segunda-feira, 13 de março de 2017

ELVAÇÃO ESPIRITUAL - RAIVA E DESAMPARO: UMA REORGANIZAÇÃO DIVINA

RAIVA E DESAMPARO: UMA REORGANIZAÇÃO DIVINA


Resultado de imagem para ELEVAÇÃO ESPIRITUAL - RAIVA E DESAMPARO: UMA REORGANIZAÇÃO DIVINA

MUITOS PENSAM QUE A RAIVA É UM INSTINTO FUNDAMENTAL RELACIONADO COM O SER HUMANO, E ESTA PERCEPÇÃO É TANTO CORRETA, QUANTO INCORRETA. A RAIVA É UMA CONSEQUÊNCIA DA NECESSIDADE DO EGO DE CRIAR A AUTO-PROTEÇÃO, UMA VEZ QUE A PROTEÇÃO DIVINA NÃO MAIS PARECIA ESTAR DISPONÍVEL OU PRESENTE.

O EGO, INSTITUÍDO COMO O AGENTE INTERNO DA AUTOPROTEÇÃO E DO AUTOCONTROLE, QUANDO CONFRONTADO COM O DESAMPARO, PROCURA RECUPERAR O PODER E O CONTROLE, ATRAVÉS DA LIBERAÇÃO DA PODEROSA ENERGIA DA RAIVA, QUE MOBILIZA AS DEFESAS PRÓPRIAS CONTRA UM INIMIGO OU AMEAÇA PERCEBIDA. NESTE SENTIDO, A RAIVA É UM AGENTE DE MOBILIZAÇÃO QUE TENTA ASSEGURAR QUE SE SEJA BEM DEFENDIDO E PROTEGIDO DOS DANOS.
ENTRETANTO, A RAIVA COMO UMA DEFESA CONTRA O DESAMPARO, NÃO É A DEFINIÇÃO DO QUE SIGNIFICA SER HUMANO, EXCETO NO NÍVEL EM QUE O EGO SE PRESUME COMO A AUTORIDADE SOBRE O QUE É ESTA DEFINIÇÃO. ENQUANTO AS ALMAS ENCARNADAS EVOLUEM DURANTE O SEU TEMPO NA TERRA, UMA NOVA DEFINIÇÃO DE “SER HUMANO” ENTRA EM JOGO, UMA DEFINIÇÃO QUE TEM MAIS A VER COM O RELACIONAMENTO COM O ESPÍRITO DO QUE COM O EGO.

DE ACORDO COM ESTA TRANSIÇÃO, UMA NOVA MANEIRA DE LIDAR COM O DESAMPARO PRECISA SER BUSCADA, DE MODO QUE O DESAMPARO NÃO SEJA TRAZIDO AO EGO COMO O ÁRBITRO DA PROTEÇÃO, MAS SIM LEVADO À DEUS COMO A FONTE DE PROTEÇÃO.

ESTA TRANSIÇÃO EM LIDAR COM O DESAMPARO REDEFINE A BASE SOBRE A QUAL SE ENCONTRA A RAIVA. POIS SE O DESAMPARO PODE SER LEVADO A DEUS COMO A FONTE DE PROTEÇÃO, ENTÃO A RAIVA NÃO TEM MAIS BASE PARA EXISTIR. INFELIZMENTE, AINDA QUE SIMPLES DE DIZER, ISTO É MUITAS VEZES DIFÍCIL DE FAZER. POIS MUITOS TEMEM ABRIR MÃO DA MEDIDA DE CONTROLE E DA AUTO-CAPACITAÇÃO QUE A ENERGIA DA RAIVA OFERECE APARENTEMENTE.

QUE HÁ UM PREÇO A PAGAR PARA O USO DESTA ENERGIA NEM SEMPRE É PERCEBIDO, POIS SÓ SE PODE GERAR CONFLITO ATRAVÉS DO USO DA RAIVA COMO UMA DEFESA, E NÃO SE PODE GERAR A PAZ. E, ALÉM DISTO, NÃO SE PODE GERAR A VERDADEIRA SEGURANÇA ATRAVÉS DA RAIVA, POIS NO PRÓXIMO APARECIMENTO DO MEDO OU DO DESAMPARO NA VIDA, A RAIVA SE MANIFESTARÁ NOVAMENTE.

POR ESTA RAZÃO, AQUELES QUE ESTÃO SE MOVENDO AO LONGO DE UM CAMINHO ESPIRITUAL, PRECISAM BUSCAR UMA NOVA FORMA DE LIDAR COM O DESAMPARO, UMA MANEIRA QUE PERMITA QUE O DESCONFORTO E ATÉ MESMO A DOR DO DESAMPARO SEJAM SENTIDOS, MAS QUE SEJAM SENTIDOS DENTRO DE UM CONTEXTO SAGRADO DE AMOR DIVINO.

