sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

EQUILÍBRIO E HARMONIA - Que nossas mãos abençoem tudo que tocar, que 2017 seja marcado pelo nosso PODER DE ABENÇOAR!

A ENERGIA DAS MÃOS









Como utilizar a energia de nossas mãos
Como fazer uma Bola de Plasma entre as Mãos
Nossa Energia em Intensidade


O corpo humano é energia eletromagnética e eletrostática, chamado frequentemente de campo áurico. Ele responde ao som, luz e cor e muda a cada instante.
A energia cinética de um objeto é a energia extra que ele possui devido ao seu movimento.
Atrito é a força de duas superfícies em contato, ou a força de um meio de agir sobre um objeto em movimento.
Quando superfícies de contato se movem em relação uns aos outros, o atrito entre dois objetos converte a energia cinética em energia térmica, ou calor.
O atrito interno está relacionado à capacidade do organismo de se recuperar de uma deformação externa.
O atrito de deslizamento não é causado pela rugosidade da superfície, mas pela ligação química entre as superfícies.
Então, se movimentar uma energia acumulada e compactada em direção a outra superfície, as forças eletromagnéticas entre átomos vão derivar.
Você já deve ter estudado sobre Energia Potencial no colégio, e sendo um armazenamento diferenciado de força e posição, nos interessa no momento a energia térmica para efetuar a técnica a seguir.


CRIANDO UMA BOLA DE PLASMA ENTRE AS PALMAS DAS SUAS MÃOS 

Você pode sentar e relaxar para esta atividade.
Suas mãos devem estar na temperatura ambiente, limpas e secas.
Colocar os cotovelos junto ao corpo ou em uma mesa na frente de você.
Coloque as palmas das mãos voltadas uma para a outra, entre um e dois centímetros de distância, mas sem se tocarem.
Gire as mãos lentamente, em pequenos círculos, num primeiro momento.
Elas irão automaticamente se mover em direções distintas.
Sinta a energia que se desloca entre as palmas das mãos.
Você está construindo uma bola de plasma de energia.
Quando você parar de mover suas mãos, deixe-as numa posição de concha.
Você deve sentir a bola de plasma.
A intensidade da energia criada entre as mãos varia de pessoa para pessoa e de experiência para experiência.
Para algumas pessoas, haverá pouca energia transferida, mas para outras, o efeito da utilização desta bola de plasma pode realmente se mover e mudar as coisas ao redor.
Algumas pessoas conseguem jogar esta bola através de um ambiente, e mover um objeto.
Nunca consegui, mas dizem que é possível.
Quando você terminar, as energias podem continuar nas palmas das mãos, então assopre-as.
E se continuar sentindo o calor, encoste suas mãos no chão, na terra, isso irá dissipar a energia.
Para cura:
Quando aprender a controlar esta energia, você pode posicionar sua mão em alguma dor que tenha e sentirá um alívio, é assim que se cura doenças.
Como no Reiki, que estuda a posição e o controle focando a cura das pessoas.
Todos somos curandeiros natos, apenas não sabemos utilizar o método.


MAGIA DE SER UM CURADOR

Qualquer pessoa pode se tornar um curador, desde que ele compreenda que é apenas um canal, através do qual o perfeito amor espiritual pode fluir.
Quando você está doente, você se desconectou da capacidade de se curar.
Você perdeu o contato com a sua fonte de cura.
Suas habilidades de cura serão encontradas ao se reunir com a Fonte.
Como um curador, você permanece em contato com o todo, sem se tornar vítima da superstição da separação, o que faz com que a doença tome posse, em primeiro lugar.
Quando você toca a doença do outro com a energia do espírito ou da fonte, você ativa a conexão e facilita o processo de cura.
Neste sentido, sim, você é um curador, ainda que não cure ninguém.
Você nem mesmo precisa compreender a mecânica deste processo.
Quando você ajuda o outro a se tornar ciente da fonte, da qual ocorre a cura, você não somente facilita a cura, mas age também para ajudar outros a prevenir doenças futuras.
Estou convencido de que você pode realmente se tornar um instrumento de cura, elevando o seu campo energético para níveis mais elevados e mais espirituais.
Deus não cura a doença, porque a doença não é aceita como um poder separado.
Pelo contrário, Deus é o poder da harmonia.
Seja este poder, viva lá, e você estará trazendo a graça a um dano em sua vida, e às vidas daqueles que encontrar, que vivem na ilusão da doença.
Acredite neste poder.
Isto não é um milagre, mas simplesmente, a maneira como as coisas são.
Como São Tomás de Aquino colocou:
“Milagres são sinais não para os que crêem, mas para aqueles que não crêem.”