terça-feira, 28 de junho de 2016

DESPERTANDO O CONHECIMENTO - Como Ser um Mentalista: 16 Passos...FUNDAMENTAIS

O mentalista é alguém que parece ter poderes sobrenaturais para adivinhar a verdade sobre uma pessoa e muitos fatos sobre a vida dela. Ele deve ser um ótimo decodificador, ter habilidades de observação e uma aptidão bastante desenvolvida para observar detalhes minuciosos. Muitas pessoas, de perfiladores criminais a mágicos, usam táticas de mentalistas e um conhecimento prático de psicologia para interpretar o comportamento humano. Os mentalistas podem não só chamar atenção como também entreter praticamente qualquer pessoa no planeta. Quer ligar seu modo Simon Baker? Veja como.

Parte 1 de 3: Encontrando as mentiras

  1. Imagem intitulada Be a Mentalist Step 1
    1
    Faça julgamentos rápidos e bem informados. Parte de ser um mentalista é confiar em seu julgamento. Infelizmente, a maioria das pessoas desligou a própria habilidade de observação. A avaliação geral e secreta fornece boas informações subjacentes que normalmente não são notadas. Por exemplo, as mãos da pessoa são macias ou calejadas? A musculatura é tonificada ou não? A pessoa se veste para se destacar ou para se esconder? Use a si mesmo como exemplo: o que alguém poderia aprender sobre você apenas com a observação?
    • Existem dezenas de itens de avaliação geral que ajudarão você a traçar um perfil da pessoa. Pense no Sherlock Holmes: ele não tinha poderes extra-sensoriais, apenas percebia as coisas. Uma leve linha bronzeada no dedo anelar esquerdo, uma marca de caneta na mão esquerda e ele saberia que a pessoa é divorciada ou separada e destra. Confie nesses julgamentos instantâneos!
  2. Imagem intitulada Be a Mentalist Step 2
    2
    Procure por pistas físicas. O trabalho de um mentalista é provocar memórias e fazer os sinais aparecerem, mesmo que a pessoa não consiga se lembrar da informação. Os sinais o ajudarão a observar o que a mente sabe, mas a memória não consegue recordar. Lembre-se de que, embora alguém possa dizer que não se lembra de algo, o cérebro grava tudo. Assim, a informação está lá, mas não está acessível para aquela pessoa naquele momento. Os sinais incluem:
    • Dilatação ou redução da pupila (a primeira está associada a emoções positivas, e a segunda, a negativas);
    • Para onde a pessoa olha;
    • A velocidade da respiração;
    • A frequência cardíaca;
    • A transpiração relativa do corpo.
  3. Imagem intitulada Be a Mentalist Step 3
    3
    Use-se como primeira cobaia. Não é útil saber quais sinais procurar se você não souber o que eles indicam. Embora cada pessoa seja um pouco diferente, os sinais costumam ser consistentes, portanto fique em frente a um espelho e comece a estudar seu próprio rosto. Observe o seguinte:
    • Quando pensar em uma memória positiva, suas pupilas devem se dilatar. Ao pensar em uma experiência negativa, elas devem ficar menores. Imagine ambos os cenários e veja o que acontece.
    • Pense em uma resposta para a seguinte pergunta: do que você gosta na praia? Perceba para onde olhou ao pensar na resposta. Caso tenha dito algo como uma fogueira, você provavelmente a visualizou e olhou para cima. Se tiver respondido algo como os sons e os cheiros, provavelmente permaneceu olhando para frente. Caso tenha falado da areia nas mãos, você pode ter olhado para baixo. As respostas visuais geralmente elevam o olhar; as aurais o mantêm no nível do horizonte, e as táteis o levam para baixo.
    • Fique nervoso. Como esse sentimento se manifesta no seu corpo? Como estão seu coração e sua respiração? O que você está fazendo com as mãos? Agora passe por outras emoções, como tristeza, felicidade, estresse etc.
  4. Imagem intitulada Be a Mentalist Step 4
    4
    Perceba as mentiras. Grande parte do trabalho envolve observar os sinais descritos acima. Na verdade, é isso o que faz um polígrafo: ele mede a pressão sanguínea, a pulsação e a transpiração. Quanto mais altos esses números, maior a chance de a pessoa estar mentindo. Mas você também pode fazer coisas que um polígrafo não faz, como ver quando alguém não está olhando nos seus olhos, quando a pessoa está girando os polegares ou quando está sendo inconsistente no comportamento verbal e não verbal.
    • Dominar a detecção das micro expressões é algo muito bom. Elas são pequenos "flashes" de como a pessoa se sente de verdade antes de encobrir as emoções de maneira consciente. Costumam ser sentimentos negativos ou de aflição que se deseja esconder por algum motivo.
    • Preste atenção a todo o corpo da pessoa: o quanto ela engole saliva, se ela toca o nariz ou a boca, o que ela está fazendo com as mãos, os dedos e os pés e como está a postura dela em relação a você. Ela está inclinada em direção à porta? Provavelmente, em seu subconsciente, ela quer ir embora.
  5. Imagem intitulada Be a Mentalist Step 5
    5
    Faça perguntas condutoras. Persuadir as pessoas é importante para um mentalista. No mínimo, você precisa convencê-las de que é um mentalista. Se uma pessoa receber alguma evidência de que alguém pode ler a mente dela, ela ficará facilmente confusa entre a telepatia e a observação ou a persuasão. Uma maneira simples de causar essa confusão é fazendo perguntas que conduzam a algo.
    • O médium autoproclamado norte-americano John Edward e outras personalidades televisivas são ótimas nisso. Elas começam com perguntas como: "Estou vendo um 19. Significa algo para alguém?". Eles começam de maneira vaga até que alguma pessoa se envolva com algo que foi dito. Em seguida, fazem perguntas como: "Você era muito próximo a ele, não?", e a pessoa responde, sentindo-se compreendida. O médium só está fazendo perguntas bastante vagas, e a pessoa está preenchendo as lacunas para ele.
  6. Imagem intitulada Be a Mentalist Step 6
    6
    Pratique observar um local de modo atento. Veja todos os detalhes do ambiente e note todas as interações humanas, das mais íntimas até a maneira como todos estão agrupados. Muitas vezes, apenas um olhar de dez segundos pode indicar a você como cada um está se sentindo.
    • Se você vir uma ou duas pessoas perto da porta, elas podem ter ansiedade social. Você observa alguém cuja linguagem corporal esteja claramente focada em outra pessoa? Ele está interessado naquela pessoa, provavelmente de maneira sexual. E, se todos estiverem alinhados em direção a um indivíduo, você encontrou o alfa. Esses são apenas três exemplos.
    • Se puder, grave algo. Comece com pequenos segmentos, observe, grave e reveja várias vezes para encontrar as informações que você não viu da primeira vez.