MANTER O DESAMPARO EM SI MESMO, CRIA FREQUENTEMENTE A ANSIEDADE, A ANGÚSTIA E O MEDO DO FUTURO, ESPECIALMENTE QUANDO AS ENERGIAS DA OPOSIÇÃO E DA SEPARAÇÃO AMPLIAM ESTES SENTIMENTOS. ESTE NÃO É O CASO QUANDO SE LEVA O DESAMPARO A DEUS, POIS ENTÃO SE PODE RECEBER O FORTALECIMENTO QUE DECORRE DE MANTER O DESAMPARO NO AMOR, EM TROCA DA DÁDIVA DA CONFIANÇA, DA ESPERANÇA E DA ENTREGA.

MUITOS, NO ENTANTO, NÃO CONFIAM AINDA NESTE ACORDO. ELES TEMEM O DESAMPARO E SE SENTEM SOZINHOS COM ELE. ELES NÃO SE LEMBRAM DE COMO LEVAR O DESAMPARO A DEUS E ASSIM, ELES APROVAM A ÚNICA DEFESA QUE ELES CONHECEM, O QUE CRIA UMA MAIOR SENSAÇÃO DE CAPACITAÇÃO, OU SEJA, TORNAM-SE IRRITADOS.

AMADOS, ESTA DEFESA NÃO É UMA DEFESA REAL. É UM DISFARCE SOBRE O MEDO, DO TIPO MAIS FRÁGIL. POIS MESMO QUE SE ESTEJA COM RAIVA E EM UM MOMENTO SEJA REDUZIDA A SENSAÇÃO DO MEDO E DO DESAMPARO, NO MOMENTO SEGUINTE ESTES SENTIMENTOS IRÃO RETORNAR QUANDO A VIDA SE APRESENTAR COM CONDIÇÕES SEMELHANTES, LEVANDO A SE SENTIR IMPOTENTE NOVAMENTE.

Resultado de imagem para ELEVAÇÃO ESPIRITUAL - RAIVA E DESAMPARO: UMA REORGANIZAÇÃO DIVINA

A MANEIRA DE LEVAR O DESAMPARO A DEUS É A MANEIRA DE LEVAR A PRÓPRIA DOR A ESTE CORAÇÃO DIVINO QUE PODE MANTÊ-LA JUNTO AO CORAÇÃO HUMANO. AO MESMO TEMPO, PODE-SE PEDIR PARA SE SENTIR SUSTENTADO E APOIADO ATRAVÉS DA EXPERIÊNCIA, SABENDO QUE NENHUMA EXPERIÊNCIA CHEGA AO SER QUE NÃO TENHA UMA DÁDIVA MAIOR DE APRENDIZADO NELA. DEVE-SE EXPERIENCIAR ISTO PARA SABER A VERDADE DISTO.

MUITAS VEZES ACONTECE, NO ENTANTO, POR CAUSA DOS ANOS E EXISTÊNCIAS DE SEPARAÇÃO PERCEBIDA, QUE DURANTE MUITO TEMPO NÃO HÁ SUFICIENTE CONFIANÇA OU DISPOSIÇÃO PARA LIDAR COM O DESAMPARO DE OUTRA FORMA QUE NÃO SEJA A DE ASSUMIR O CONTROLE DE SI MESMO.

NISTO RESIDE A ESCOLHA EM RELAÇÃO À RAIVA E AO DESAMPARO HOJE, OU SEJA, SE ALGUÉM TOMARÁ UMA DECISÃO SOBRE COMO “ESTAR” COM ESTES SENTIMENTOS A PARTIR DA PERSPECTIVA DA ALMA, OU SE IRÁ ESCOLHER PERSPECTIVA DO EGO.

A ESCOLHA DO CAMINHO DA ALMA NÃO É ATRAVÉS DO CONTROLE, MAS ATRAVÉS DA ENTREGA, E ISTO É UMA ESCOLHA QUE CADA INDIVÍDUO DEVE FAZER, DE ACORDO COM A SUA DISPONIBILIDADE DE LIBERAR O CONTROLE EM FAVOR DE ALGO MUITO MAIS VASTO E SEGURO.

NESTE MOMENTO, MUITOS ESTÃO ENFRENTANDO ESTA ESCOLHA ENTRE O ALINHAMENTO COM A ALMA OU COM O EGO HUMANO. QUANDO A ALMA FOR ESCOLHIDA, A RAIVA IRÁ DESEMPENHAR MENOS E MENOS PARTICIPAÇÃO NA EXPERIÊNCIA HUMANA, ENQUANTO O AMOR E O DESEJO DA REAL UNIDADE COM DEUS E COM OS OUTROS, DESEMPENHARÃO UM PAPEL CADA VEZ MAIOR, CHEGANDO A SER O MOTIVO DOMINANTE QUE REORGANIZARÁ PARA SEMPRE O CENÁRIO EMOCIONAL INTERIOR.

Fonte: http://lightomega.org/Ind/Pure/Anger-and-Helplessness.html