sexta-feira, 20 de maio de 2016

EQUILÍBRIO E HARMONIA - O CAMINHO PARA PAZ INTERIOR - O ENCONTRO VERDADEIRO COM SUA ESSÊNCIA DIVINA

Sete Princípios chave para conseguir a paz interior




Todos nós temos um elo de ligação com a consciência universal dentro de nós e quando estamos abertos e receptivos a essa conexão então estamos em um estado de paz interior, amor, inspiração, felicidade e assim por diante, nós somos todas essas qualidades maravilhosas em nosso estado natural, a única coisa que interrompe este fluxo são os nossos pensamentos e percepções específicas de nós mesmos e do Universo que nossos pensamentos criam.

Pense na pessoa que você costumava ser por um momento, ou os aspectos de si mesmo que você está aprendendo a transcender e transformar através do crescimento espiritual, esse aspecto de si mesmo não é nada mais do que uma perspectiva fixa de vida, de sua identidade e realidade que é mantida no lugar através de hábitos de pensamento, emoção e comportamento.
Você só precisa se render à consciência mais elevada dentro de si mesmo que todos os problemas em sua vida serão resolvidos e a paz interior será sua, você vai naturalmente se transformar e tornar-se maior do que você jamais sonhou ser conforme você deixar ir a sua antiga identidade e abraçar o aspecto novo, poderoso, infinito e eterno de si mesmo.
É algo que todo ser vivo tem a capacidade de fazer, de um modo geral é o objetivo de vida de todos nós, tudo o que é preciso é algum tempo, esforço consistente e as ferramentas adequadas nos lugares certos, estes sete princípios para alcançar a paz interior são a alavancagem.

1. Meditação


A meditação é a prática mais importante para alcançar a paz interior, ela é o resultado de estarmos perfeitamente alinhados com o nosso propósito de vida e com a nossa verdade interior, quando estamos agindo contra quem realmente somos então não estamos em um estado de paz interior, mas quando estamos em alinhamento a paz interior é o resultado.
A meditação é elementar porque é a prática que trabalha especificamente para colocar-nos em contato com quem realmente somos e é a chave para o autodomínio, isto porque quando praticamos a meditação estamos desenvolvendo a atenção e quando nossa atenção se torna poderosa ela naturalmente domina a mente e assim, o silêncio interior é alcançado.
Ter uma mente silenciosa é apenas um benefício complementar para o verdadeiro propósito da meditação, ter uma mente silenciosa é o resultado de ter essa atenção poderosa de sermos capazes de entrar em sintonia com a consciência do nosso EU superior, a consciência universal, quando entramos em contato com essa consciência então estamos incorporando o nosso verdadeiro EU e estamos em paz.
Cada momento tem paz interior, mas quando a nossa atenção está distraída vivemos em nossos pensamentos quer seja no passado ou no potencial futuro que não nos trazem a paz, mas quando estamos no momento há apenas este momento e o que estamos inspirados e guiados a fazer neste momento estará sempre alinhado com a nossa verdadeira natureza e propósito na vida.
A paz interior não tem que ser o resultado de anos de meditação em alguma caverna no Himalaia, ela pode ser tão simples como uma mudança de consciência para fazer o que você sente que deveria estar fazendo, fazer o que você gosta de fazer, o que a sua inspiração o leva a fazer, o que traz alegria a você neste momento.
Somente através da meditação podemos ganhar a consciência de fazer essa mudança em nossas vidas e essa mudança é a mudança para a paz interior, quando não estamos em guerra com nós mesmos então estamos em paz, há sempre duas facções dentro de nós o ego e o nosso EU universal, essa é a única batalha que sempre ocorreu ao longo da história humana.
Nunca houve qualquer inimigo externo para lutar, nossas batalhas externas continuam a ser a manifestação das batalhas que estão ocorrendo dentro de nós, quando lutamos com os outros estamos apenas lutando com aspectos de nós mesmos que não aceitamos, quando nos alinhamos com os princípios universais então não pode haver raiva apenas a compreensão, não pode haver engano apenas a verdade, não pode haver culpa apenas o perdão e não pode haver frustração apenas a aceitação.
Este é o verdadeiro valor da meditação: chamar-nos para uma tomada de conhecimento de nós mesmos como consciência universal e refletindo assim o amor que é a fonte infinita de energia, quanto mais você medita mais você se conhece e mais fácil se torna manter o alinhamento com você mesmo e a Fonte e mais profunda a sua paz interior se torna com o tempo.
Você será capaz de atingir um nível radical de paz interior em questão de meses com a meditação diária em comparação com o seu nível de paz interior de agora, no entanto, sabemos que isso não é nada comparado com o que você pode realizar internamente dentro de um ano, cinco anos e finalmente 10 anos de prática dedicada, para mais informações leia, aprenda como meditar, aprenda técnicas de meditação e o que é meditação ?