Parte 2 de 3: Convencendo os outros

  1. Imagem intitulada Be a Mentalist Step 7
    1
    Memorize um comportamento básico para as pessoas com quem está lidando. Ele indica como a pessoa costuma agir em qualquer circunstância. Como cada indivíduo é diferente, você será bem mais eficaz nas suas leituras se tiver esse comportamento básico, e saberá o quanto a pessoa está sendo receptiva em relação a você.
    • Um exemplo fácil são aqueles que gostam de flertar. Quando estão confortáveis, eles podem tocar, rir e apontar para alguém que acham atraente. Outros, embora confortáveis, podem considerar as mesmas atitudes uma violação do espaço pessoal. Ambos estão se sentindo da mesma maneira, porém demonstram de modos bem diferentes.
  2. Imagem intitulada Be a Mentalist Step 8
    2
    Seja confiante. Cerca de 99% do trabalho de fazer as pessoas acreditarem ou concordarem com você está na confiança (a estatística precisa de verificação). Como os políticos são eleitos? O que torna um vendedor eficaz? Quem é aquele cara que pega todas? Podemos achar que tem algo a ver com a inteligência ou com a aparência (e essas coisas não prejudicam), mas no fim, é uma questão de confiança. Quando você se sente confiante o bastante, nem sempre ocorre às outras pessoas questionar seu julgamento.
    • Caso você esteja com medo de declarar suas habilidades mentalistas, corte esse hábito! Você na verdade estará vendendo a si mesmo. As pessoas estão procurando ser convencidas por você, e não buscando a informação mais precisa ou lógica. Quando perceber que não se trata do que diz, mas sim de como o diz, grande parte da pressão diminuirá.
  3. Imagem intitulada Be a Mentalist Step 9
    3
    Ouça. O X da questão está no fato de que as pessoas nos dizem coisas com muito mais frequência do que percebemos. Se fôssemos ouvintes melhores, todo um novo mundo se abriria para nós. Nossas memórias melhorariam e faríamos conexões que não víamos antes. É isso o que os mentalistas fazem.
    • Uma parte importante de ouvir e ser um mentalista eficaz reside em ler o que está nas entrelinhas e perceber o que as pessoas querem dizer de verdadequando estão falando. Se seu amigo diz a você: "Meu Deus, malhei taaaanto hoje", ele na verdade está dizendo: "Por favor, me dê um tapinha nas costas. Preciso que alguém me diga que estou em forma". É esse texto oculto que dará informações a você.
  4. Imagem intitulada Be a Mentalist Step 10
    4
    Aja naturalmente. O que está fazendo mesmo é dando um espetáculo. Por isso, em vez de fingir ser alguém que não é e fazer toda uma cena dramática em torno disso, seja você mesmo! Seu eu genuíno é bem mais convincente do que qualquer outra coisa.
    • No máximo, pareça estar se divertindo um pouco. Pense naqueles atores que estão sempre com um leve sorriso no rosto e propensos a pequenos arroubos de uma risada abafada quando dão uma entrevista. Eles estão totalmente relaxados e parecem descolados. Seja como essas pessoas!
  5. Imagem intitulada Be a Mentalist Step 11
    5
    Implante ideias. E você pensou que "A Origem" era só um ótimo filme com o Leonardo DiCaprio. Embora você ainda não possa implantar sonhos, é possívelimplantar ideias. Digamos que você queira fazer alguém pensar em uma palavra, como "relógio". Você insere a palavra na conversa antes, olha para o seu casualmente, ainda que rápido, e depois pede para a pessoa pensar em um acessório. Bum! Leitura da mente.
    • Comece a experimentar com coisas pequenas, como o exemplo acima. Chame um ou dois amigos e veja se consegue pensar em alguns cenários nos quais eles não saibam que ideias estão sendo implantadas nos cérebros deles. Depois de pensar em meia dúzia de palavras que possa sugerir, você conseguirá impressionar qualquer um na hora.
  6. Imagem intitulada Be a Mentalist Step 12
    6
    Não entregue seus segredos. Qualquer mágico que se preze nunca conta como faz seus truques! Ele nem deveria tentar explicar algo que outro mágico faça, ou corre o risco de ser expulso da união. Você deve fazer o mesmo! Se alguém perguntar como você faz algo, dê de ombros.
    • Não entregue acidentalmente também. "Ah, estou vendo que você olhou para a esquerda" é uma frase que revela que você está monitorando os olhos da pessoa, mesmo que não diga o porquê. Ela deve pensar que há algo de sobrenatural em você, algo que outras pessoas não têm. Portanto, seja misterioso. Você só aumentará a curiosidade dela.

