quarta-feira, 16 de novembro de 2016

DESPERTANDO O CONHECIMENTO - "ENERGIAS DISCORDANTES"

Quem vive com uma ENERGIA DISCORDANTE por muito tempo ou anos sem entende-la é porque adoeceu na ignorância.


Resultado de imagem para proteção psiquica

Reconhecer a própria escuridão é ser grato pelas lições que ela trouxe para vida deste ser. Quando se aprende uma lição com uma ENERGIA DISCORDANTE ela não é mais bem vinda e deve ser direcionada para cortar todos os laços negativos e contratos espirituais para que a harmonia retorne ao ser.

O que aprendemos com as ENERGIAS DISCORDANTES? Quais são as suas mensagens?
Um ambiente escuro - Alguém deprimido.
Um lugar abafado - Há pessimismo.
Uma constante desordem - Pessoa confusa.
Um lugar iluminado - Gente feliz.
Um lugar arejado - Há animação.
Um lugar bem arrumado - Há organização.
Um Especulador - Pessoa desestruturada.
A energia trocada no sexo também vem em forma de "informações".
Resultado de imagem para proteção psiquica
Todos nós desejamos nos ver livres das energias discordantes, sentimos muitas vezes que, estamos envoltos em vibrações pesadas demais, que nos causam mal-estar e amarram nossos caminhos. É preciso compreender porém que a energia discordante, que entrou em nossa vida encontrou alguma porta aberta, dentro de nós. Mas se entrou,algo deixou,de positivo ou negativo.
Não é a palavra em si, mas a sua receptividade em relação a palavra dita é que causará o efeito. Escutamos isso e aquilo, e instintivamente aceitamos consequentemente sua ação.
A mente pode abrir e também pode fechar uma abertura nesse campo. Isso tanto pode ser feito de forma consciente como inconsciente.
As formas inconscientes são derivadas de certos gatilhos subconscientes que devido a ganchos instintivos ou seja, pequenos arranjos de certos instintos com polaridades afins criam uma especie de porta automática igual aquelas vistas nos aeroportos, só que ao invés de se abrir quando sente a presença de alguém, essa porta se abre frente a certos gestos. Mesmo que esses gestos sejam inconscientes eles abrem essa porta ou janela nesses campos.
Nesse preambulo introdutivo pode-se entender que podemos abrir nossos campos energéticos mesmo que inconscientes. Se assim é, isso quer dizer que a ignorância nesse fato, pode nos acarretar diversos problemas.
O ataque psíquico é justamente aqui que traz os mais diversos dissabores. O ataque psíquico não é somente caracterizado por roubos de energia no astral, mas também pela transformação vibracional dessa energia aqui no físico. Essa transformação pode ocorrer diante de uma palavra, um gesto, qualquer coisa que nos machuque ou nos traga desconforto emocional e até mesmo como uma mensagem que devemos melhorar.
Se entendemos,mesmo em forma de dor, é que estamos evoluindo.
Uma dor,seja de que tipo for,é manifestação de uma ENERGIA DISCORDANTE mas que permite,pelo progresso de catarse,a expulsão de padrões vibratórios inferiores do Ser em apreço, que ultrapassando os limites permitidos pela Lei do Equilíbrio Universal,necessita ser reconduzida em sua marcha evolutiva. Pela intensificação da consciência nos corpos que estão sendo tratados,a Alma adquire o fortalecimento da relação Criador-Criatura que havia se entorpecido pelos afazeres involutivos.
As vezes, uma pessoa, infelizmente,entende uma mensagem de uma ENERGIA DISCORDANTE como invertida. Aquele que ignora ou não consegue decifrar esse tipo de mensagem,é uma pessoa que não conseguem expressar um sorriso,é egoísta ou hipocondríaca,que se oprime e denigre a si mesmo.
Tenta ser forte quando se está impiedosamente si maltratando,ignorando a própria ignorância e vivendo com o próprio mal-estar.
Quem vive com uma ENERGIA DISCORDANTE por muito tempo ou anos sem entende-la é porque adoeceu na ignorância.
Há mensagem dolorosas em forma de ENERGIA DISCORDANTE impossível de ignorar,que é a que vem da alma;um ponto de desequilíbrio entre o corpo,a mente e o espírito.
As pessoas em si,podem fechar os olhos e ignorar a sua dor, a angústia, a aflição, a tristeza, a fome, as drogas, as doenças que lotam os hospitais no mundo,mas não podem ignorar seu ideal.
Pode viver sem dor, viva-a,mas não se desarmonize por causa dela.
Temos a questão da ENERGIA DISCORDANTE sexual. Segundo Cristina Longhi ,"cada pessoa que passa pela nossa vida deixa em nós um "fio" de energia conectado e com o sexo isso não é diferente. Mas no sexo existe algo a mais que é trocado e este pode vir a ser um problema dependendo da pessoa que tiver transado porque estes fios ficam por muito tempo conectados a nós e nós ficamos então trocando informações energéticas por muitos anos ainda. Com o tempo os fios vão diminuindo de espessura e os vínculos são cortados, mas leva-se anos".
Nos fluídos corporais existe uma informação que carrega como um código aquilo que cada um é. Quando através do sexo entramos em contato com esta energia "puxamos" parte desta informação para a gente, como se estivéssemos puxando parde dos problemas desta pessoa. Se você então tiver transado com alguém problemático por exemplo, você fica contaminado com estes problemas de certa forma muito mais que outras pessoas. É como uma teia de informações, que se espalham do outro para você e vice versa. Imagine que você deixa de estar totalmente "puro" quando se mistura desta forma com outras pessoas,(são chakras com chakras).
Claro que não dá para ficar sem sexo, até porque através do orgasmo é possível se conectar com a energia divina e com isso trazer poder de criação para a sua vida, mas isto é outra história para ser explicada num futuro artigo.
Bem, quando você puxa para você informações, que não são suas, isso pode atrapalhar sua caminhada, pois você levará mais tempo para limpar tudo isso, ou melhor, resolver. O importante é ter consciência destas trocas e também ter respeito pela história do outro. Quando a gente abençoa a vida do outro, sua história de vida e seu caminho a gente começa a desfazer estes vínculos, agora quando a pessoa fica com raiva, etc...aumenta este vínculo. Tudo é energia.
O outro e nós somos na verdade um só, viemos da mesma fonte. A questão é que estamos em momentos diferentes, e quando você transa com alguém mais "atrasado" neste aspecto que você "volta" um pouco para trás novamente. É como uma influência que acontece como nos vínculos que temos na vida no geral. Você pode perceber que sua turma de amigos ou conhecidos, enfim, as pessoas que você mais convive dia a dia são a "média" daquilo que você é. Ou seja, aquilo que nos conectamos, faz parte daquilo que somos no momento. Quando estamos no meio de pessoas bem resolvidas por tabela vamos ser influenciados e vice versa. Portanto, a chave é a consciência, o respeito e a entrega de corpo e alma. A entrega para si mesmo. Quando isso acontecer você só se envolverá com tudo aquilo que sente que vale a pena, pois estará entendendo o seu templo, o seu corpo e a sua energia!