2. Pratique Atenção Plena


Atenção plena é a prática de se tornar consciente da qualidade do seu estado interior em todos os momentos, esta prática treina como controlar seus pensamentos, emoções e intenções, finalmente você vai chegar a um nível onde você pode escolher conscientemente os pensamentos, emoções e intenções que permite preencher a sua mente.
Pensamentos amáveis de amor produzem felicidade, união e confiança, ao passo que pensamentos negativos de raiva e de julgamento produzirão o oposto afastando-o ainda mais da fonte e indo mais fundo no reino do ego.
A atenção plena também lhe dá a opção de se tornar consciente de sua intuição e do fluxo de inspiração, uma consciência mais elevada que já está disponível dentro de nós mesmos, a consciência superior já está no nosso interior nós é que não prestamos atenção suficiente no nosso mundo interior para notá-la.
À medida que você praticar a atenção plena e o conhecimento desta consciência interior você irá desenvolver a capacidade de viver mais conscientemente pela fluidez ficando em alinhamento com esta sempre presente consciência, a ausência de paz interior e de toda a discordância no mundo simplesmente surgiu porque os seres humanos perderam a consciência deste aspecto de si mesmos e desceram para o verdadeiro dogma e a fé cega.
Passamos a acreditar em um poder superior e nos curvarmos aos sacerdotes a fim de recebermos um favor, quando na realidade o poder superior é apenas um aspecto maior, mais poderoso e amoroso de nós mesmos, agora é a era em que a crença e a fé são desnecessárias, experimente você mesmo, a única verdade do mundo é esta:
Tudo o que muda é ilusão.

A verdade é que você é pura consciência universal.
A consciência universal é Deus.
Portanto, você é Deus.
Entenda isso e você vai entender tudo, comece a observar a sua mente que você vai perceber que alguns de seus pensamentos vêm de um aspecto mais elevado, ilimitado, de si mesmo, estes pensamentos vão encorajá-lo, vão elevar-lhe a novos níveis de consciência e inspirá-lo a coisas grandiosas, comece a confiar nestes pensamentos e acreditar neles porque eles são a sua fonte universal tentando se conectar com você.

3. Contemple sua Divindade



Para cultivar a paz interior, cultive uma nova imagem de si mesmo, nós não estamos em paz quando nossos pensamentos e nossas ações não se alinham e quando nossos pensamentos e o nosso verdadeiro EU não se alinham, alinhar a nossa autoimagem com o nosso verdadeiro EU é um processo contínuo pois estaremos sempre aprendendo coisas novas sobre nós mesmos experimentando novos e mais elevados níveis de consciência e aprofundando nossa compreensão de quem somos, especialmente se você praticar a meditação diária.
Alinhe-se com a consciência universal contemplando sua divindade, contemple-se como um ser amoroso, gentil, abundante, criativo, poderoso, bem-sucedido, radiante e feliz, qualquer outra coisa simplesmente não está em alinhamento com quem você realmente é.
Quando você sempre pensa sobre si mesmo ou outras pessoas de uma forma negativa você está afirmando a sua própria negatividade e vivendo assim da imagem limitada do seu ego de si mesmo que o coloca como separado, acima ou abaixo de todas as pessoas ao seu redor, até você perceber que você é igual e UM com todas as coisas e que tudo é perfeito você estará continuamente baseando-se no engano que não é propício para a paz interior.
A paz interior é um estado alcançado quando você começa a entender e contemplar a verdade de si mesmo, a única verdade de si mesmo é a sua consciência, como um iogue indiano disse: “Aquilo que é real, nunca muda”, basear-se no transitório, de natureza que sempre muda é como tentar construir uma casa sobre uma base de areia ou como tentar construir um reator nuclear sobre uma falha geológica: Ele está condenado a instabilidade, fracasso e destruição.
Procure no seu interior pelo aspecto de si mesmo que nunca muda, ele é a consciência pura e quando você se identificar com esse aspecto do seu ser que está focando na verdade de si mesmo e no aspecto de si mesmo que é infinito e eterno, a consciência e a compreensão deste aspecto de si mesmo é a paz interior, porque isso significa que não importa o que pode acontecer na vida, em sua mente, em seu corpo, ou em seus relacionamentos, você é sempre perfeito, sempre divino e sempre com um amor infinito.
Esta é a sua divindade, literalmente esta é a consciência que é chamada Deus, porque é a consciência universal que é o sonho lúcido, a realidade do ser, você não pode pensar que ele poderia ser Deus ou que você poderia ser Deus, isso só acontece porque você ainda não está totalmente incorporado nesta consciência, você não sentiu sua consciência se expandir, nem o brilho e o amor que vem através de você quando explora essa consciência.
Quando você se conectar a este nível superior de consciência no seu interior então você vai entender como tudo em sua vida, em sua mente e no mundo está na ordem divina, na perfeição, quando você vê a sua perfeição, então vai ver esta perfeição em todos os lugares e a paz interior será a sua realidade.
Quando não há falhas dentro ou fora, não há nada que exija o seu estresse ou preocupação.

