sexta-feira, 17 de junho de 2016

DESPERTANDO O CONHECIMENTO - OUVINDO A INTUIÇÃO

Ritual para melhorar a intuição




                A intuição é um dom muito sublime. Você quer melhorar sua intuição, tornar-se mais sensível às energias que o rodeia  e ouvir os sussurros reveladores e sinceros que estão ao seu lado? Então,passe a praticar esse pequeno ritual periodicamente.

Recomenda-se praticá-lo em completa solidão, em um lugar calmo e silencioso. O melhor momento para fazê-lo  é a madrugada, pois nesse momento, a partir das três horas da manhã, os dons misteriosos que regem o mundo ficam mais aflorados, mas não fará diferença se o fizer em outro horário, desde que seja um ambiente adequado. Você precisará de objetos simples:

-Um espelho grande
-Uma vela branca
-Um cálice transparente com água, cheio até a metade
-Um incenso com um aroma bem leve, o de Lótus é recomendado
-Um tecido branco, quase transparente, de mais ou menos 1 metro por 1 metro.

O procedimento é bem simples. Cumprimente e peça licença aos espíritos da terra e sente-se diante do espelho, você deve conseguir visualizar-se totalmente.
 Acenda a vela e a ofereça aos espíritos do fogo. Coloque-a à sua esquerda.
 Acenda o incenso na chama da vela e o ofereça aos espíritos do ar. Coloque-o há suas costas.
 Pegue o cálice com água e o ofereça aos espíritos da água. Coloque-o à sua esquerda.
 Por fim, para melhorar o andamento do ritual, desenhe na área do seu chacra central e nos seus dois pulsos, um pentagrama, pode desenhá-lo com lápis de olho, é mais fácil para fixar na pele e o mesmo para sair.
Observe as imagens que são refletidas no espelho, analise a si mesmo detalhadamente. Encare sua condição naquele exato momento. Se de alguma forma você estiver insatisfeito consigo mesmo ou com os acontecimentos de sua vida, encare-as, reflita todas elas no espelho. Assim sendo, visualizando a realidade, diga olhando para o espelho, em tom seguro:
— Nem tudo é o que parece ser.
Assim, cubra sua cabeça com o tecido transparente e continue olhando no espelho. Dessa vez, não é você quem estará sendo refletido no espelho, mas sim, sua alma. 
Nada do que antes foi refletido é o mesmo, tudo estará diferente. Você estará pensando diferente, vendo diferente, sentindo diferente. 
Desse modo, concentre-se na energia que o rodeia, nos espíritos que dançam à sua volta, mas palavras verdadeiras que poucos conseguem ouvir. Seu corpo sentirá a manifestação do além, um calor envolvente e aconchegante, talvez um dormencia excitante ou mesmo o frio intenso. Feche os olhos e respire fundo. Ouça o silencio...Aos poucos você se sentirá cada vez mais leve e confortável.
 A princípio você terá pensamentos descoordenados, como se estivesse tendo conclusões sem mesmo ponderar, como se estivesse conversando consigo mesmo pela mente. Deixe isso acontecer, não tente controlar.
A medida que a intensidade for aumentando, arrisque-se a conversar em voz alta com os espíritos que estão em volta. Peça conselhos a eles, suplique para que eles ajudem a abrir seus canais intuitivos.
Nomes, frases, imagens e acontecimentos virão à sua mente. Aos poucos, começará a escutar ruídos, e a medida que for praticando esse ritual, irá ficar tão sensível que sentira, ouvirá e verá muito mais do que conseguir explicar.
Quando terminar seu tempo de contemplação, antes de tirar o tecido de sua cabeça, diga:
— As coisas são muito mais do que parecem ser.
Tire o tecido, deixe a vela e o incenso queimarem até o fim. Beba a água e agradeça aos Deuses pela oportunidade
Texto retirado da net