quarta-feira, 23 de julho de 2014

PENSAMENTOS, POESIAS E REFLEXÕES - ENCONTRO DE ALMAS (Jalal Ud-Din Rumi)

ENCONTRO DE ALMAS 





ENCONTRO DE ALMAS


Vem,

Conversemos através da alma.

Revelemos o que é secreto aos olhos e ouvidos.

Sem exibir os dentes,

Sorri comigo, como um botão de rosa.

Entendamo-nos pelos pensamentos,
Sem língua, sem lábios.

Sem abrir a boca,

Contemo-nos todos os segredos do mundo,

Como faria o intelecto divino.

Fujamos dos incrédulos,

Que só são capazes de entender

Se escutam palavras e veem rostos.

Ninguém fala para si mesmo em voz alta.

Já que somos todos um,

Falemos desse outro modo.

Como podes dizer à tua mão: "toca",

Se todas as mãos são uma?

Vem, conversemos assim.

Os pés e as mãos conhecem o desejo da alma.

Fechemos, pois, a boca e conversemos
 
através da alma.


Só a alma conhece o destino de tudo, passo a passo.

Vem, se te interessas, posso mostrar-te.

(Texto extraído do livro "Poemas Místicos" - Editora Attar.)

- Nota de Wagner Borges: Jalal Ud-Din Rumi foi um brilhante poeta sufi queviveu no século 13, na antiga cidade persa de Balkh, onde hoje é oAfeganistão. É considerado como um dos grandes poetas místicos da
antiguidade. Seus escritos exalam aquele perfume espiritual que só o coraçãoreconhece. Para ele, Deus não era apenas o Senhor, mas “O Amado”. Ler os seus lindos poemas cheios de amor pelo Eterno é uma honra e uma inspiração.