4. Mude sua Perspectiva


Pense sobre esse aspecto divino em si mesmo em uma base diária e você vai se tornar isso, nas palavras de Ralph Waldo Emerson “nós nos tornamos aquilo que pensamos durante todo o dia“, quando nossos pensamentos estão focados em nossas experiências passadas, potenciais futuros, ou mantendo pensamentos e emoções negativas de qualquer espécie, estamos separados de nosso autêntico EU.
Não literalmente claro, porque nada está separado, nossa atenção está apenas olhando na direção errada buscando externamente alcançar algo que já somos ou como dizem os taoístas tornamo-nos “como peixes nadando na água à procura da água”.
Mudar sua percepção é fácil, tudo depende de como pensamos e sentimos, o pensamento é energia de criação e nossos pensamentos e emoções criam a realidade, com eles podemos criar beleza, verdade, amor e felicidade, mas primeiro temos que aprender sobre esses princípios de criação.
Se aprendemos a pensar e sentir de forma consciente significa que vamos definir uma intenção para o que nós desejamos criar, depois temos pensamentos e conscientemente sentimos emoções alinhadas com a nossa intenção, então teremos o poder de criar qualquer coisa que podemos imaginar.
Escolha conscientemente o que permitir em sua mente e em sua consciência, se você está tentando mudar o seu pensamento para ficar alinhado com abundância, paz, alegria, amor e divindade, então uma das coisas mais importantes que você deve considerar é que programar-se diariamente assistindo, lendo, ouvindo e se engajando.
Por todos os meios PARE de assistir notícias na midia convencional ! Esta é uma maneira infalível para produzir escassez, medo, negatividade, conflito, violência, desesperança e separação em seus pensamentos, isto é exatamente para o que ela é usada e é um dos mais poderosos meios para controlar os pensamentos, emoções e vidas da humanidade através da manipulação da nossa percepção.
Em vez disso simplesmente não respeite o sistema, leia livros inspiradores, assista a filmes inspiradores baseados em amor, bondade, verdade e talvez a coisa mais importante de tudo faça coisas que fazem você se sentir feliz e livre, em vez de encher a cabeça com negatividade preencha sua vida com amor e liberdade compensando a ignorância do mundo em grau elevado.
Antes de tudo seja mais produtivo e em segundo lugar proativo, você se sentirá bem melhor,energias de vibração mais elevadas são exponencialmente mais poderosas do que as negativas, pois só é preciso uma fração da energia positiva para neutralizar toda (baixa vibração) energia negativa dentro de você.
Se você vê a negatividade do mundo então você tem a negatividade dentro de você, elimine-a e veja apenas a luz e o amor inerente não só em nossa sociedade mas na criação, você vai descobrir que atrairá mais luz e amor dentro de si mesmo e as oportunidades que validarão este potencial dentro de você.

