quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

DESPERTANDO A CONSCIÊNCIA - O SOM DO CORAÇÃO


É preciso ouvir o coração...

Resultado de imagem para O SOM DO CORAÇÃO  É preciso ouvir o coração...


O som do coração é o compasso da Sinfonia de Deus, onde Beethoven, Mozart e todos os Grandes mestres se inspiraram.
...

O som do coração é a vibração do Amor, do Amor que nasce do sorriso de uma criança, do perfume exalado da pétala de uma flor.

O som do coração é o néctar que Madre Tereza de Calcutá deixou entre a humanidade, o legado de Jesus a todos os homens de boa vontade.

O som do coração é cada amanhecer, é um momento de renascimento, de transformação, de bênçãos.

"O amor é o poder ilimitado pelo qual o homem pode governar sua vida, o mesmo poder pelo qual Deus governa o Universo" (Spencer Lewis, em seu livro "Luz, vida, amor".)

Cada grão de areia, cada árvore, as pedras, os montes, o Sol, as estrelas, os mares, os seres humanos, tudo o que existe é uma expressão

do amor de Deus, é o Verbo que se fez carne e habitou entre nós.

O som do coração é a voz de Deus que pensa, que se emociona, que fala através de nós, que se entristece também, mas que transcende através do amor.

O som do coração é o pulsar do sangue nas artérias, é o ressoar dos mares nos rochedos e do beijo das ondas na areia branca das praias.

O som do coração também é um Deus que chora ao ver os seres que Ele criou se desentenderem, se guerrearem pela ganância, pelo domínio sobre os outros. Lágrimas que se vertem e molham o meu, o seu rosto, a face de toda a humanidade.

O som do coração, desse coração que bate, que jorra a vida para todos os quadrantes, está presente em nós, em você que me lê, em todo o universo. Somos a sua morada. Deus é o divino Hóspede que habita o Santuário do nosso Ser.

É a Doce Melodia que canta e encanta.

É o sopro exalado pelas estrelas, o silêncio que habita dentro dos montes, é coração da Terra que vibra em nossa

consciência. Constituímos todos uma Unidade.

Somos filamentos da Luz do Criador.

Somos Todos Um.

Agradecer e celebrar a vida é preciso.


NAMASTÊ