segunda-feira, 25 de julho de 2016

DESPERTANDO O CONHECIMENTO - BONSAI, A NATUREZA DENTRO DE CASA - A filosofias de vida e longevidade

BONSAI, A NATUREZA DENTRO DE CASA


Os moradores de grandes centros urbanos costumam buscar dentro de casa um contato maior com a natureza. Junto com flores e plantas tradicionais, alguns recorrem à filosofia oriental e adotam o bonsai para enfeitar o ambiente.
A palavra bonsai significa "cultivado em bandeja". Ou seja, são pequenas árvores plantadas em bandejas ou vasos. O cultivo tem como foco fazer uma réplica em miniatura de árvore natural.
O bonsai é originário da China e muito divulgado pelos japoneses, mas há indícios de que médicos indianos utilizavam bonsais para carregar plantas medicinais em suas visitas clínicas.
Mesmo em miniatura, as árvores geram frutos e flores do tamanho natural. Seu tamanho varia de 5 a 120 centímetros, por causa das constantes podas realizadas nas raízes e nas copas, além do espaço limitado para que elas cresçam.
O paisagista Rui Fukushima, responsável pela paisagem na Exposição de maquetes Templos e Palácios Japoneses no Palácio do Governo de São Paulo em comemoração ao Centenário da Imigração Japonesa, explica que ter um bonsai é uma maneira de trazer a natureza para dentro de casa, assim como com o Ikebana e o Jardim Japonês, outras artes orientais.
"São filosofias de vida e longevidade. É um modo de trazer para dentro da casa aquilo que você não pode conseguir na natureza. Se você gosta de uma árvore muito bonita, pode trazer aquela imagem para sua casa com um bonsai. É para ter o verde em casa, ter o que você admira na natureza perto de você", diz.
Bonsai é uma árvore em miniatura resultante da criação humana. É considerada uma arte, onde são necessárias técnicas e habilidades para confeccionar um trabalho tão detalhista e que transmite verdadeiramente através das replicas, uma perfeita imagem de uma paisagem natural.


Bomsai. Foto: Sukpaiboonwat / Shutterstock.com

A palavra bonsai em japonês significa "uma planta em uma bandeja" que traduz perfeitamente a relação entre o bonsai e seu recipiente que deve ser harmoniosa. O Bonsai capta a verdadeira essência da natureza da árvore dentro de um vaso.
Acredita-se que o bonsai tenha se originado na China durante a Dinastia Tang, devido à presença de pinturas em tumbas chinesas que mostravam árvores sob vasos rasos semelhantes aos bonsais.
Existem vários estilos de bonsais que representam árvores contra o vento, árvores grandiosas, árvores com trocos ramificados, entre outros.

Os estilos mais conhecidos de bonsais estão relacionados abaixo:
Cascata (Han-Kengai, Kengai): Este tipo de bonsai simula uma árvore solitária, fixa na beira de um penhasco. Nesta arte é necessário um vaso mais fundo para manter o equilíbrio do peso existente neste formato.
Ereto (Chokkan): É o estilo tradicional de bonsai, com a presença de um único tronco reto e galhos dispostos em três sob formato triangular.
Moyogi: É o estilo de Bonsai que apresenta uma silhueta reta, podendo ter troncos e galhos sinuosos.
Inclinado (Shakan, Fukinagashi): Este tipo de bonsai é caracterizado por um tronco inclinado que cresce formando um ângulo de 45 graus com a base da árvore.