5. Pratique Receptividade


Permita-se ser impelido e guiado através da vida, a mente universal está criando e mantendo toda a vida e toda a criação, então por que sentimos a necessidade de interrompê-la fluindo através de nós por ignorância, ficando em nosso próprio caminho ? Em vez de pensar em si mesmo ao longo da vida e cegamente fazer as coisas baseado no que você pensa que você quer ou o que você acha que vai acontecer, por que não se abrir para o conhecimento infinito do Universo e sua finalidade de modo que a ação correta possa ser revelada para você ?
Pare de fazer na vida, em vez disso permita-se ser feito, fluir, esta força que está trabalhando através de você é o seu Eu superior que é a consciência universal, esta consciência já está disponível no seu interior, você não tem que cultivá-la ou atingi-la, só precisa desenvolver a sensibilidade e a atenção para identificá-la.
Em vez de nos desligarmos desta força podemos utiliza-la de forma consciente co-criando com as mesmas energias e potencial do criador, estamos na existência não para nos preocuparmos com as tarefas de baixo nível da consciência inferior, nós estamos aqui para aplicar nossos poderes criativos magníficos e nossas perspectivas originais a fim de auxiliarmos na co-criação divina.
Renda-se a este magnífico poder dentro de você, admita que a sua mente consciente não é quem você é nem o que você é, na verdade você é muito maior, admita para si mesmo que você têm sido enganado sobre a sua identidade até agora e que sinceramente deseja conectar-se com a sua fonte permitindo o seu potencial infinito fluir através de você, em vez de viver nesta ideia limitada de si mesmo chamada ego.
Este é um passo essencial pois você está reconhecendo que seu ego não é um reflexo preciso de sua verdadeira natureza, que há uma parte de você que é realmente brilhante, ilimitada e poderosa, manifeste seu desejo mais fervoroso incorporando essa parte de si mesmo e vivendo de forma consciente, comece a prestar atenção para o que você está sendo guiado na vida por meio da inspiração, intuição, paixão e curiosidade.
Pratique a não-interferência, com você apenas fazendo naturalmente o que for necessário para uma mudança e sendo quem você naturalmente é, você deu muito do seu tempo e sua vida para os outros fazendo o que eles queriam que você fizesse, o que você quer fazer agora neste momento ? Na sua vida ? Sua mente pode te trair, mas seus sentimentos, seu coração, não vão.
“Há uma voz que não usa palavras, escute-a” Rumi

6. Confie na Sua Natureza Divina – Renda-se a Paz Interior


Todos os passos antes deste são preparação, eles são sobre olhar primeiro para o seu interior e conhecer a verdade de quem você realmente é, cortando toda a desordem interna, este próximo passo é sobre entregar-se completamente à sua natureza divina e infinita.
Não é um evento, mas um processo no qual você vai experimentar muitas ideias, despertares e mini iluminações ao longo do caminho da evolução da consciência infinita que estão todos ligados, cada despertar e iluminação é um processo de contínua expansão de consciência para o infinito.
Cada vez que você se expandir um pouco você vai ver a si mesmo e ao mundo de uma nova maneira, você vai descobrir mais paz interior, mais poder, mais potencial e mais amor dentro de si mesmo e dentro da criação, você vai descobrir mais perfeição dentro de tudo, isto é o que significa confiar em sua natureza divina.
Se você perguntar a si mesmo ao longo do caminho, você vai questionar se você é digno, se você é capaz, se você está no caminho certo, bem como a validade dos seus sonhos, isso é normal, confie no caminho, confie em sua prática espiritual e confie nestes sete princípios continuando a aplicá-los frequentemente até que se tornem um hábito, seu treinamento nunca vai te trair.
Você não é uma pequena e insignificante criatura, você é um oceano de consciência de origem divina com potencial ilimitado, cada sonho que você tem que se baseia no amor, serviço, alegria e paixão é verdadeiro e você não teria se não tivesse a capacidade de manifesta-lo.
O nosso EU superior e o Universo falam conosco através dos nossos sonhos e aspirações divinamente alinhadas, o Universo fala desta forma a todos os seres proporcionando-lhes imagens, sonhos e aspirações de se tornar melhor, de mudar o mundo, de paixão, de amor e de bondade, mas muito poucos acreditam e muito menos ainda estão ouvindo.
Não importa o quanto seus pensamentos o derrubem fazendo você sentir que não é digno,lembre-se em primeiro lugar que o seu interior lhe deu a coragem e a força para sonhar tão magnificamente, porque era o universo, seu EU superior, Deus, falando com vocêorientando seu retorno para casa, para o seu verdadeiro potencial.
Lembre-se disso quantas vezes for necessário até que você saiba e então você terá chegado.

