sexta-feira, 12 de maio de 2017

O PODER DA ORAÇÃO - Elohim do 1º Raio - CHAMA AZUL Elohim Hercules e Amazônia - Invocações e Fiats ao Elohim Hércules e Amazônia

Elohim do 1º Raio - CHAMA AZUL

Elohim Hercules e Amazônia

Resultado de imagem para DESPERTANDO O CONHECIMENTO - ELOHIM Quem são os Elohim?

Invocações e Fiats ao Elohim Hércules e Amazônia

1. Chamado ao Cálice do Elohim
Elohim de Deus! Elohim de Deus! Elohim de Deus! Descei agora sobre todas as nações da Terra, a fim de elevar as almas de luz! Descei através do cálice dos Elohim, ancorado sobre o Coração do Retiro Interno! Pedimos que esse cálice seja reforçado. Sete Poderosos Elohim, dai-nos o poder para sermos o vosso cálice na Terra! Dai-nos o poder para promovermos a transformação pessoal e mundial! Dai-nos o poder para que possamos ensinar os outros a estabelecer uma relação pessoal com Deus, que é seu direito divino nato!

2. Fiat a Hercules e Amazônia:
Elohim Hercules e Amazônia! (repetir 9 vezes)

3. Chamado ao Elohim Hercules e Amazônia:
Elohim Hercules e Amazônia! Elohim Hercules e Amazônia! Elohim Hercules e Amazônia! Derramai por meio do cálice dos Elohim fitas de fogo branco e relâmpago azul para se interpor entre a humanidade e o seu carma que retorna! Direcionai o vosso Poder Divino para a causa e o núcleo do terrorismo doméstico e internacional, para as mudanças na terra e para tudo o que se opõe ao governo e à liderança divina, na minha comunidade local e em todas as nações do mundo!

Hércules e Amazônia são os Elohim do primeiro raio, azul, do poder, da perfeição, da vontade de Deus, da fé e divina direção. Devotos deste raio têm o desejo de seguir a vontade de Deus através do poder do Pai, a Primeira Pessoa da Trindade. Quando o fiat foi lançado “Haja luz. E houve luz,” e Deus proferiu o comando para que a criação da matéria se originasse a partir do Espírito, foi Hércules que reuniu os poderosos Elohim e os elementais construtores da forma para precipitar o plano.

A grande força de Hércules advém de sua obediência no amor à vontade de Deus. O Elohim libera a proteção do relâmpago azul e seu momentum de vontade/energia/ação em resposta aos chamados por proteção e direção. As auras de Hércules e Amazônia são carregadas de relâmpagos azuis e têm um forro de intenso rosa fulgurante.

É muito provável que a memória do deus conhecido pelos gregos como Herácles (no romano: Hércules) foi mantida a partir de antigos encontros com o Elohim. Sua mitologia se originou em tempos antigos, provavelmente da Atlântida. Devido a degeneração de suas faculdades anímicas da visão interior e a sua tendência à idolatria, as pessoas atribuíram características humanas aos deuses e as deusas da mitologia. Portanto as características atribuídas ao Hércules mitológico não refletem necessariamente a realidade dos Elohim.

Para os antigos, Hércules era um herói – um de seus ancestrais mais ilustres, um intermediário entre o homem e os deuses. Seu nome significa “Glória do ar”, sendo que presidia sobre todos os aspectos da educação helênica. 
Os Jogos Olímpicos lhe são atribuídos devido às suas características de atleta-herói. Diz-se que a partir do comando vindo do oráculo de Delfos, 
Hércules passou doze anos sob as ordens de Eurystheus, que lhe impôs doze árduos trabalhos, aparentemente impossíveis de realizar. Estudantes dos mistérios mais elevados compreendem que os doze trabalhos de Hércules ilustram a exigência feita à alma para seguir a senda de iniciação da auto-mestria nas energias das doze hierarquias solares. 
A imagem de Hércules é vista numa constelação estrelar, aparecendo como o “Ser Poderoso” que brada uma grande clava em sua mão direita enquanto domina uma serpente de três cabeças na esquerda – indicação do poder de sua mestria (mão direita) subjugando os impostores da Trindade nas condições planetárias (mão esquerda).

Retiro Espiritual

O Retiro de Hércules e Amazônia se localiza na oitava etérica no interior e sobre o monte Half Dome, um foco majestoso que se eleva a mais de 1.500m, a partir da sua base no vale Yosemite na borda oeste da Sierra Nevada na Califórnia. 
O retiro etérico se sobrepõe à grande rocha e é onde Hercules e Amazônia focalizam as energias da vontade de Deus, fazendo dele um foco do centro do poder, o chakra da garganta do planeta terra. 

Entra-se por um grande portal adornado por dois imensos pilares brancos. 
O hall de entrada tem a forma de um octógono, cada lado conduzindo a uma sala. 
É impressionante notar que há grande movimento neste retiro – anjos de três metros de altura, poderosos serafins, querubins e anjos deva, além de outros que ministram nos sete raios, cada um na intenção de prestar um serviço específico à Fraternidade. 
Este salão irradia um brilho de intenso amor dos Elohim e dos anjos da vontade de Deus. 

Um azul intenso permeia a atmosfera, tornando-a convidativa e revigorante para aqueles que têm o privilégio de lá entrar. Cruzando o salão descemos uma escadaria que conduz a um salão circular. No centro há o foco de um grande diamante alvi-azul através do qual a chama de Hércules e Amazônia irradia. Mais um lance de escadas circunda o perímetro do salão, conduzindo a uma câmara do conselho no andar superior.
 
Este salão é construído na forma de uma série de plataforma circulares e num dos lados se encontra o trono de Hércules e Amazônia. Há acomodações para centenas de membros participantes da Grande Fraternidade Branca, que freqüentemente se encontram com os Elohim para discutirem formas e meios de implementar o poder da vontade de Deus no mundo da forma. 

Atrás dos tronos de Hércules e Amazônia há uma passagem que conduz a outra sala. Os participantes das reuniões do conselho passam por outras portas existentes à direita e à esquerda do trono que levam a outra câmara circular onde é mantido o foco principal da chama da vontade de Deus.