sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

DICAS TERAPÊUTICAS - 7 sinais de desequilíbrio hormonal

7 sinais de desequilíbrio hormonal 


sinais-de-desequilibrio-hormonal.jpg 
Ao ouvir falar em desequilíbrio hormonal,
o que vem a sua mente​? Se a resposta for as mudanças que ocorrem na menopausa e na gravidez, vale a pena rever alguns conceitos. A primeira coisa a se ter em mente, é que alterações hormonais nos acompanham durante toda a vida e não são sinônimo de problemas.
Contudo, às vezes estas alterações podem se transformar em desequilíbrios por uma série de fatores: o estresse (um dos principais causadores do desequilíbrio), excesso de toxinas no corpo por conta de uma alimentação inadequada e cheia de alimentos industrializados, adoçados e açucarados; poluição; uso de medicamentos e outros.
Para ajudar a identificar possíveis sinais de desequilíbrio hormonal, listamos 7 sintomas que podem ser usados de alerta e ajudar a decidir se é preciso buscar ajuda profissional.

Perda de massa magra

Após os 35 a 40 anos, a nossa tendência é começar a perder massa magra (ou seja músculos), o que vai ficando mais acentuado após os 50. Contudo, uma perda de massa magra antes desta idade ou mesmo depois, especialmente se você se exercita regularmente, pode ser um sinal de que seu sistema endócrino está sob forte estresse e pode estar produzindo menos de alguns tipos de hormônio e demais de outros - como por exemplo o cortisol, um sinal de fadiga adrenal.
Se a perda de massa magra estiver combinada com o ganho de gordura abdominal, especialmente na barriga, pode ser um sintoma de desequilíbrio hormonal.
sinais-de-desequilibrio-hormonal-3.jpgiStockphoto/Thinkstock

Ganho de peso constante

Você se exercita com regularidade, come de forma saudável mas o peso parece aumentar progressivamente. Pode ser sinal de que os hormônios estão desbalanceados: alimentação com muitos alimentos refinados, doces e comidas prontas podem mostrar uma resistência a insulina (que leva a diabetes) e desequilibra o sistema hormonal.

Cansaço que não passa

Se você sente uma fadiga extrema, sem motivo aparente, que transforma as tarefas do dia a dia em um suplício, vale a pena dar atenção a este sintoma. Não é normal sentir cansaço constante, as vezes junto com uma espécie de névoa mental que dificulta a tomada de decisões e atrasa as coisas a fazer. Observe seus hormônios e nível de açúcar no sangue!
sinais-de-desequilibrio-hormonal-1.jpgWavebreak Media/Thinkstock

Libido em baixa

Sua cara metade vem reclamando do seu desinteresse na cama e você realmente vem sentindo uma perda de desejo sexual mesmo sem problemas no relacionamento​? Junto com outros sintomas, pode ser sinal sim de desequilíbrio hormonal. Não negligencie!

Ansiedade aflitiva

Nada de diferente aconteceu na sua vida mas a ansiedade anda alta, você se pega criando cenários terríveis na sua cabeça, sempre acha que algo terrível aconteceu ou vai acontecer, as vezes sente uma depressão tomando conta. A causa pode ser hormonal, não espere piorar, faça um check up.
sinais-de-desequilibrio-hormonal-2.jpgPhotodisc/Thinkstock

Insônia

Você sempre dormiu bem mas de uns tempos para cá as noites tem sido um inferno, pois na hora que deita o sono não vem - ou você dorme facilmente mas acorda pouco tempo depois e não consegue mais voltar a dormir. Se não existe um fato real que pode estar causando a insônia (como um problema, estresse no trabalho, uma decisão importante), pode ser o desequilíbrio hormonal se manifestando.

Fissuras alimentares

De repente você não consegue mais viver sem chocolate, uma taça de vinho, o salgadinho predileto. Cuidado, as fissuras alimentares são sinais de que o corpo não está recebendo todos os nutrientes que precisa ou que os hormônios estão em desequilíbrio. Diminua os açúcares, bebidas estimulantes, álcool e se observe.
Todos os sinais acima podem ser sintomas de outros problemas, mas se você perceber que tem mais de um de forma recorrente, vale a pena cuidar melhor da alimentação e ir investigar possiveis desequilíbrios hormonais.