domingo, 8 de junho de 2014

PENSAMENTOS, POESIAS E REFLEXÕES - Mestres da Meditação

Mestres da Meditação

.
.
.
.

“Existem apenas dois enganos que se pode cometer ao longo da estrada para a verdade; não começar a andar e não permanecer no caminho até o fim.”

Buddha

.
.
.

“Uma vez que começamos a mudar nossa percepção e nosso pensamento, é incrível como outras coisas em nossas vidas começam a mudar também; o efeito dominó começa com o primeiro passo dentro de nós mesmos. Não é esotérico; é a natureza da energia humana.”

Kingsley Dennis

.
.
.

“Na prática da tolerância, seu inimigo é seu melhor professor.”

Dalai Lama

.
.
“Esteja atento 24 horas por dia e não apenas durante a hora que você pode separar para a meditação formal ou ler escrituras e recitar orações. Cada ato deve ser realizado em plena consciência. Cada ato é um ritual, uma cerimônia. Levantar sua xícara de chá da boca é um rito. Será que a palavra “rito” parece muito solene? Eu uso essa palavra a fim de sacudi-lo para o entendimento da questão, de vida e morte, da consciência.”...
Thich Nhat Hanh
.
.
.
.
“Para estar no “aqui”, tudo que você tem a fazer é abrir mão do que você pensa que é. Isso é tudo! E então você perceberá: ” eu estou aqui.” Aqui é o lugar onde pensamentos não são acreditados. Toda vez que você vem para o “aqui” você se torna um “nada”. Um radiante nada. Absolutamente e eternamente um zero. Um vazio que está desperto. Um vazio que está cheio. Um vazio que é tudo. “ 
Adyashanti
.
.
Foto: "To be here, all you have to do is let go of who you think you are. That’s all! And then you realize, "I’m here." Here is where thoughts aren’t believed. Every time you come here, you are nothing. Radiantly nothing. Absolutely and eternally zero. Emptiness that is awake. Emptiness that is full. Emptiness that is everything."</p>
<p>~ Adyashanti” /></span></p>
<p style=.
“Meditação é aceitação. É a aceitação da vida ocorrendo dentro de nós e em tudo ao nosso redor. Sem a nossa interferência. A aceitação da vida é o início da satisfação humana. A transformação da vida é a culminância da satisfação divina.”
Sri Chinmoy
.
.
.
Meditação é um estado de não-mente. Meditação é um estado de consciência pura sem conteúdo. Normalmente, sua consciência está repleta de lixo, como um espelho coberto de poeira. Há um tráfego constante na mente: pensamentos estão se movendo, desejos, memórias, ambições estão se movendo — é um tráfego contínuo! Dia após dia! Mesmo quando você está dormindo, a mente está funcionando, sonhando; continua pensando, continua com suas preocupações e ansiedades. Ela está se preparando para o dia seguinte; no fundo, uma preparação já está acontecendo. 
Esse é o estado não-meditativo. A meditação é exatamente o oposto. Quando o tráfego cessa e não há mais pensamentos movendo-se e desejos agitando-o, você está totalmente silencioso — este silêncio é meditação. E só nesse silêncio a verdade é conhecida, nunca de outro modo. Meditação é um estado de não-mente. 
Você não pode encontrar a meditação através da mente, pois a mente perpetua a si mesma. Você só pode encontrar a meditação colocando a mente de lado, sendo calmo, indiferente, desidentificando-se dela; vendo seu movimento, mas sem se identificar, sem pensar que você é a mente. 
Meditar é ter consciência de que você não é a mente. Quando esta consciência vai mais e mais a fundo em você, bem lentamente alguns momentos chegam – momentos de silêncio, momentos de total pureza, momentos de transparência nos quais nada o agita e tudo está sereno. Nesses momentos de tranquilidade você sabe quem você é, e conhece o mistério dessa existência. 
E chega um dia, um dia abençoado, no qual a meditação se torna seu estado natural. 
A mente não é natural; ela nunca se torna natural. E a meditação é um estado natural que foi perdido. É um paraíso perdido, mas o paraíso pode ser recuperado. Olhe para os olhos de uma criança, olhe e verá um profundo silêncio, uma inocência. Toda criança vem com um estado meditativo, mas ela tem que ser iniciada nos caminhos da sociedade — tem que aprender como pensar, como calcular, como raciocinar, como argumentar; tem que aprender palavras, linguagens, conceitos. E, pouco a pouco, ela perde o contato com sua própria inocência. Torna-se contaminada, poluída pela sociedade; torna-se um mecanismo eficiente e deixa de ser humana. 
Recuperar esse estado novamente é tudo o que é preciso. Você já o conheceu antes, por isso, quando entrar pela primeira vez na meditação, ficará surpreso – um sentimento muito forte de que você já conheceu esse estado antes surgirá em você. E essa sensação é verdadeira: você já o conheceu antes; apenas se esqueceu. O diamante se perdeu num monte de lixo. Mas se você puder tirar esse lixo de cima, descobrirá o diamante novamente – ele é seu. 
Na verdade, ele não pode ser perdido; apenas esquecido. Nós nascemos como meditadores, depois aprendemos os caminhos da mente. Mas nossa natureza real permanece escondida em algum lugar, bem no fundo, como uma subcorrente. Qualquer dia, cavando um pouquinho, você descobrirá que a fonte, a fonte de águas puras, ainda está fluindo. E a maior felicidade na vida é descobrir isso.

