quinta-feira, 7 de abril de 2016

SAÚDE E EQUILÍBRIO - Remédio Caseiro Para Fibromialgia

CURANDO A DOR...



A fibromialgia é uma doença de dor aguda, ainda sem causas conhecidas.

O diagnóstico é bastante complicado porque muitos médicos desconhecem os sintomas ou atribuem as dores a outras doenças.

Quando o problema é identificado, o que se indica atualmente é um tratamento multidisciplinar, que abrange o uso de remédios, terapias, alimentação e exercícios. Com a adequação do tratamento, o paciente pode levar uma vida normal, ainda que as dores não desapareçam totalmente

Alimentação

Um dos principais fatores que pode auxiliar e contribuir para uma melhoria da doença é a mudança de alguns hábitos alimentares, como a inclusão de alguns nutrientes como:

Coenzima Q-10: ela é responsável pela força e a eliminação da fadiga e pode ser encontrada em carnes em peixes, ou ainda, em cápsulas de suplementação natural.

A lecitina de soja: possui propriedades adstringentes, calmantes, antirreumática, emoliente, fungicida, laxante, tônica, hipocolesterolêmica, emulsificante e nutritiva.

O seu consumo pode ser em pó, misturado aos alimentos, ou também em cápsulas de suplementação.
O ácido málico: é um composto encontrado em frutas, principalmente nas maçãs, e tem capacidade de aumentar a energia e tolerância ao exercício.

O magnésio: está presente nas saladas verdes, feijão e banana, por exemplo, e é responsável, entre outras coisas, pelo relaxamento e contração dos músculos, além de manter os ossos saudáveis.

As enzimas proteolíticas: as enzimas são fornecidas por alimentos crus e frescos, como abacaxi e mamão, e ajudam no processo inflamatório, aliviando a dor.

É importante que alimentação da pessoa com fibromialgia seja equilibrada, contendo o máximo de vitaminas presentes, incluindo uma grande quantidade de alimentos crus, vegetais, muita fruta, cereais integrais, e, se for possível, o máximo de produtos naturais e menos industrializados.

Dores frequentes podem ser sintoma da fibromialgia
Dores frequentes podem ser sintoma da fibromialgia
Yoga, Meditação e Acupuntura

Apesar de não ter as causas comprovadas, as tensões e os estresses do dia-a-dia são associados à fibromialgia.

Assim, as técnicas de relaxamento, tais como yoga, tai chi, meditação e respiração profunda, podem ser de grande ajuda no controle dos seus sintomas evitando também que esses problemas se tornem recorrentes no futuro.




Dores frequentes podem ser sintoma da fibromialgia

A yoga, de acordo com um estudo de 2010 feito pela Oregon Health & Science University, pode ajudar a combater a dor, rigidez, fadiga, falta de sono, falta de memória, ansiedade, depressão e falta de equilíbrio.

A acupuntura pode ser posicionada nos pontos de dor para promover alivio e ainda, induz o controle da ansiedade e relaxamento.

Outro fator a ser considerado, é que esse tipo de terapias contribui diretamente com os fatores psicológicos e emocionais dos pacientes.
Exercícios

Os exercícios para pacientes com fibromialgia não podem ser pesados, mas são fundamentais para restauração da massa muscular e opara impedir o aumento da rigidez dos tendões.

Assim, o indicado são exercícios leves como caminhadas, hidroginásticas, exercícios aeróbicos e também, recomenda-se iniciar com uma carga baixa e pouco tempo inicial, e ir aumentando aos poucos.

A acupressão e acupuntura

Acupressão e acupuntura ajudam a controlar os sintomas da fibromialgia, restaurando os níveis de energia vital que flui através de caminhos de energia no corpo e alterando os níveis de neurotransmissores no cérebro e na medula espinhal.
Além de aliviar a dor, estas terapias também induzem o relaxamento e ajudam a reduzir aansiedade.
Dependendo de seus sintomas e da localização dos seus pontos sensíveis, pressione suavemente os pontos de gatilho sensível em alguns segundos. Você também pode esfregar os pontos de gatilho em pequenos círculos levemente sem pressão.
Pergunte ao seu médico, neurologista, ou fisioterapeuta para sugerir um acupunturista qualificado ou acupressurista que pode selecionar pontos de acupuntura apropriados para o seu tratamento com base em seus sintomas e energia qi.
Para melhores resultados, combinar acupressão e acupuntura com meditação, exercício, massagem e outras terapias.

