quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

DESPERTANDO A CONSCIÊNCIA - A RIQUEZA e a ABUNDÂNCIA emanam da SABEDORIA ESPIRITUAL

A RIQUEZA e a ABUNDÂNCIA emanam da SABEDORIA ESPIRITUAL

Resultado de imagem para jesus cristo
 
A origem de todos os fenômenos está na mente do Universo, e essa mente contém todas as idéias que se revelam através do pensamento e das palavras. As idéias geram a corrente do pensamento, assim como o fogo que arde sob a caldeira gera vapor.

A mente do homem espelha a mente de Deus, quando a Alma alcança a consciência espiritual da Unidade.
O homem cria o pensamento, e o pensamento move o mundo.

Resultado de imagem para DESPERTANDO A CONSCIÊNCIA - A RIQUEZA e a ABUNDÂNCIA emanam da SABEDORIA ESPIRITUAL

Para alcançar a prosperidade, comece a pensar e  a agir como uma pessoa prospera pensa e sente a prosperidade, a abundância
 Encha sua mente a ponto de transbordar com pensamentos de sucesso, sinta que a plenitude de todo o bem lhe pertence por direito divino. Para isso, é necessário adicionar um sentimento de felicidade e alegria e você tem a receita para a prosperidade abundante e duradoura.

O homem que chama fé  de eletricidade, ou ascender o fogo de energia divina, sem dúvida, ele está fazendo uma comparação impressionante quando na verdade ele está dizendo a verdade, que a fé é uma qualidade da mente e é o  que inicia o fogo nos elétrons e prótons de forças espirituais inatas...

 A fé tem seus graus de tensão, a fé da criança e a fé dos mais poderosos adeptos espirituais estão distantes em sua intensidade e resultados. Quando os trilhões de células no corpo são despertados para a esperança pela fé espiritual, um resultado positivo de contato espiritual e transformações maravilhosas acontecem.

Quando sintonizamos com o Divino, com a fé, “ligamos as tomadas, ascendemos as luzes, entramos no mundo “mágico”, atômico, místico da mente Universal, entramos na universo da Luz de Deus.
Eu sou Luz! E quando falamos isso, estamos com a “Voz do Espírito Santo” – Eu e Pai somos UM.

Quando Jesus perguntou aos seus pacientes "Credes que eu sou capaz de fazer isto?" Ele estava fazendo tal contato. Além disso, quando Ele disse a aqueles a quem Ele ministrou: "Tua fé te salvou", Ele usou a mesma lei...

Quando Ele transformou água em vinho e alimentou cinco mil, multiplicando poucos pães e peixes, Ele fez de uma forma magistral e benéfico  e milagroso.
Os cientistas inventaram uma máquina que registra as forças do pensamento. Cada pensamento expresso pela mente irradia uma energia que passa através das células do cérebro, e esta máquina mede a força das radiações.

Sir James Jeans, o cientista britânico eminente, dá uma profecia deste em um de seus livros. Ele diz em substância que pode ser que os deuses que determinam o nosso destino são as nossas próprias mentes trabalhando em nossas células cerebrais e, através deles sobre o mundo que nos cerca.
 
Mas agora a ciência abriu um reino com todas as possibilidades de o reino dos céus ensinado por Jesus. No entanto, Jesus disse este reino está dentro de nós e seria exercido de forma construtiva através de nossas mentes sob a lei divina.
A mais recente descoberta da ciência mostra que através do desenvolvimento do átomo  um poder será lançado em nosso mundo,  haverá uma mudança com novos paradigmas, uma nova realidade  irá fazer da Terra, a terra do “milagre”do Poder de Deus.

 "Maior é aquele que está em vós do que aquele que está no mundo."
Superconsciência é a meta para a qual a humanidade está  funcionando. Independentemente das aparências existe uma tendência ascendente continuamente ativa em toda a criação. A superconsciência é o reino das idéias divinas. Seu caráter é impessoal. 