Osho – O Livro Orange
.
.
.
.

“Pode-se dizer que meditação seja a “arte da simplicidade” – simplesmente sentar, simplesmente respirar, simplesmente ser.”

Dilgo Khyentse Rinpoche 

.
.
Foto: “Não desperdicem suas vidas sendo escravos da sua mente e da opinião de outros.”Amma
.
.

“A meditação é um retorno a uma condição natural: a condição natural da mente. Por ficarmos muito ocupados em diferentes “bolhas de ralidade”, mergulhados em emoções e pensamentos variados, surge uma aflição, uma necessidade de retornarmos a alguma coisas mais sólida, mais real; isso nos induz e leva a buscar a meditação. 

A meditação é algo muito simples, porque a própria mente já tem esse espaço interno, não é alguma coisa fabricada, alguma coisa nova, frente a qual nossa mente não saiba o que fazer.”

Lama Padma Santen

.

.
.
.

”A Mente é a grande assassina do Real”.

Helena Blavatsky

.
.
.

O vácuo experimentado na meditação é como o vácuo do espaço, que contém todo o Universo. Tudo, o Sol, as estrelas, as montanhas, os rios, os homens bons, os homens maus, os animais, os insetos e tudo o mais – está contido nesse “nada”. A partir desse “nada” surge tudo o que você é – sua presença. O que mais poderia você ser?

Alan Watts

.
.
Foto: “In mindfulness one is not only restful and happy, but alert and awake. Meditation is not evasion; it is a serene encounter with reality.”</p>
<p>~ Thich Nhat Hanh” /></span></p>
<p style=.
.

“Cesse toda a atividade física e sente-se naturalmente, à vontade. Permaneça em silêncio e deixe o som ser como um eco. Não pense a respeito de nada, olhe para a experiência além do pensamento; com a mentalidade aberta como o espaço. Deixe o controle ir-se e detenha-se e descanse com fluidez neste espaço. A experiência consciente sem projeções é a maior meditação. Treine e desenvolva-se desta maneira e você vivenciará o mais profundo “despertar”.”

Tilopa

.
.
Foto: "Not being tense, but ready.<br />
Not thinking, but not dreaming.<br />
Not being set, but flexible.<br />
Liberation from the uneasy sense of confinement.<br />
It is being wholly and quietly alive, aware and alert,<br />
Ready for whatever may come."</p>
<p>~ Bruce Lee
.

“Você alcança paz mental não ao imaginar ou pensar nessa paz, mas ao aquietar e relaxar a agitada mente. Sua natureza é a paz absoluta. Você não é sua mente. Explore o silêncio na mente através da meditação, e você descobrirá a paz de espírito que você é, e sempre foi.”

Remez Sasson

.
.
.

“Se há paz em sua mente você encontrará paz em todo mundo. Se sua mente está agitada, você encontrará agitação em todos os lugares. Encontre primeiro a paz dentro de si e você verá essa paz interna refletida em todos os cantos. Você é essa paz. Você é felicidade, descubra. Onde mais você poderá encontrar a paz se não dentro de você?”

Papaji

.
.
.
.

