segunda-feira, 21 de março de 2016

DESPERTANDO A CONSCIÊNCIA - RENUNCIE À NECESSIDADE DE APROVAÇÃO EXTERNA

VOCÊ É ÚNICO



REFLEXÃO... Viva no presente, pois é o único momento que você tem. Preste atenção à sua vida interior para que possa ser guiado pela intuição, e não por interpretações impostas externamente do que é bom ou não para você.

Ouça a sabedoria do seu corpo, que se expressa através de conforto e desconforto. Ao escolher um determinado comportamento, pergunte ao corpo: "Como se sente a respeito?
" Se o seu corpo enviar um sinal de sofrimento físico ou emocional, cuidado! Se o sinal for de conforto e animação, siga em frente.


Viva no presente, pois é o único momento que você tem.
Fique atento ao aqui e agora; procure a plenitude de cada momento. 
Aceite o que chega até você total e completamente de modo que possa apreciar, aprender e deixar passar - seja o que for. 
O presente é como deveria ser. Reflete leis infinitas da natureza que trouxeram a você este exato pensamento, esta reação física. 
Este momento é o que é porque o universo é o que é. Não lute contra o infinito esquema das coisas, em vez disso, una-se a ele.
Aproveite algum tempo para ficar em silêncio, para meditar, acalmar o diálogo interior. Nos momentos de silêncio, perceba que está entrando em contato com sua fonte de pura consciência.


Preste atenção à sua vida interior para que possa ser guiado pela intuição, e não por interpretações impostas externamente do que é bom ou não para você.
Renuncie à necessidade de aprovação externa. 
Você é o juiz do seu valor, e o seu objetivo é descobrir um valor infinito em si próprio, não importa o que os outros pensem. 
Esta percepção traz grande liberdade.
Quando você se descobrir reagindo com raiva ou antagonismo a qualquer pessoa ou circunstância, acredite que só está lutando consigo mesmo. 
Resistir é a resposta de defesas criadas por velhas mágoas. 
Ao renunciar à raiva, você estará se curando e cooperando com o fluxo do universo. Saiba que o mundo "lá fora" reflete a sua realidade "aqui dentro". 
As pessoas contra as quais você reage mais fortemente, seja com amor ou ódio, são projeções do seu mundo interior. O que mais você odeia é o que mais nega em si mesmo. 
Use o espelho dos seus relacionamentos para guiar sua evolução. A meta é o auto conhecimento total. 
Quando consegui-lo, o que mais você deseja estará automaticamente lá, e o que mais despreza desaparecerá.
Livre-se do fardo do julgamento - você se sentirá muito mais leve. Julgar impõe rótulos de certo ou errado em situações que simplesmente são. 
Tudo pode ser compreendido e perdoado, mas quando você julga, fecha as portas à compreensão e abandona o processo de aprender a amar. 
Ao julgar os outros, você reflete sua carência de auto - aceitação. Lembre-se de que toda pessoa que você perdoa é mais uma parcela somada à sua auto - estima.


Não contamine seu corpo com toxinas, seja através de alimentos, bebidas ou emoções venenosas. 
Seu corpo é mais do que um sistema de suporte à vida. É o veículo que o transportará em sua jornada rumo à evolução. 
A saúde de cada célula contribui diretamente para seu estado de bem-estar, porque cada célula é um minúsculo ponto de consciência dentro do campo de consciência que é você.
Substitua comportamento motivado pelo medo, por comportamento motivado por amor. 
Medo é o produto da memória, que reside no passado. Ao relembrarmos o que nos magoou antes, dirigimos nossas energias para nos assegurarmos de que uma antiga mágoa não se repetirá. 
Mas tentar impor o passado ao presente jamais afastará a ameaça de ser magoado outra vez. Isto só acontece quando você encontra a segurança de seu próprio ser, que é o amor. 
Motivado pela verdade dentro de você, será possível enfrentar qualquer ameaça porque sua força interior é invulnerável ao medo.
Compreenda que o mundo físico é apenas um espelho de uma inteligência mais profunda. 
A inteligência é o organismo invisível de toda matéria e energia, e, uma vez que uma porção desta inteligência reside em você, você compartilha o poder organizador do cosmos. 
Por ser inseparavelmente ligado à tudo, você não pode se permitir prejudicar o ar e a água do planeta. Mas, a um nível mais profundo, você também não pode se permitir viver com uma mente venenosa, porque todo o pensamento deixa uma impressão registrada no campo da inteligência. 
Viver em equilíbrio e pureza é o bem mais elevado para você e para a Terra.


Trecho do livro: ‘Corpo sem Idade, Mente sem Fronteiras’ - Deepak Chopra