O Mundo JÁ Viu Morrer Mais Este dia  e eu ESTOU Aqui,  de guarda AOS Pesadelos.
Fecha OS Olhos ágora e sossega - o Pior JÁ HÁ Passou Muito ritmo; eo Vento amaciou;  ea Minha Mão desvia OS Passos do Medo.
Dorme, meu amor - a morte ESTA Deitada soluçar o Lençol da terra Onde nasceste e PODE Levantar-se Como hum Pássaro ASSIM Opaco adormeceres. Mas temas Nada: como SUAS asas de sombra Localidade: Não hao-de derrubar-me - eu JÁ morri muitas Vezes E E AINDA da Vida Que tenho Mais Medo
Fecha OS Olhos ágora e sossega - a porta Trancada ESTA; e Os Fantasmas   da Casa Que O Jardim devorou ​​Andam Perdidos NAS Brumas Opaco lancei AO Caminho.
Por ISSO, dorme, meu amor, larga a tristeza à porta do Meu Corpo e temas Nada: eu JÁ Ouvi o Silêncio, JA vi a Escuridão, JA olhei a morte debruçada Nos Espelhos e ESTOU Aqui, de guarda AOS Pesadelos - A Noite E hum poema Que conheço de cor e Vou cantar-te ATÉ adormeceres.  
(Maria do Rosário Pedreira