quarta-feira, 26 de outubro de 2016

DESPERTANDO A CONSCIÊNCIA - VOCÊ É O QUE ESCOLHEU, SUA ESCOLHAS TE DEFINI.... - Será que é tão difícil assim?

ESCOLHAS


Resultado de imagem para VOCÊ É O QUE ESCOLHEU, SUA ESCOLHAS TE DEFINI....


SEMPRE QUE HOUVER ALTERNATIVAS, TENHA CUIDADO.

NÃO OPTE PELO CONVENIENTE, PELO CONFORTÁVEL, PELO RESPEITÁVEL, PELO SOCIALMENTE ACEITÁVEL, PELO HONROSO.

OPTE PELO QUE FAZ O SEU CORAÇÃO VIBRAR.

OPTE PELO QUE GOSTARIA DE FAZER, APESAR DE TODAS AS CONSEQUÊNCIAS.

DESENVOLVER-SE SIGNIFICA MOVER-SE A CADA MOMENTO MAIS PROFUNDAMENTE NO PRINCÍPIO DA VIDA; SIGNIFICA AFASTAR-SE DA MORTE - NÃO IR NA DIREÇÃO DA MORTE.

QUANTO MAIS PROFUNDO VOCÊ VAI PARA DENTRO DA VIDA, MAIS ENTENDE A IMORTALIDADE DENTRO DE VOCÊ.

VOCÊ ESTÁ SE AFASTANDO DA MORTE: CHEGA A UM MOMENTO EM QUE VOCÊ PODE VER QUE A MORTE NÃO É NADA, APENAS UM TROCAR DE ROUPAS OU TROCAR DE CASAS, TROCAR DE FORMAS - NADA MORRE, NADA PODE MORRER.

A MORTE É A MAIOR ILUSÃO QUE EXISTE.

A VIDA DEVERIA SER UMA CELEBRAÇÃO CONTÍNUA, UM FESTIVAL DE LUZES POR TODO O ANO.

SOMENTE ENTÃO VOCÊ PODE SE DESENVOLVER, VOCÊ PODE FLORIR.
TRANSFORME PEQUENAS COISAS EM CELEBRAÇÃO.

TUDO O QUE VOCÊ FAZ DEVERIA EXPRESSAR A SI PRÓPRIO; DEVERIA TER A SUA ASSINATURA.

ENTÃO, A VIDA SE TORNARÁ UMA CELEBRAÇÃO CONTÍNUA.

OSHO

Será que é tão difícil assim?

Resultado de imagem para VOCÊ É O QUE ESCOLHEU, SUA ESCOLHAS TE DEFINI....

De vez em quando me pego escrevendo em algum post aqui no blog frases que começam com “sei que é difícil, mas…” ou “pode não ser fácil, mas…” e completando-as de forma verdadeiramente otimista, porque realmente acredito que sempre é possível realizar aquilo que se deseja, por mais complicado que seja. 
Mas já há algum tempo reparo que, quando vou começar uma frase desta forma, fico em dúvida se estou me expressando corretamente. Talvez não haja nada de errado, mas quando escrevo sinto que há algum ponto fora do lugar na ideia que estou transmitindo.

Então esses dias uma pergunta surgiu na minha cabeça: será que é mesmo tudo tão difícil assim? 
Ou estamos apenas contraditoriamente facilitando nossa vida quando dizemos que algo é muito complicado para, se não der certo, já estarmos pré-justificados? 
Será que nossa dificuldade não está, na verdade, em vermos o quanto as coisas são simples e que tudo o que nos acontece (e também o que não nos acontece) é determinado pelas atitudes que escolhemos ter?


Queremos mudar nossos hábitos, mas ao invés de simplesmente começarmos a agir, continuamos fazendo as mesmas coisas enquanto repetimos para nós mesmos que isso é muito difícil. Percebemos que uma certa atitude que praticamos com frequência nos traz consequências negativas, mas ao invés de fazermos um esforço para nos comportarmos de outra forma, dizemos que é difícil mudar porque “esse é o meu jeito”. Não chegamos nem perto de conquistar um objetivo porque insistimos em apenas falar sobre o quanto é difícil manter o foco.
Fácil mesmo é dar estas desculpas e continuar na zona de conforto, não é? O problema é que dentro da zona de conforto nada do que você sonha fazer e conseguir acontece. Então, só pra variar, vamos tentar pensar um pouco fora da caixa? 