E, homem iluminado não tem ambições pessoais; não conhece nenhuma condenação, é sempre puro, inocente, amoroso e obediente ao chamado de Deus.
A Superconsciência tem sido percebida pelos sábios espiritualmente em todos os tempos, mas eles não souberam externá-la e torná-la um estado permanente de consciência.

Jesus alcançou este estado – a Superconsciência, e Seu método é digno de nossa adoção, porque até onde sabemos, este é o único método que tem sido bem sucedida.
Jesus reconheceu ser Ele mesmo o Filho de Deus. Viver na superconsciência exige um reconhecimento definitivo de nós mesmos como filhos de Deus, aqui e agora, apesar das aparências em contrário. 

O método pelo qual Jesus evoluiu de consciência sentido para a consciência de Deus era, em primeiro lugar, o reconhecimento da individualidade espiritual e uma afirmação constante de sua supremacia e poder. 

Jesus gostava de fazer as declarações mais altos: "Eu e o Pai somos um." "Toda a autoridade vos foi dada a mim no céu e na terra."
 Ele fez essas declarações, por isso sabemos que no momento ele estava plenamente consciente de sua realidade.

 Em segundo lugar, pelo poder de Sua palavra que Ele penetrou mais profundamente na onipresença e bateu os recursos mais profundos de sua mente, pela qual Ele lançou a luz, a vida e a substância do Espírito, o que lhe permitiu chegar à conclusão de que a sua consciência espelha a Unidade, a Mente do Pai.
A verdade é livre como o Espírito...

A Palavra é o homem que Eu Sou. O Espírito Santo é o "derramamento" ou atividade da Palavra viva. A obra do Espírito Santo é o poder executivo do Pai (mente) e Filho (idéia), a realização do plano criativo.

 É com a ajuda do Espírito Santo que o homem supera. O Espírito Santo revela, ajuda, e dirige a superação. "O Espírito esquadrinha todas as coisas, sim, as coisas profundas de Deus. "Ele finalmente leva o homem para a luz.
A mente do homem é construída sobre a Luz da Verdade. As verdades do Ser são científicos, e, sem dúvida, Jesus entendeu e ensinou as propriedades do éter cósmico sob o nome de "o reino dos céus."

Quando Jesus subiu ao monte a orar Ele foi transfigurado diante Seus apóstolos Pedro, Tiago e João. A verdadeira oração traz uma radiação exaltado de energia, e quando é acompanhado pela fé, bom senso e amor, a palavra da verdade irrompe em um fluxo de luz que, quando realizada na  mente, ilumina, eleva, e glorifica.

Jesus reconheceu mente em tudo e a chamou de "Pai". Ele sabia que existe um centro de fé (energia que se move com a vontade de se unir ao Pai (luz Universal) que está no “céu” da mente) em cada átomo da chamada matéria e que a fé no homem pode mover-se sobre o centro da fé na chamada matéria e pode remover montanhas.

Ele desenvolveu a fé espiritual em sua própria mente, que se movia sobre as células do seu corpo e lançou o poder que Ele usou na Sua ressurreição e ascensão.
Não podemos separar Jesus Cristo de Deus ou dizer onde o homem sai de cena e Deus começa n’Ele.  Ele tornou-se conscientemente um com o princípio absoluto do ser.
 Ele provou na Sua ressurreição e ascensão que ele não tinha consciência separada do Ser, portanto, Ele realmente era este Ser para todos os intentos e propósitos.

No entanto, Ele alcançou mais do que o que se espera de cada um de nós. "Que eles sejam um, como nós somos", foi a sua oração.
Isso tudo é realizado através da externalização da superconsciência, que é onipresente e sempre pronto a se manifestar através de nós como o fez por meio de Jesus. Vamos "Cristo seja formado em vós."

Resultado de imagem para DESPERTANDO A CONSCIÊNCIA - A RIQUEZA e a ABUNDÂNCIA emanam da SABEDORIA ESPIRITUAL

Em Atos 1:08 Jesus disse: "Mas recebereis poder, quando o Espírito Santo vem sobre você."

