terça-feira, 14 de outubro de 2014

SAÚDE E EQUILIÍBRIO - Maconha atrapalha o desenvolvimento do cérebro do jovem

Maconha atrapalha o desenvolvimento do cérebro do jovem








Este artigo é muito interessante,  eu já conheci  jovens que são usuários da maconha e não conseguiram fazer a faculdade, não conseguem mais memorizar, apresentam alterações de humor, agressividade ou indiferença, não conseguem viver em paz com a família, não aceita regras e nem limites, busca no grupo de amigos acolhimento; mas há alguns que sobrevivem, mas perdem a agilidade de raciocínio, memória, concentração ,  equilibrio emocional , mas os jovens não sabem...

Vá até a escola do seu filho e  procure saber se há palestras e debates sobre o tema.O jovem quando entra no ginásio pode ser convencido ao uso da droga, principalmente aqueles que são mais tímidos, e arredios, gordinhos e  são induzidos ao vício para serem aceitos no grupo.

 As escolas não falam, a mídia  não divulga, e os nossos filhos, netos, sobrinhos, irmãos, amigos entram no mundo das drogas -  álcool , maconha que venenos para o cérebro e para a mente e são  muito poderosos para atrofiar o cérebro e alterar a área do censo moral, da empatia, e do senso crítico.

Muitos jovens com o uso das drogas tornam-se outra pessoa , não é mais aquele menino...  de antes., olha para a família de maneira diferente e sente que não pertence mais ao seu mundo familiar e há muitos jovens que não conseguem largar o vício e a maconha é a porta de entrada de drogas mais pesadas. Salve o futuro do seu filho , do seu irmão a prevenção é a nossa arma.


Maconha atrapalha o desenvolvimento do cérebro


Um estudo descobriu novos efeitos da maconha no cérebro de jovens ou adultos que façam uso da substância: Eles têm maiores chances de ter problemas no desenvolvimento do cérebro.
Analisando imagens de tomografias, cientistas perceberam anormalidades nas áreas do cérebro responsáveis pelo armazenamento de memórias, pela linguagem e pelas habilidades físicas.
·                        

As descobertas sobre estes efeitos da maconha são preocupantes, pois o uso damaconha é mais recorrente em adolescentes, fase em crucial para o desenvolvimento e amadurecimento do órgão.
“As fotos de cérebros de usuários e de pessoas que nunca chegaram perto da droga foram comparadas. Nosso estudo revelou danos críticos nos cérebros de usuários recorrentes da cannabis (maconha), e em regiões muito importantes do cérebro” declarou um dos autores da pesquisa que revelou as descobertas, Manzar Ashtari, do Hospital da Filadélfia, nos EUA.
Mesmo assim, os resultados são considerados “preliminares” – ainda mais pesquisa é necessária para poder afirmar essas descobertas com certeza.

·                       Fumar maconha encolhe áreas do cérebro
De acordo com Ashtari o estudo envolveu um pequeno número de voluntários. Dos 14 usuários de maconha, 5 tinham histórico de alcoolismo, o que pode ter contribuído, também, para o resultado. Outra hipótese é que, talvez, as anormalidades no cérebro dos pacientes tenham causado essa predisposição para o consumo de drogas.
“Mesmo assim, os resultados que conseguimos já reforçam a idéia de que jovens devem permanecer afastados das drogas, além das razões óbvias, por causa do desenvolvimento neural que acontece nessa idade” 



comentou Ashtari. [Live Science] Hyperciencie.com