segunda-feira, 25 de agosto de 2014

PENSAMENTOS, POESIAS E REFLEXÕES - Quem dera...

Quem dera...



Quem dera tu me olhasses assim, de repente...
Buscando formas de falar o que ainda não pôde ser dito!
Quem dera, então, nos amássemos como se só o hoje existisse...
Como se nada mais no mundo importasse!

Quem dera as tuas vontades fossem tão intensas quanto as minhas.
Ou no mínimo iguais a elas...
Para que não me restassem dúvidas de que é a teu lado que devo permanecer!
Quem dera o meu amor florescesse em ti numa manhã de sol...
E, como surpresa, aparecesses diante de mim para nunca mais partir!

Quem dera tu não tivesses nada mais com que se importar na vida...
Apenas comigo, com minhas ansiedades, com meus caprichos!
Quem dera a noite fosse só nossa, a casa vazia, o vento estridente...
Assim talvez eu me faria mais forte e não preferiria fechar as cortinas 
da paixão que me despertas!

Quem dera pudéssemos tirar férias do universo para celebrar a união...
Sem trabalhos, culpas, cônjuges, louça ou contas a pagar!
Quem dera ser a única no mundo para ti...
A única verdade, o perfeito teste, a querida perfeição!

Quem dera tivesses tesão por meu corpo, despertando fascínios...
Tal qual o ardor que sinto ao vislumbrar tua imagem!
Mas tudo o que tens para me ofertar hoje são promessas...
E delas me alimento, numa sofreguidão sem fim!