sábado, 20 de maio de 2017

DESPERTANDO O CONHECIMENTO - O RELACIONAMENTO DO HOMEM COM OS ELEMENTAIS - MENSAGEM DO Maha Chohan (Paulo Veneziano)

O RELACIONAMENTO DO HOMEM COM OS ELEMENTAIS

 

No próprio homem reside o Reino Mental onde os Seres Elementais que correspondem ao pensamento tomam forma e mantêm-se no corpo mental. O mundo do pensamento representa o centro magnético para o reino dos Seres Elementais. O homem será MESTRE quando souber unir, conscientemente, os dois reinos, elemental e angélico, pelo domínio consciente do pensamento e por meio do controle de energia dos seus sentimentos.

A palavra PONTE, entre estes dois reinos, tem considerável significado. Os demais reinos, por conseguinte também o reino humano, estarão unidos por meio de apelos, serviços divinos, desenvolvimento espiritual e divina Bem-Aventurança, por toda a eternidade.
O Reino Elemental deve aprender a controlar a energia por meio do pensamento, o que quer dizer: manter um modelo ou um plano construtivo,para que toda a humanidade possa alegrar-se na perfeição do Templo da Natureza. 
O homem deverá dominar os dois, pensamento e sentimento para poder ser um MESTRE!

Em conclusão, cada individuo pode ser a Presença Consoladora para si próprio, uma vez que se identifique com as Leis da Harmonia, Amor, Beleza, Bondade, Tolerância, Pureza e Paz. Cada homem deve tornar-se a Presença Consoladora, por meio das energias de seus próprios corpos físico, mental e emocional, e com as Forças dos Seres Elementais estas atuando dentro e fora dele. Percebereis que todos os Seres viventes, levados pelas circunstâncias, carma, etc., achegar-se-ão a essa Presença Consoladora, pelo desejo de serem abençoados por Ela.

Já é tempo de os homens reconhecerem este maravilhoso serviço e darem aos Reinos Elemental e Angélico o seu reconhecimento, o seu amor a todos os Seres que prestam, constantemente, serviços à humanidade, Sem o Reino dos Elementais não haveria, sequer, uma única forma! Sem o Reino dos Anjos a humanidade não poderia receber as bênçâos de Deus.

Eu Sou o Maha Chohan (Paulo Veneziano)