>> Massagem

Massagem terapêutica ajuda a relaxar os músculos e melhorar a amplitude de movimento nas articulações. É também alivia o stress e estimula a produção de produtos químicos que atuam como analgésicos naturais do corpo.
Um tipo de massagem chamada terapia manual drenagem linfática também é benéfico para a fibromialgia. Ela solta bloqueios linfáticos que poderiam estar contribuindo para a dor.
Para obter melhores resultados, se sua massagem feita por um massagista que tem experiência com fibromialgia.
 

>> Omega-3 ácidos graxos

Os ácidos graxos ômega-3 são gorduras insaturadas que ajudam a diminuir a inflamação e dor neuropática. Eles também podem reduzir a dor articular e rigidez.
Tomar 1 a 2 colheres de sopa de óleo de peixe por dia.
Além disso, comer peixes gordos como o arenque, sardinha, anchova, atum ou salmão selvagem 2 ou 3 vezes por semana. Outras fontes de ácidos graxos ômega-3 incluem sementes de linhaça, nozes, óleo de canola e óleo de soja.
Você pode optar por óleo de peixe ômega-3 ou suplementos em vez disso, mas consulte o seu médico primeiro.
Nota: suplementos de óleo de peixe ou de ômega-3 pode interferir com medicamentos para afinar o sangue.

>> Vinagre de maçã

O vinagre de maçã ajuda a equilibrar os níveis de pH do corpo, reduzir o estresse oxidativo e melhorar a circulação. Isso pode ajudar a reduzir os sintomas da fibromialgia, como problemas gastrointestinais, fadiga, dores de cabeça, dor nas articulações, inchaço e inflamação.
Adicione 1 a 2 colheres de sopa de cru, vinagre de maçã não filtrado para um copo de água.
Opcionalmente, adicione um pouco de mel.
Beba-o duas vezes por dia.
Se você não está acostumado a tomar vinagre de maçã, começar adicionando uma colher de chá para um copo de água e aumentar gradualmente a dosagem.

>> Açafrão

Devido às suas propriedades anti-inflamatórias potentes, açafrão pode ajudar a tratar a fibromialgia acompanhada de doença reumática. Ele contém um composto chamado curcumina que também ajuda a aliviar a dor e rigidez.
Misture ½ a 1 colher de chá de açafrão em pó em 1 xícara de leite. Aqueça até ferver, em seguida, deixe-o esfriar. Beba-o uma vez ou duas vezes por dia.
Você também pode incluir açafrão em sua cozinha.
Outra opção é tomar esta erva em forma de suplemento, de 400 a 600 mg 3 vezes por dia. Consulte o seu médico antes de iniciar qualquer regime de suplemento.

>> Gengibre

Gengibre, também, tem propriedades anti-inflamatórias e analgésicas que ajudam a reduzir os sintomas da fibromialgia.
Adicione 1 colher de chá de gengibre fresco ralado para uma xícara de água fervente. Deixe ferver por aproximadamente 10 minutos. Estirpe e beber este chá até 3 vezes ao dia.
Alternativamente, você pode tomar comprimidos de gengibre. Para a dosagem adequada e adequação, consulte o seu médico.

>> Pimenta-caiena

Pimenta-caiena contém uma chamada capsaicina composto que atua como um apaziguador de dor natural. Também é bom para a circulação sanguínea adequada.
Tome extratos de pimenta caiena ou cápsulas. Para a dosagem adequada, consulte o seu médico.
Você também pode incluir pimenta caiena em sua cozinha.
Além disso, aplicar uma pequena quantidade de creme de capsaicina (contendo 0,025% de capsaicina) nas áreas doloridas e deixe-a por cerca de 30 minutos. Repita até 3 vezes por dia.
Nota: Não aplique pimenta caiena ou creme de capsaicina na pele quebrada ou inflamada.

>> Dicas adicionais

Estabelecer uma rotina regular de sono e dormir o suficiente.
Comer uma dieta saudável e equilibrada.
Tente eliminação dieta para testar a sensibilidade a certos alimentos, de modo que você pode eliminar alérgenos alimentares potenciais de sua dieta.
Evite cafeína, pois pode interromper o seu padrão de sono e exacerbar os sintomas de ansiedade e inquietação.
Tomar um suplemento de magnésio 300 mg por dia. Consulte o seu médico primeiro.
Tome suplementos como o 5-HTP (50 mg, 1 a 3 vezes por dia), o SAM-E (400 mg, duas vezes ao dia) e L-carnitina (500 mg, duas vezes por dia). Consulte o seu médico antes de tentar estes suplementos.
 
FONTE:
http://natural.enternauta.com.br/remedios/remedio-caseiro-para-fibromialgia/?