Literati (Bunjin, Bunjingi): É um estilo que tem como objetivo representar uma antiga caligrafia chinesa, sendo o ponto central deste tipo de bonsai, no tronco e em suas curvas.
Vassoura (Hokidachi): Neste estilo de bonsai todos os galhos são oriundos a partir de um tronco vertical, onde as folhagens adquirem uma simetria em meia lua.
Paisagem (Saikei): Este tipo de bonsai cria paisagens em miniaturas com vários elementos como grama, pedras, musgos e água.
Planta sobre pedra (Sekijoju, Ishitsuki): É um estilo onde as raízes retorcidas da árvore ficam ao redor ou sobre pedras.
Multiformato (Sokan, Kabudachi, Ikada, Yose-ue): Neste estilo são plantados grupos de árvores em um mesmo vaso, cultivadas em número ímpar que favorece a harmonia do grupo. Formam aparências de bosques ou florestas.
Um bonsai que leva cuidados adequados vive por vários anos, sendo muito comum serem passados de gerações e gerações entre membros de uma família.
Um dos bonsais mais velhos do mundo está presente no Museu Nacional de Bonsai e Penjing localizado no estado de Washington, nos Estados Unidos. É um pinheiro branco com aproximadamente 400 anos de idade que comprova que algumas espécies de bonsais quando bem cuidadas podem viver muitos anos.

Bonsai-Árvores em bandeja ou vaso onde BON é vaso e SAI é Planta ou árvore arte.
          Os Chineses foram os primeiros a plantar árvores em vasos(em 200 dc). Uma obra de arte feita pelo homem que encanta pela  beleza e pela perfeição em reproduzir na totalidade uma árvore em uma miniatura de árvore.
         A reprodução perfeita desde as características dos galhos e do crescimento de uma árvora maior.
        Temos dois métodos de cultivar Bonsai, o Misho, feito a partir de sementes, e o Yamadore, que são mudas colhidas na natureza, que devem ser de caule curto e mudas bem novas para poder ser moldada.
Como fazer o controle do crescimento:
  • A restrição do crescimento de um Bonsai se dá pelo vaso utilizado.
  • Poda das raízes que devem ser feitas no inverno (época de dormência da planta), com troca de substrato, sempre pensando na espécie e idade da planta.
  • Adubagem feita com adubos com menosquantidade de nitrogênio (que favorecem o crescimento do caule e folhas).
  • Regas moderadas, só quando a terra estiver seca, e não úmida.
          O tamanho geral do Bonsai varia de 5 a 80 cm. O Shohin tem em média 25 cm. O Nano tem em média 7 cm.
Estilos de Bonsai:
  • Chokan – Ereto formal – com tronco reto, ramos simétricos ebalanceados.
  • Moyogi – Ereto informal – tronco sinuoso.
  • Shakan – Estilo inclinado – Tronco reto ou ligeiramente sinuoso, inclinado em uma direção.
  • Kengai – estilo cascata – se dirige para fora da lateral do vaso e se movimenta para baixo.
  • Han-Kengai – Estilo semi-cascata.
  • Fu kin agashi – tronco e ramos inclinado como que desenhado pela força do vento.
Cultivo e cuidados  – Ao plantar um Bonsai, deve-se podar as raízes e galhos secos com tesoura bem afiada, pensando já na forma que deseja dar ao Bonsai e procurando igualar a proporção entre os galhos e raízes. Acomodar as raízes no vaso e acrescentar terra apertando com os dedos. Se necessário colocar um apoio por uns 5 meses.
Manter a planta a meia sombra, ao abrigo dos raios solares e vento.
Regar 2 vezes ao dia por 3 meses até a planta pegar realmente.
Temos ainda dois métodos de cultivo de mudas. O Sashiki, por estacas e galhos e o Alporquia, forçando o crescimento de raízes em um determinado local de um galho ou tronco de árvore natural.
Dica – A Azaléia da um lindo e florido Bonsai.
Existem Bonsai’s de 1m, na qual as árvores são difíceis de se podar, como o Pau Brasil, ou uma trepadeira chamada Bougainvillea, mais conhecida como Primavera ou Três Marias que fica bonita se grande, uns 80cm.
Referências Bibliográficas:
http://ubuia.com/index_arquivos/Bonsai.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/Bonsai
http://www.dicasdebonsai.com.br/ntc/default.asp?Cod=7
http://aidobonsai.wordpress.com/tag/a-historia-do-bonsai/