Através do Espírito Santo, o homem não só tem o poder de manter as palavras de Jesus, mas também para fazer as obras que Ele fez, até mesmo "obras maiores".
O Homem está entrando em uma compreensão de como liberar esses poderes poderosos e usá-los na regeneração da alma e do corpo.

Jesus ensinou que as realidades de Deus são capazes de expressão aqui neste mundo e que o homem tem dentro de si a capacidade de se Unir a Deus e assumir o seu  poder.
"Eu, quando for levantado da terra, atrairei todos os homens a mim mesmo."
Em Isaías 65:17, lemos: "Eis que eu crio novos céus [ideais] e uma nova terra [manifestação], e as coisas passadas não serão lembradas, nem mais se recordarão."
O corpo que é formado na regeneração absorve a substância do corpo de carne, e faz com isso um novo corpo em uma ordem divina, sob a “lei do Cristo que renasce”. 

Neste processo, o corpo físico morre, para que o corpo de Cristo possa viver, mas o Eu espiritual, o I AM, permanece conscientemente ativo em todo o processo de desenvolvimento que Paulo se referiu quando disse: "Eu morro todos os dias."
No entendimento espiritual, sabemos que todas as forças do corpo são dirigidos pelo pensamento e que eles trabalham de forma construtiva ou uma maneira destrutiva, de acordo com o caráter do pensamento.

 Medicina, massagem, e todos os meios materiais realizar a cura, são insatisfatórios - resultados temporários incompletos, porque eles trabalham apenas do lado de fora e não chega às molas internas que controlam as forças Divinas. 

Deve haver uma unidade entre a mente do homem e a Mente Divina para que ideias e pensamentos possam ativar as molas  - que  só podem ser ativadas pelo pensamento. 
O corpo é o instrumento da mente, e a mente olha para o Espírito para sua inspiração. Um pouco de observação mostra que quanto mais pureza há na mente, maior sua capacidade de receber e interpretar as ideias dado a ele pelo Espírito Santo.
 Consequentemente, o homem consegue mover a seu bel-prazer no mundo fenomênico. Todos os fenômenos são manifestações da mente.

A mente é uma Realidade que possui seu lado fenomênico, , em outras palavras, que na mente há uma outra face. Ou seja, há duas faces: a Real e a fenomênica. Falando ainda em outras palavras, significa que se pode considerar a Mente que existe verdadeiramente (Mente de Deus) e a mente fenomênica (mente da expressão).

Deus é onisciente e onipotente, mas por que nós, seres humanos, não compreendemos a Verdade’? Não poderíamos saber mais sobre tudo’? Eis a dúvida que surge. Com certeza, o eu da Imagem Verdadeira sabe de tudo, mas, como esse eu ainda não se manifestou totalmente, quando ele passa a atuar no tempo e no espaço, parece que está em ilusão.
 Contudo, isso não passa de um processo temporário. Assemelha-se às questões de Matemática: as respostas corretas já existem, mas, para solucioná-las no mundo fenomênico, é preciso criar uma fórmula; e, ao fazer o cálculo e perceber que errou, calcula-se novamente.

 Não significa que isso seja totalmente inútil, pois qualquer fracasso é um passo dado na direção da realização do objetivo.
Além disso, regendo o desenvolvimento desse fenômeno, existe uma lei mental semelhante às leis da Matemática. Conhecendo, compreendendo e aplicando essa lei, conseguimos um resultado mais desejável. Essa é uma face da Mente de Deus chamada sabedoria.

 Quando ela se manifesta, obtemos um bom resultado. Entretanto, na Mente de Deus, existe outra face, que é o amor da Unidade. A sabedoria e o amor constituem os pólos negativo e positivo do princípio da criação. Em suma, toda idéia da Mente de Deus é expressa pela conjunção da sabedoria e do amor.
Estamos recebendo constantemente do mundo espiritual essas idéias da Mente de Deus, e estamos amoldando-as aos nossos próprios conceitos. Mas, se mudarmos, por nossa conta, o seu protótipo, não teremos um resultado satisfatório. Ocorre o mesmo em relação à riqueza também. 

