terça-feira, 27 de junho de 2017

DICAS TERAPÊUTICAS - Como Fazer Drenagem Linfática em Casa Passo a Passo

como fazer drenagem linfática em casa.

Resultado de imagem para Os benefícios da drenagem linfática: Veja como fazer a automassagem em casa

A massagem conhecida como drenagem linfática é uma das técnicas mais conhecidas para tornar o funcionamento do sistema linfático mais eficaz. O objetivo da técnica é fazer com que os vasos distribuídos pelo corpo, que compõem o sistema linfático, consiga trabalhar com mais rapidez para eliminar as toxinas presentes no organismo.
Se você gostou da ideia, mas não tem como incluir esse procedimento estético no seu orçamento, pode comemora. Nesta matéria você vai descobrir como fazer drenagem linfática em casa.
Obviamente que as massagens realizadas por profissionais tendem a oferecer resultados mais eficazes, mas a massagem em casa também ajuda.
como fazer drenagem linfática em casa
Abaixo explicaremos o passo a passo para conseguir estimular o seu sistema linfático alcançando bons resultados.
O seu corpo pode trabalhar com mais eficiência com alguma ajuda. Continue lendo e não deixe de fazer esse passo a passo, essa é a sua chance de ter um corpo mais delineado.

Efeitos positivos da drenagem linfática

Trata-se de uma massagem que ajuda a eliminar o inchaço do corpo causado por retenção de líquidos e pelo acúmulo de toxinas.
Além disso, contribui para amenizar a aparência da celulite e melhora o sistema imunológico. Pode ser o que estava faltando para tornar o seu dia a dia mais pleno.

Como fazer drenagem linfática em casa – Passo a passo

 


Resultado de imagem para Os benefícios da drenagem linfática: Veja como fazer a automassagem em casa

Passo 1 – Preparação

O seu corpo deve estar preparado para receber a massagem linfática e assim conseguir os melhores resultados.
Antes de iniciar a drenagem é interessante estimular a pele com toques circulares como se fosse uma massagem de relaxamento especialmente na região abdominal e das coxas.
Na sequência você deverá deitar com um apoio sob as pernas de maneira que elas fiquem mais alto em relação ao resto do corpo. Isso faz com que a circulação sanguínea aumente e dê retorno do sangue venoso.
Permaneça nessa posição por uns 15 minutos antes de iniciar a massagem linfática em casa.

Passo 2 – Banho relaxante

Para ajudar a drenagem ser mais eficiente, é interessante tomar um banho com água morna que melhora a vasodilatação.
Você perceberá que durante a massagem seu corpo estará mais relaxado e assim não sentirá incomodo.

Passo 3 – Bambu

Os dermatologistas que realizam esse tipo de procedimento, enfatizam que o melhor objeto para fazer pressão sob os pontos importantes é o bambu.
Contudo, se você quiser pode usar somente as mãos ou outros objetos como cabos de escovas, esponjas, pincel entre outros.
O mais importante é evitar objetos pontiagudos e que possam machucar. Lembre-se ainda que drenagem linfática não é força e sim jeito para fazer pressão nos pontos certos.

Passo 4 – Use cremes

Os cremes têm como principal função ajudar no deslize do bambu, mãos ou outro objeto que esteja sendo usado para fazer pressão.
Observe ainda que cremes e até mesmo óleos ajudam a reduzir o atrito que pode acontecer do objeto com os pelos especialmente nos homens.
Pode ser interessante usar cremes que tenham ativos próprios para melhorar a circulação no corpo. Para quem está querendo reduzir o aspecto da celulite é interessante procurar por cremes com ativos como:
  • guaraná,
  • cavalinha,
  • ginko biloba.

