terça-feira, 27 de dezembro de 2016

SAÚDE E EQUILÍBRIO - Cura pelas cores: cromoterapia trata depressão e outras doenças

8 indicações de tratamento por cromoterapia

Resultado de imagem para cromoterapia

Segundo essa Ciência, muitas doenças que afetam o ser humano tem sua origem na aura. Por isso, o  tratamento por cromoterapia não foca somente nos sintomas das doenças, mas no desequilíbrio energético que atinge os órgãos do paciente.

Doenças e tratamento por cromoterapia

tratamento por cromoterapia é utilizado como complemento para algumas doenças que atingem o organismo. Confira:
1. Ansiedade
Nesse caso, tratamento por cromoterapia é feito através da irradiação de luz azul e verde pelo corpo todo. Por que irradiação com as cores azul e verde? Azul, segundo a técnica da cromoterapia, representa a suavidade e atua como calmante no sistema nervoso central.
2. Asma
Respirar e ingerir água com cor laranja, além de ter pensamentos positivos, ajuda a diminuir os sintomas causados pela asma. A aplicação da cor laranja no peito e na garganta por 10 minutos também são práticas que fazem parte do tratamento dessa doença a partir da cromoterapia.
3. Catarata
Para tratar a catarata é indicado respirar o raio índigo. Banhar os olhos com água solarizada índigo também faz parte do tratamento com cromoterapia.
4. Constipação
Para a constipação é recomendado respirar e tomar água solarizada amarela. A aplicação de luz amarela no estômago e abdômen é necessária durante 20 minutos pela manhã e à noite.
5. Insônia
tratamento por cromoterapia, nesse caso, é feito com a aplicação de luz azul e índigo. A cor índigo tem propriedades calmantes, relaxantes e anestésicas. A cor ainda limpa e clareia as correntes psíquicas.
6. Falta de apetite
A irradiação deve ser feita com luz laranja. A cor laranja trabalha na remoção de inibições e repressão.
7. Inflamação no ouvido
Indica-se a aplicação de luz índigo e ingestão de água solarizada de cor índigo duas vezes por dia.
8. Flatulência
O tratamento é realizado através da ingestão, entre as refeições, de pequenas quantidades de água solarizada de cor amarela. A cor amarela estimula o autocontrole e combate a preguiça funcional.
 Resultado de imagem para cromoterapia

Formas de tratamento por cromoterapia

técnica da cromoterapia utiliza dois procedimentos para o tratamento de doenças. Confira:
1. Água solarizada
Para fazer água solarizada é necessário um copo colorido ou garrafas com a cor que deseja. O copo e a garrafa podem, ainda, ser pintados ou envoltos em papel celofane.
Coloque água filtrada nesse recipiente e coloque ao sol. O tempo que de permanência ao sol para ter a água energizada dependerá da intensidade do sol. Em dias ensolarados, é indicado ficar duas horas, mas quando o tempo está nublado é recomendado que fique a manhã inteira.
 Resultado de imagem para cromoterapia
2. Lâmpadas coloridas
Nessa técnica, são usados spots de luz ou então bastões de luz. Na utilização de spots fixos, coloque a cor desejada e direcione para a região do corpo que será irradiada.
Com o bastão, aplique a irradiação da luz, com movimentos circulares, na região que necessita. Essa exposição deve ser feita com uma distância mínima de cinco centímetros da pele e máxima de dez centímetros.  O tempo necessário para a exposição fica entre cinco e dez minutos.

Cura pelas cores: cromoterapia trata depressão e outras doenças

Imagem relacionada

Com suas raízes no Antigo Egito, a cromoterapia é uma forma de terapia holística que está se tornando cada vez mais popular. O método consiste em trabalhar com as cores para curar doenças e restaurar o equilíbrio físico e mental das pessoas.

Cromoterapia usa sete cores

Para a cromoterapia, sete cores são usadas, e cada uma delas está diretamente ligada aos sete chakras localizados ao longo da coluna vertebral, que são considerados campos de energia que têm influência nas nossas emoções e na nossa saúde corporal. Doenças como o hipotireoidismo, por exemplo, são associadas ao chakra da garganta, que corresponde à cor azul.
Resultado de imagem para cromoterapia
Cromoterapia usa cores para curar doença e restaurar equilíbrio físico e mental. Foto: Shutterstock

Origem da cromoterapia

Já nos anos 50, a cromoterapia foi usada em berçários de hospitais para o tratamento de icterícia em recém nascidos. Nos dias de hoje, vários tratamentos de luz com cores são usados ​​para tratar a acne e outras doenças da pele.
terapia de luz brilhante, que estimula todos os campos de energia do corpo, é usada no tratamento da depressão e distúrbios afetivos sazonais. As terapias de luz vermelha e luz azul, por sua vez, são usadas ​​para melhorar o desempenho dos atletas.

Indicações da cromoterapia

Você sabe em que casos a cromoterapia é indicada? Confira a relação:
– Depressão;
– Ansiedade;
– Estresse;
– Fadiga;
– Dores em geral;
– Dor de cabeça;
– Enxaqueca;
– Diabetes;
– Pressão arterial elevada;
– Asma;
– Tosse.

Como a cromoterapia pode ajudar?

A técnica da cromoterapia pode ser feita através de luzes coloridas, e este serviço é oferecido em muitas clínicas estéticas ou centros holísticos.
Alguns profissionais também acreditam que as pessoas podem se beneficiar do uso de cores específicas em seu dia a dia. Com isso, podemos usar as cores na decoração da casa e também em nossas roupas. Conheça as cores usadas na cromoterapia, e também o que cada uma delas simboliza:
– Vermelho: segundo a cromoterapia, a cor vermelha ativa a circulação sanguínea e estimula o sistema nervoso. Ela está ligada ao chakra básico, que está localizado no baixo ventre e que comanda toda a coluna vertebral.
– Azul: para os adeptos da cromoterapia, a cor azul atua para a baixa da pressão arterial e, além disso, possui função analgésica. Ela corresponde ao chakra laríngeo, que atua no sistema respiratório e faz a gestão da nossa expressão verbal.
– Amarelo: o uso do amarelo atua nos olhos, nos ouvidos, nos ossos e nos tecidos internos. Essa cor está ligada ao chakra Plexo Solar, que rege o estômago e corresponde ao poder pessoal e satisfação.
– Laranja: a cromoterapia acredita que o laranja seja uma cor antidepressiva. Além disso, ela rejuvenesce e melhora o funcionamento do nosso metabolismo. Ligada ao chrakra umbilical, ela comanda as ações relacionadas ao sexo.
– Verde: esta cor atua no chakra cardíaco, que comanda o coração e o sistema circulatório. Pode ajudar, também, no combate à insônia.
– Índigo: segundo a cromoterapia, essa cor controla o sistema nervoso, pois corresponde ao chakra frontal. A cor índigo purifica o sangue e tem um efeito anestésico.
– Violeta: corresponde ao chakra coronário, localizado no alto da cabeça. A cor violeta atua acalmando os nervos e os músculos, bem como eliminando infecções e inflamações.