Quando nos esquecemos do princípio da sabedoria e do amor, temos algo falso, muito diferente do protótipo. Assim, todo esforço efetuado sem levar em conta a sabedoria e o amor não nos trará uma riqueza permanente, nem uma felicidade estável.
A maioria das pessoas têm idéias cruas ou distorcidas sobre o caráter ea localização do Espírito. Eles pensam que o Espírito não desempenha nenhum papel nos assuntos mundanos e pode ser conhecido por uma pessoa só depois de sua morte.
"Mas Jesus disse: 'Deus é Espírito'; Ele também disse:" O reino de Deus está dentro de você. " A ciência nos diz que há uma vida universal que anima e sustenta todas as formas e formas do universo.

A Ciência invadiu o átomo e revelou que ela seja carregada com uma tremenda energia que pode ser liberada e será feito para dar aos habitantes da poderes de terra além da expressão, quando o seu direito de expressão é descoberto.

Jesus, evidentemente, sabia disso energia escondida na matéria e usou seu conhecimento para realizar os chamados milagres.
Nossos cientistas modernos dizem que uma única gota de água contém energia latente o suficiente para explodir um prédio de dez andares.

 Esta energia, cuja existência foi descoberta por cientistas modernos, é o mesmo tipo de energia espiritual que era conhecido por Elias, Eliseu e Jesus, e usado por eles para realizar milagres.
Pelo poder de seu pensamento Elias penetrou os átomos e precipitou uma abundância de chuva. 

O que tem pensado a concentração e a descoberta do caráter dinâmico do átomo a ver com a oração? Eles têm tudo a ver com a oração, porque a oração é a abertura de comunicação entre a mente do homem e da mente de Deus. 
Oração é o exercício da fé na presença e poder do Deus invisível. Súplica, fé, meditação, silêncio, concentração, são atitudes mentais que entram e fazem parte da oração. Quando se compreende o caráter espiritual de Deus e ajusta-se mentalmente para o onipresente Deus mente, ele começou para orar corretamente.

O espelho da mente superior fica embaçado pelo ego-ísmo, ódio, ambição, narcisismo, indiferença, mágoa, ingratidão, mentira, ódio, agressividade, ...
O Olho da Alma ou do Espírito quando está “fechado”, não  é  possível “ver” o que o Espírito nos revela – a direção a felicidade. E cegos pelo ego-ísmo da Personalidade seguimos levados pelo destino e pelo karma.

 Para que tenhamos a verdadeira provisão infinita, devemos nos unir com o Espírito de Deus, tornar nossa a Mente de Deus e nos conscientizarmos do fato de que a substância espiritual preenche o Universo e possuímos a fonte da provisão infinita.
 E devemos manifestar a sabedoria e o amor divinos, tornando-os nossos. E, para isso, não há outro meio senão aprofundar a fé através da oração ou meditação.

 Deus é infinito. 
Por mais farta que seja Sua doação, ainda Lhe resta o infinito. Deus não nos oferece produtos materiais. Ele nos oferece idéias. Essas idéias movimentam a força espiritual e, aplicando as leis, manifestam para nós produtos materiais.
“Algumas vezes, você soluciona questões financeiras em sonho. É frequente as pessoas pensarem muito num problema antes de adormecer e conseguir a resposta em sonho, vindo a acordar repentinamente.

 Ocorre isso porque a mente do homem estava até então trabalhando em excesso, preocupando-se demasiadamente com o lado intelectual e não conseguia conectar-se com a esfera interior silenciosa na qual atuam todas as idéias. 

Entretanto, quando essa mente consciente consegue serenar e conectar-se com a Superconsciência, começa a ser revelado como os problemas irão se desenvolver e de que modo as pessoas terão a prosperidade desejada.”