 Passo 5 – Onde fazer pressão


A drenagem linfática em casa pode ser feita nas seguintes regiões:
  • nos membros superiores até alcançar as axilas;
  • nos membros inferiores até alcançar a virilha;
  • tronco e no rosto.
Todas essas regiões do corpo têm gânglios linfáticos de maneira que oferecem a possibilidade de estímulo bem sucedido para eliminar a retenção de líquidos.
A forma como os movimentos serão realizados também é essencial para ter bons resultados.
Não é necessário aplicar muita força, uma boa drenagem não deixa marcas na pele. Quem tem problemas, como varizes, deve evitar fazer movimentos muitos vigorosos sobre a pele.
Os movimentos devem ser circulares sempre mantendo o polegar em direção dos seus vasos linfáticos.
Um movimento bem interessante é aquele em que mão fica na forma de concha e vai descendo pela pele em movimentos lentos e compassados.

Passo 6 – Escolha horário noturno

Para ter sucesso na drenagem linfática em casa, é interessante escolher um horário noturno. Esse horário é interessante porque permite que o corpo libere toxinas, bem como remova os líquidos do corpo.
Também é bom porque ajuda o corpo a ficar mais bem preparado para descansar eficazmente.

Passo 7 – Frequência

Essa massagem, quando feita com leveza, pode ser realizada todos os dias. O mais indicado é fazer drenagem linfática em casa três vezes por semana.
Os resultados poderão ser vistos depois de algum tempo de ter aderido a essa prática.

Veja como fazer a automassagem em casa


Resultado de imagem para Os benefícios da drenagem linfática: Veja como fazer a automassagem em casa

Uma massagem localizada pode realizar verdadeiros milagres para a beleza feminina. Reduzir medidas, combater o inchaço, retardar o envelhecimento e melhorar o aspecto da celulite são apenas alguns exemplos dos benefícios da drenagem linfática.

Vantagens que vão além da beleza
Faz parte da sabedoria popular que o sistema linfático é peça-chave para a produção das células de defesa

A fisioterapeuta Ana Hara, em seu livro Vá se Drenar (Ed. Matrix), garante que a drenagem vai muito além da estética: ela ajuda a combater dores de cabeça, insônia, rinite e sinusite, combate os radicais livres, estimular o organismo a se defender de alergias e outros desconfortos.

Sistema que filtra as impurezas
O sistema linfático é responsável por eliminar as toxinas do corpo e do sistema sanguíneo. "Linfa" é o nome dado ao fluido que circula nos vasos linfáticos e contém água, ureia, linfócitos (células que conferem imunidade), sais e proteínas.


"Os vasos sanguíneos liberam sangue entre os tecidos, oxigenando-os e nutrindo-os. Os vasos linfáticos reabsorvem parte desse líquido excedente, já com resíduos metabólicos, toxinas que o organismo desprezou e eliminou", esclarece a dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia Carolina Marçon.

Portanto, depois que os tecidos metabolizaram os componentes sanguíneos responsáveis pela produção de energia, a linfa é o fluido que sobra. "A perfeita drenagem desse líquido impede edemas (inchaços) e retenção excessiva e ainda tem função de defesa imunológica. A drenagem linfática facilita esse processo, acelerando-o", enfatiza.


Drenagem linfática é a massagem da vez!
A drenagem é uma massagem que reduz o inchaço do corpo. As manobras ajudam na eliminação de líquidos que extravasam dos vasos e ficam acumulados nos tecidos. "Os movimentos devem ser suaves e lentos, seguindo o trajeto do sistema linfático e fazendo com que esse líquido retido seja inserido nos vasos linfáticos e posteriormente eliminado através do sistema urinário", orienta a dermatologista.


Para fazer em casa
Para evitar o acúmulo do líquido que leva as impurezas do corpo para as células é preciso realizar a drenagem pelo menos uma vez na semana, já que ativa as glândulas e as colocam em pleno funcionamento.
Investir em massagens com um profissional qualificado é o mais indicado, mas se você prefere ter esse cuidado em casa, a fisioterapeuta Ana aconselha a realizar pequenos procedimentos antes ou depois do banho e com o corpo devidamente hidratado. Confira algumas dicas e veja como fazer alguns movimentos da massagem no abdome:




Colaborou: Júlia Prado / Ilustrações: Ricardo Avancini