Talvez você se identifique com algumas das perguntas abaixo:
  • Será que é mesmo tão difícil manter os pensamentos positivos?
  • Será mesmo tão difícil abrir mão do consumismo para economizar dinheiro e realizar um sonho?
  • Será mesmo que você não consegue mudar este comportamento autodestrutivo?
  • Será que é tão difícil assim se organizar e determinar prioridades na vida?
  • É tão difícil manter o foco e não fugir da dieta?
  • É realmente tão difícil assim se concentrar nos estudos?
  • Ou você só não está querendo o suficiente para ultrapassar suas desculpas e fazer o que deve ser feito?
Estes são apenas alguns exemplos do que as pessoas costumam apontar como coisas difíceis de serem feitas. Se não se identificou com nenhum, construa a sua pergunta colocando nela aquilo que você vive dizendo que não faz por achar que não vai conseguir porque é muito complicado.


Sabe o que acontece quando você diz que quer fazer algo mas não faz porque é difícil? Dá início a uma dificuldade que não existiria se você mesmo não a colocasse ali! A dificuldade começa quando nos recusamos a enxergar que a maioria das coisas, na verdade, são muito simples.
A solução para isto, inclusive, também é simples: abra os olhos para o fato de que tudo na vida é questão de fazer escolhas. É escolher tirar tudo o que está te desconcentrando da sua frente e focar no seu projeto. É ir ao supermercado e comprar comidas saudáveis. É observar a si mesmo e voltar atrás quando perceber que não está agindo ou pensando da melhor forma. É determinar que o seu grande sonho, aquele que já vive em você há muito tempo, é mais importante do que comprar aquela bolsa que você se apaixonou há dois segundos na vitrine da loja.
E antes que você comece a dizer… não, não é difícil! Apenas faça a escolha que sabe que é certa e você vai ver que não dói.


Da próxima vez que você cogitar pensar ou dizer que algo é difícil, repense. Pergunte-se: será que é tão difícil assim? O quanto eu considero difícil? Muito? Mas será que é mesmo? Por quê? Provavelmente a sua dificuldade está, na verdade, em assumir total responsabilidade pela própria vida e aceitar que tudo o que te acontece (e, principalmente, o que não acontece) é consequência do que você anteriormente escolheu fazer.
Em vez de dizer a si mesmo que “é difícil, mas eu vou tentar”, faça melhor e diga “não tem nada de difícil, isso é muito simples e eu vou começar agora”. Isso é simplificar! Simples, não? Apenas pense diferente:
  • Para eu emagrecer, só preciso mudar um pouco a minha alimentação e incluir algumas atividades físicas na semana.
  • Para ter mais pensamentos positivos e atrair coisas boas, vou observar melhor o que se passa na minha mente e exercitar pensar em coisas positivas toda vez que eu me lembrar.
  • Para eu poder fazer aquela viagem, basta gastar menos para sair nos finais de semana e diminuir meus gastos aprendendo a me virar com aquilo que eu tenho.
  • Para eu parar de fumar, só preciso parar de deixar essa decisão para depois e parar agora mesmo.
  • Para eu aprender a dançar bem, desenhar bem, escrever bem, fotografar bem ou tocar um instrumento eu preciso começar a praticar.
Tem alguma coisa te impedindo de fazer estas coisas, além do fato de você mesmo não tomar a iniciativa de começar?


Talvez você esteja agora pensando que “falar é fácil” ou “tal coisa é difícil sim”, mas é justamente nessa ferida que quero tocar para fazer você se sentir desconfortável (e até um pouco ofendido), porque esta é a melhor forma de fazer com que alguém saia da zona de conforto e comece a pensar diferente. Uma das intenções desta reflexão é te deixar, a princípio, com um sentimento amargo de que suas convicções foram atacadas, mas ela tem também o objetivo de plantar a semente da dúvida dentro de você e fazer com que se questione, para descobrir se mudar sua linha de pensamento pode tornar as coisas mais simples de serem realizadas. “Será que é mesmo tão difícil assim?” pode ser a pergunta que vai mudar a sua vida. Ou pelo menos algum aspecto dela.

Para deixar claro, não quero dizer que não exista nenhum momento difícil na vida de ninguém. Sim, eles existem. Enfrentar uma doença é difícil, perder alguém e superar isso é difícil, lidar com um problema psicológico é difícil. Só que nós tornamos um costume chamar de difícil qualquer coisa que desafie a nossa força de vontade, e colocamos coisas simples e que podem ser muito mais facilmente resolvidas no mesmo patamar de problemas realmente sérios.

No fundo, é simples ser feliz. Difícil é ser tão simples.
O que você gostaria de fazer mas ainda não está fazendo porque “é difícil”?