“A iluminação é como a Lua refletida em gotas de orvalho. Embora sua luz seja ampla e extensa, a Lua, por inteiro, é reproduzida mesmo em um pequeno pingo de garoa. Cada reflexo manifesta a vastidão imensurável do luar no céu. Da mesma maneira como a iluminação é refletida em um indivíduo.”

Dogen Zenj

.
.
Foto: "Meditate in this way,  ~ During the rest of my life, it is my responsibility to grow in mindfulness and happiness. Each day I will expand kindness I already have and when I wake up each morning, I will open my wisdom-eye and see more and more deeply into the inner universal reality. ”</p>
<p>~ Lama Yeshe” /></span></p>
<p style=.

“A meditação não irá levá-lo a outro mundo, mas irá revelar as mais profundas e extraordinárias dimensões do mundo no qual você já vive. Contemplar calmamente essas dimensões e colocá-las a serviço da compaixão e da amabilidade é o caminho adequado para se obter progressos rápidos na meditação, assim como na vida.” 

 Hsing Yun – Mestre Zen
.
.
Foto: “The inner revolution will not be televised or sold on the internet. It must take place within one's own mind and heart.”</p>
<p>~ Noah Levine” /></span></p>
<p style=.
.

“Erga-se acima das decepções e tentações da mente. Essa é a tarefa. Aprenda a tornar-se sábio, abra mão de todo desejo e seja feliz. O real progresso espiritual do meditante é medido pela extensão de tanquilidade interna e liberdade do desejo.”

Swami Sivananda

.
.
Foto: "Be content with what you have; rejoice in the way things are. When you realize there is nothing lacking, the whole world belongs to you."</p>
<p>~ Lao Tzu” /></span></p>
<p style=.
.

“Quando você puder deixar que o que o está incomodando se vá, a alegria e a felicidade naturalmente voltarão à tona… O que é realmente penoso é ficar revivendo um evento ruim de novo e de novo, segurando-o, sem ser capaz de deixá-lo ir-se. A questão não é que coisas ruins tenham acontecido, é se queremos viver lutando com elas ou eventualmente deixar que se vão. Esta é a chave para a meditação, ir dissolvendo e liberando tudo o que for trauma, no claro espaço da lucidez.”

Bruce Frantzis

.
.
Foto: "Everything passes, nothing remains. Understand this, loosen your grip and find serenity.”</p>
<p>~ Lama Surya Das” /></span></p>
<p style=.
.

“Não tenho desejo algum por riqueza ou posses, então, não possuo absolutamente nada. Eu não experiencio o sofrimento inicial de ter que acumular posses, o sofrimento intermediário de ter que protegê-las e preservá-las, e nem o sofrimento final de perdê-las.”

Milarepa
.
.
.
. 

“Lembre, você não medita para ganhar algo, mas para abrir mão de algo. Nós o fazemos, não com desejo, mas “deixando ir”. Se você quer algo específico da meditação, não encontrará; não será capaz de encontrar. Mas, quando seu coração estiver pronto, a paz virá, procurando por você.”

Arjahn Chah

.
.
.
.

“Na mesma medida em que cultiva certos desejos sobre como a vida devia ser, você se torna impedido de enxergá-la.”

Ram Dass

.
.
.
.
“Vá além de tudo. Não colete nada. Um rei não não necessita ir às compras em seu próprio reino. E ele também não esmola. Lembre, você é apenas a consciência da “genuína realidade interna”. Tudo o que brota  são aparências na consciência. Não se perturbe com tudo isso. Repouse apenas na consciência. Esse é o segredo.”
Mooji
.
.
.

“A vida irrefletida
não vale a pena ser vivida.”