Assim atua a lei mental. Mas adverte também que não se deve ignorar a compreensão intelectual das pessoas em geral. Isto porque a mente que raciocina e examina o lado material possui também a capacidade de observar o interior,  a mente consciente também é uma porta por onde entram as idéias de Deus. 
Ou seja, é vontade de Deus que todos os fenômenos (expressões) surjam passando pelo portal chamado mente humana.

Tanto os alimentos quanto as vestimentas, tudo é representação da idéia que existe na mente e, portanto, antes de pedir algo, é preciso ter um pensamento adequado a isso.
 Aqueles que conseguiram riqueza, sejam quem forem, enriqueceram à mercê da lei, não sendo nada mais que isso. Pode ser que não conheceram as leis mentais, mas enriqueceram porque utilizaram inconscientemente as leis e mantiveram estado mental de prosperidade.

 E esse estado mental inclui esforço constante. Elias orou longo tempo para que chovesse, e mandou seu criado olhar se chovia, mas não havia nenhuma nuvem.
 Elias orou novamente e mandou o criado ir verificar o céu, mas continuava sem nuvens. Mas, após longos esforços, o criado viu uma pequena nuvem aparecendo. Então, Elias anunciou a todos que iria chover e, finalmente, choveu.

Mesmo que a oração não seja ouvida, que o esforço não seja recompensado imediatamente, que não receba a provisão, não devemos desistir com facilidade.
 Jesus também prega a necessidade de repetir os esforços, através da parábola do homem que, no meio da noite, bate à porta do amigo pedindo comida. 
E repreende com rigor o esforço empenhado com preocupações desnecessárias:
“Considerai como crescem os lírios; não trabalham, nem fiam; contudo, digo-vos que nem Salomão, com toda a sua glória, se vestia como um deles”.

Portanto, se nos preocupamos com algum problema, significa que estamos tentando solucioná-lo com a força do ego. 
E, se formos perseverantes como o lírio do campo, em breve conseguiremos fazer com que floresça naturalmente uma linda flor.

Concretiza-se aquilo que mentalizamos. Portanto, se mentalizarmos algo durante determinado tempo, basta confiarmos tranquilamente no processo natural, que a semente plantada na mente germinará e crescerá magnificamente.

 E, de onde vem essa força? Essa é a mesma força que faz florescer o lírio do campo, ou seja, a idéia da substância espiritual, a idéia da Mente de Deus, a Mente verdadeira que sempre existiu e continua existindo, a força que criou e mantém os corpos celestes.
Por isso, aquilo que mentalizarmos jamais deixará de se concretizar e ser preservado.
E, para obter a prosperidade, é necessário também reconhecer a existência de Deus e agradecer a Ele. Através do agradecimento, será aberto o grandioso portal da expressão.

 Ao ressuscitar Lázaro, Jesus agradeceu primeiramente a Deus, dizendo:
“Pai, dou-te graças, porque me tens ouvido. Eu bem sei que me ouves sempre”.
Depois bradou em alta voz “Lázaro, sai para fora”, e Lázaro, que deveria estar morto, saiu do sepulcro.

 Ao reconhecer, a substância espiritual imanente no Universo manifesta-se como se fosse seu objetivo, e será fortalecida e preservada através da gratidão. Portanto, devemos sempre suscitar o seguinte pensamento e iluminar a nossa mente:
“Pai, agradeço-Vos. Fazei com que a Vossa vontade seja a minha vontade. Agradeço-Vos pelo fato de minha mente se iluminar através do Vosso Espírito”.

Prosseguindo, precisamos pensar na força da palavra. o “O pensamento é expressado e colocado em ação por meio das palavras.

Este texto é resultado de uma pesquisa inspirado em vários mestres do assunto:
Masaharu  Taniguchi, Prendice Mulford, Joseph Murphy, A. Fulmare E. connolly, Luiz  Carlos  Aveline, Patrick King e outros...