Parte 3 de 3: Indo além

  1. Imagem intitulada Be a Mentalist Step 13
    1
    Leia bastante sobre os mentalistas e como eles trabalham. Há muitos livros sobre entrevistas e interpretação até dos movimentos faciais mais sutis, da linguagem corporal e da manipulação da mente. Alguns livros para começar são "O Mentalista" e "A Arte de Ler Mentes", além do famoso "O Corpo Fala". O melhor é aprender com os profissionais!
  2. Imagem intitulada Be a Mentalist Step 14
    2
    Estude áreas diferentes, porém relacionadas. Para dar a si mesmo mais crédito, e porque você pode achar interessante, aventure-se em outros campos parecidos. Considere ler sobre interpretação dos sonhos, cartas de tarô, astrologia, telepatia e telecinese, só para citar alguns. Você também vai ficar mais completo!
    • Pense sobre aprender novas habilidades também. Leia sobre hipnose,quiromancia e outras maneiras de interpretar as pessoas. Assim, quando estiver agindo como um mentalista, você sempre poderá dizer: "Eu poderiahipnotizá-lo, mas é melhor não".
  3. Imagem intitulada Be a Mentalist Step 15
    3
    Treine sua mente. Ela é como um músculo e, se não for usada, vai definhar. Portanto, comece a jogar xadrez, a fazer Sudoku e a resolver enigmas. Faça palavras cruzadas e passe seu tempo livre lendo e realizando projetos do tipo "faça você mesmo". Pinte, pois esse hobby ajuda a perceber detalhes. Faça aulas de teatro, que também são boas para perceber particularidades e emoções. Todas essas coisas podem ajudar a melhorar seu poder mental.
    • Use a internet. Visite sites como o Racha Cuca, o Khan Academy, o Coursera e o Duolingo e treine a mente regularmente. O pensamento dedutivo e crítico é uma capacidade que não é necessariamente usada por um mentalista, mas que faz com que as aptidões que você usa funcionem bem mais rápido! Sherlock pode ser capaz de perceber a falta de um anel, mas se ele levar um dia e meio para juntar as evidências, Watson já estará morto. Portanto, seja ágil mentalmente e mantenha-se na sua melhor forma.
  4. Imagem intitulada Be a Mentalist Step 16
    4
    Encontre um emprego no qual você possa usar suas habilidades. Não importa se está tentando se tornar um mágico, um perfilador criminal ou uma estrela da TV, por que não ganhar um pouco de dinheiro com suas incríveis habilidades de observação e leitura de pessoas? Você melhorará seus métodos e aprenderá ainda mais truques.


  • Tornar-se um mentalista respeitável exige dedicação. O processo não é rápido ou fácil, pois há centenas de variáveis no comportamento humano. A empreitada é multidisciplinar, já que envolve um conhecimento de psicologia avançada, habilidades de persuasão evoluídas e inúmeras horas de observação e interpretação.
  • Comece a usar suas aptidões timidamente. É melhor ter sucesso em passos medidos do que falhar tentando ir além do que você pode fazer.
  • Usar suas habilidades em crescimento constantemente reforçará o que você já adquiriu.
  • Prepare-se para demorar anos até atingir um nível de conquistas decente. Não é algo que qualquer pessoa pode aprender em uma ou duas semanas.