7. Identifique-se Com Sua Natureza Divina


É o ego dentro de nós mesmos que tem mortalmente aderido em qualquer coisa com que ele pode se definir como experiências, crenças, pensamentos, posses, realizações, reputação e assim por diante, quando nos entregamos aprendemos a deixar tudo isso, em vez de definir a nós mesmos com essas coisas realmente sem sentido nós em vez disto começamos a nos identificar com o aspecto divino do nosso ser: Deus, o Universo, a Inteligência Infinita, o Espírito qualquer nome que você tenha para ele.
Essa é a nossa verdadeira natureza, quando nos rendemos a ela começamos a nos identificar com esse aspecto de nós mesmos, deixando as coisas que o ego valida se tornarem irrelevantes para nós, isso não quer dizer que devemos renunciar a todas as nossas posses, em vez disto vamos simplesmente entender que elas estão lá apenas para o nosso conforto e que há coisas muito mais importantes em nossa vida e para a nossa vida do que nossas posses.
Quando você começa a se identificar com o Espírito por definição você está sem forma, em vez de ser capaz de definir-se por suas roupas, carro, conquistas, status, saldo bancário e todas as outras coisas materiais e ilusórias, na verdade você vai ser definido e animado por algo que é puro e sem forma: A ENERGIA.
Você vai se ver como a energia pura de amor, felicidade, bondade, propósito, abundância, inspiração, criatividade, compaixão e brilho que são as qualidades da Inteligência Infinita.
Você vai possuir estas energias mais seguramente e com orgulho do que você nunca possuiu qualquer outra coisa em sua vida e você vai ter o cuidado de só sentir e irradiar as energias mais elevadas da criação, porque estar usando qualquer coisa que não seja verdade, beleza e amor seria o mesmo que usar roupas sujas, que não nos fazem jus, são feias e detestáveis.
Quando você escolhe suas energias e emoções com tanta atenção, então você vai ter essas qualidades em abundância, você se tornará elas e assim você vai se tornar o Universo e o Universo se tornará você.
Você terá atingido a duradoura paz interior porque você vai ser UM com esta força poderosa da consciência que nos fornece tudo o que podemos querer, necessitar, ou imaginar em nossas mentes e esta presença estará sempre conosco, estará presente em todos os animais que você vê, em todas as montanhas e em cada árvore.
Esta presença não é algo que você precisa ter fé, é algo que você vai sentir no seu interior, fluindo através de você em todas as suas criações e cumprimentando a mesma presença exata no interior do restante da criação, porque quando você começa a entrar em ressonância com o Universo, você também ressoa com o Universo de cada um e dentro da realidade, bem como, trazendo para a superfície para você e para todos verem.
Você vai transpirar essa energia e sua vida vai refletir de volta para você todas as oportunidades, é a energia da criação, a consciência que sonhava em ser nesta existência, é o que todos nós vamos voltar até o fim desta encarnação física, mas você não precisa esperar até lá, pode começar a se conectar, AQUI e AGORA.

Conclusão

A paz interior está dentro de você e é alcançada ao olhar primeiro para o seu interior, não há outro caminho, a meditação é o mais importante desses sete passos, porque através da meditação todas estas sete etapas ocorrem naturalmente, pois elas são a progressão que todos os seres de consciência atravessam em seu caminho de auto realização.
A meditação é a chave, sem meditação você não experimentará novos níveis de consciência e níveis mais profundos do seu ser, porque a meditação é a prática penetrante que fica com a verdade de todas as coisas, ela é como um laser que corta a ilusão e liga-o a consciência criativa.
Estes sete princípios que eu forneci aqui de meditação, atenção plena, contemplar sua divindade, mudar sua perspectiva, praticar receptividade, confiar em sua divindade e identificar-se com a sua divindade, não são uma progressão linear, eles são um processo contínuo de despertar espiritual e evolução espiritual.
Pouco a pouco nos aproximamos de nossa natureza divina a cada dia que passa, faça deste o dia em que você começará a mover-se conscientemente para a sua divindade e você também estará se movendo em direção à paz interior que está procurando, não é um destino, mas um caminho, um que fica gradativamente mais profundo a cada dia se você permanecer fiel em sua prática e compromisso.
@Brandon West