Sócrates

.
.
..
.
.
“Não acreditem em mim, testem.”
Buda
Qual a função da meditação?
Monge Genshô – Nós vivemos numa grande turbulência. Como um copo d’agua com areia que está sendo constantemente mexido e a areia deixa a água turva, porque não paramos em nenhum momento. As pessoas tomam banho todos os dias porque suam, e aí começam a cheirar mal. Então adquirimos o hábito de tomar banho todos os dias. Nos lugares onde as pessoas não podem tomar banho todos os dias, o cheiro torna-se rapidamente muito forte.
Mas as pessoas deixam que suas mentes sejam sujas todos os dias. Secretam maus pensamentos, más atitudes, se perturbam, se preocupam com memórias, se preocupam com o futuro. Ninguém pára para limpar sua mente, muitas pessoas deitam na cama para dormir e começam a pensar – Amanhã, semana que vem, etc – e não conseguem dormir direito. O sono já tem a função de deletar muitos arquivos. Arquivos temporários que estão atravancando a mente. Mas ele não é suficiente, tanto que vemos muitas pessoas ansiosas ou com depressão. Se nós sentarmos em zazen, começaremos a mudar nossa mente. E se começarmos a ter experiências de despertar cada vez maiores, nosso cérebro torna-se cada vez mais feliz. Há uma mudança verdadeira verificável por ressonância magnética. De vez em quando a gente vê uma noticia assim, “Os médicos examinaram tal Monge Budista que pratica meditação e ele é o homem mais feliz do mundo”. Então já tivemos o homem mais feliz do mundo da Índia, o homem mais feliz do mundo do Butão, o homem mais feliz do mundo da França, etc. Isso é bobagem, basta você praticar meditação e você se torna uma pessoa mais feliz por natureza, porque você começa a descartar essas coisas, começa a aprender, ouvindo o Dharma, praticando o treinamento da mente, usando o zazen para estabilizar a mente e ganhar força psíquica. Isso é mero treinamento, não existe nada de milagroso, não existem milagres no Zen. Não existem poderes sobrenaturais que vêm de fora, não existem bençãos sobrenaturais que um monge pode dar. As imagens são só para nos lembrar.
Manjushri, discípulo de Buda, está sentado tranquilamente sobre um leão, está colocado na sala de meditação porque vocês sentam nos “leões turbulentos” de suas mentes. É só isso, na realidade é apenas pedra sabão. Mas fazemos reverências. Fazemos reverências para quem? Não para pedras, mas para “idéias”. Para treinar a nós mesmos, porque corpo e mente estão ligados e porque corpo e mente estão ligados, adotamos posturas corretas. Dessa forma, nossa mente começa a se corrigir, a ser disciplinada. Usamos roupas também para isso. Tudo são métodos de treinamento. Podem ser outros métodos, não importa, não há nada de “o verdadeiro” ou “o certo” no Zen. Não se trata disso, trata-se só de método de treinamento. Que é um método bastante interessante, tem uma certa tradição, são 2.600 anos mais ou menos de prática, então ele já foi bastante aperfeiçoado, não tente aperfeiçoá-lo apressadamente. Depois que você praticar uns trinta anos, então pode começar dar alguns palpites. Ficou bem claro para que serve o zazen? Treinamento, limpeza, felicidade, despertar. Aqueles que despertaram estão livres. O dedo do Budismo aponta para a liberdade. O Budismo não é nenhuma prisão e não depende de nenhuma crença, só de experiência. A única coisa que você precisa é acreditar que vale a pena treinar, que você desconfia que dá certo. E pronto. Buda mesmo disse – “Não acreditem em mim, testem”. Eu como Monge Zen digo a mesma coisa para vocês – “Não acreditem em mim, testem”.
Monge Genshô
.
.
.

“Quando você está inspirado por algum grande propósito, algum projeto extraordinário, todos os seus pensamentos rompem as próprias amarras: sua mente transcende limitações, sua consciência se expande em todas as direções, e você encontra um mundo novo e maravilhoso. Forças adormecidas, faculdades e talentos tornam-se vivos e você se descobre uma pessoa maior, muito além do que você jamais sonhou ser.”

Patanjali

.
.
.

“A meditação é uma maneira de ir para dentro de si mesmo,
de perceber que você não é o corpo e você não é a mente.
É um modo de fixar em nós mesmos, no mais profundo centro
do nosso ser; e uma vez que você encontrou o seu centro,
você terá encontrado tanto suas raízes quanto suas asas.”

Osho

.
.
.
.

“Meditação não é uma fuga do mundo, ao contrário, ela significa olhar mais profundamente dentro dele, sem os entraves dos preconceitos ou da familiaridade com hábitos que nos cegam para as maravilhas e os profundos mistérios que nos cercam.”

Lama Anagarika Govinda

.
.
.
..

Leia Também:

Osho – Crescimento Espiritual: http://pedrotornaghi.com.br/blogger/?page_id=1023
Krishnamurti – A verdade é um estado de ser: http://pedrotornaghi.com.br/blogger/?page_id=1984
.
.
.