terça-feira, 12 de abril de 2016

DESPERTANDO O CONHECIMENTO - Chákra do Plexo Solar e o Sitema Digestivo

O Chákra do Plexo Solar (Manipura – Cidade de Jóias 


ou Repleto de Jóias) – Etérico
 


O Manipura está situado na região do umbigo, e em condições normais é multicolorido, com predominância das cores vermelha e verde. 

Flutuações no ritmo, a hiperatividade, e distúrbios nos padrões de cor desse centro denotam uma pessoa que se identifica extremamente com as emoções, tendo dificuldade de controlar os sentimentos.

Em relação ao campo emocional, este é o Chákra mais importante, visto que está situado no ponto em que a energia astral penetra no campo etérico. 

Ele também está estreitamente relacionado com os chákras do coração e da garganta.

Na vida de uma pessoa comum, o Manipura é provavelmente o centro mais importante e mais ativo, uma vez que está extremamente envolvido com a vida emocional. 

Ele é ativo numa pessoa com desejos intensos, e desempenha um importante papel na projeção da energia pessoal. 

Por esse motivo, quando o estresse ou problemas emocionais afetam o sistema digestivo, ocorrem distúrbios na região do plexo solar.

Como é de se esperar, as principais ligações físicas com esse Chákra ocorrem através das glândulas supra-renais e o pâncreas, bem como do fígado e do estômago. 

É através deste centro que a maior parte do médiuns incorporadores operam, e ele está envolvido em inúmeros tipos menos desenvolvidos de clarividência.


O Chákra do Plexo Solar – Astral

Este é centro de energia emocional mais ativo na maioria das pessoas. 

Ele é a ponte entre as emoções e o campo físico e o etérico, e sua ligação mais estreita com o físico se dá no estômago e todo o trato gastrointestinal. 

Funciona como um amortecedor entre a entrada da energia astral e sua distribuição pelo corpo.

O animal deste Chákra é o carneiro, as divindades são Rudra, o rei das tormentas, e Lakini, a deusa da boa sorte. 

As cores deste Chákra são um tanto ou quanto variáveis: numa pessoa integrada, o verde indica equilíbrio, um tom um pouco diferente denota compreensão ou adaptabilidade, uma mistura de amarelo e verde revela interesse em expressar idéias sob forma física. 

Os inventores e projetores possuem amiúde essa combinação de cores. 

Existe também um verde amarelado de tonalidade enfermiça, completamente diferente, que denota ciúme, ao passo que o amarelo misturado com o cinza implica frustração com relação ao trabalho.