quarta-feira, 13 de agosto de 2014

SAÚDE E EQUILÍBRIO - Como as frutas ajudam a aumentar a libido

Como as frutas ajudam a aumentar a libido



A falta de libido afeta um número tão grande de mulheres, que estão surgindo algumas pesquisas sobre outros tratamentos para esse problema. Antes que a mulher procure tratamentos caros e medicamentos fortes para aumentar a sua libido, é importante que ela saiba que alguns produtos naturais e alguns alimentos podem diminuir o problema da falta de desejo sexual.

Medicamentos naturais como o Tribulus Terrestris age tanto nos homens, contribuindo para o aumento do desejo sexual e reforçando a ereção, como nas mulheres aumentando a libido. 

Do mesmo modo, é possível ver essa ação em algumas frutas estudadas recentemente.

A romã é popularmente conhecida por aumentar o desejo sexual, e um estudo sobre ela mostrou seu efeito no desejo sexual dos casais. 

O aumento na produção de óxido nítrico no corpo é um dos motivos que faz essa fruta aumentar a libido, pois ajuda na vasodilatação. 

Além disso, a fruta tem efeito afrodisíaco que pode ajudar o casal se consumida pelos dois.

O abacate também pode ser um grande aliado na melhora da libido, pois contém altos níveis de ácido fólico, que ajuda a metabolizar proteínas, gerando mais energias para gastar. 

A fruta contém potássio e vitamina B6 que colabora com a produção da testosterona, responsável pelo aumento da libido em mulheres e por reforçar a ereção no homem.

Uma pesquisa realizada com a melancia mostrou que a citrulina contida na melancia se transforma em anginina ao ser consumida. Esse aminoácido melhora a circulação e aumenta a produção de óxido nítrico, causando o relaxamento dos vasos. Alguns estudiosos acreditam que esse seja o mesmo princípio do Citrato de sildenafila (Viagra).

A Tâmara é uma fruta adocicada, e contém aminoácidos que colaboram para aumentar o desejo sexual. Igualmente, o figo contém aminoácidos que contribuem com a produção de óxido nítrico e são responsáveis por melhorar a libido em homens e mulheres.

Tribulus Terrestris além de ajudar no aumento do desejo sexual como estimulante e aumentar a libido, diminui a frigidez feminina e auxilia na rápida recuperação após atividade sexual.
A nutróloga Liliane Oppermann diz que os alimentos afrodisíacos auxiliam ainda mais a estimular a libido e a liberar o apetite sexual. “Esses alimentos podem exercer diversas ações no metabolismo: aumentam a circulação sanguínea, atuam diretamente no sistema nervoso central e alteram a libido. Além de aumentarem a produção dos hormônios sexuais, eles estimulam sensações de prazer favorecendo a lubrificação vaginal e o prolongando a ereção”, explica.
“Uma comida saudável preparada com especiarias ou um prato bem montado e apetitoso gera um estado de euforia, capaz de conduzir ou aumentar do desejo sexual”, diz a nutróloga Liliane Oppermann. Insira os alimentos afrodisíacos em sua refeição. Veja quais são eles, de acordo com a especialista:
Banana
“Rica em magnésio, promove a vasodilatação, que melhora o desempenho sexual”.
Chocolate
“Aumenta a produção de serotonina que permite sensações de prazer e felicidade. Esse efeito consiste na presença da feniletilamina que o chocolate apresenta, induzindo a sensações agradáveis”.
Sorvete de baunilha
“Contém altos níveis de cálcio e fósforo. O cálcio auxilia os músculos a controlarem a ejaculação e podem gerar orgasmos mais potentes”.
Morango
“Provoca os desejos sexuais por causa dos sentidos olfativos, além de possuir um formato fálico que influência no desejo sexual”.
Mamão
“Contém estrogênio, que pode aumentar o apetite sexual, além de fazer bem a saúde”.
Mel
“Ajuda o corpo a utilizar o estrogênio e aumenta os níveis de testosterona”.
Carne
“É rica em dopamina e norepinefrina. São duas substâncias químicas cerebrais que aumentam a sensibilidade durante o sexo”.
Frutos do mar
“As ostras são ricas em zinco. Elas têm uma participação especial quando o assunto é a lubrificação feminina, além de ajudar no tratamento de infertilidade do homem”.
Gengibre
“Estimula a lubrificação feminina e prolonga a função erétil devido a sua ação estimulante no sangue”.
Amendoim
“Rico em vitamina E. Se consumido sem excessos, aumenta a potência sexual e a energia”.
Alecrim
“É um poderoso estimulante, revigorante e atua sobre a impotência. O seu aroma também induz o aumento do apetite sexual”.
Pimenta
“A pimenta provoca reações fisiológicas no corpo, como transpiração, aumento da circulação sanguínea e frequência cardíaca. O seu excesso irrita os órgãos genitais causando uma sensação semelhante à excitação sexual”.
Ovo
“Composto de características que melhoram a libido e a produção hormonal”.
Manjericão
“Melhora a circulação sanguínea nas áreas erógenas e seu aroma pode ser excitante”.
Alho
“O alho pertence à tabela de alimentos afrodisíacos pela tradição chinesa. Ele aumenta a libido da mulher e age na circulação sanguínea, permitindo sensações no corpo, como, por exemplo, de estar aquecido”.