quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

DESENVOLVENDO O CONHECIMENTO - Mantra OM – A FORÇA PROCRIADORA DO COSMO - Aprenda a entoar o mantra OM

Mantra OM – A FORÇA PROCRIADORA DO COSMO



Contacte a força criadora do Cosmo
Aprenda a entoar o mantra OM


"Om: meditando só sobre esse som, a mente funde-se nele para passar por
dentro do éter da pura consciência."

Nada Bindu Upanishad

A sílaba Om considerada o som primordial do universo, o princípio, meio e fim. Segundo o Mandukya Upanishad, Om é aquele que existe, que existiu e existirá sempre. O Om é tudo: está, ao mesmo tempo, dentro e fora de tudo. É chamado na Índia por mátriká mantra, o som original, mãe de todos os sons. É o mais conhecido de todos os bija mantra, capaz de tocar a essência de Ishwara, o Supremo e infinito. Entoado corretamente, tem o poder de estimular os vários corpos do Shiva. Poucos, ao pronunciar ou escutar o mantra Om, conseguem ficar indiferentes.

Om é o símbolo de vários ramos de yoga e do tantra. No ocidente é moda entre buscadores os adesivos, camiseta e fotos do Om.
Naquele desenho que parece o número 30 ( ).

Om é uma sílaba constituída por três letras: A, U e M. As letras A e U formam O, pronunciando-se Om. Essas três letras representam os três estados de consciência humana: sono, sonho e vigília. A letra A se relaciona com o estado desperto, quando se começa o som. U representa todo estado sutil, o sonho; e M todo o mundo causal, já que tudo se dissolve no M, no sono profundo.








O Om grafado é um yantra (símbolo). Somente ao ser vocalizado torna-se um mantra.
Dentro do símbolo há ainda os cinco elementos do universo — terra, fogo, ar, água e éter.

Conforme o erudito hindu Pranavopanishad, o A é nirman (criação de tudo), é Brahma, o criador e a Terra. U é shiti (conservação do universo), é Vishnu, o preservador. O espaço M é pralaya (transformação do universo), é Shiva, o destruidor e a iluminação.
Sendo o som mais completo, sua prática é absolutamente adequada ao Maithuna.

Práticas do mantra Om – As 7 formas tantricas

Vocalizações
A respiração deve ser profunda e sempre regular. O mantra se faz na expiração, sem tremor de voz. A nota musical deve ser a mais natural possível, mas para isso é preciso relaxar o corpo ao máximo. O som começa com a boca aberta, mantendo a língua no palato mole (fundo do céu da boca) e a garganta relaxada. O som vem do centro do crânio, fazendo vibrar a garganta e o peito. Tente levar a língua mais para trás, mantendo a boca aberta e o som se transformará num “O”. Ainda sem fechar a boca, a língua prende a passagem de ar, que ao sair pelas narinas, faz o som se tornar-se um M, vibrando intensamente no crânio. Utilize as mãos para sentir a vibração passando do peito para a testa.

Outra maneira de entoar o mantra é começar pela letra O, emitindo seu som com a boca bem aberta e a musculatura do rosto completamente relaxada. Depois, deve-se emitir um M prolongado e ir baixando o tom de voz até sumir por completo.
O aperfeiçoamento das vocalizações depende da persistência. Dessa forma se desenvolvem também muitos poderes psíquicos.
Há ainda sete formas de pronunciar o mantra Om que poderão ser aprendidas com yoguins e praticantes tântricos. A seguir há algumas dicas que podem facilitar as pesquisas e a consulta de praticantes.

Resultado de imagem para DESENVOLVENDO O CONHECIMENTO - Mantra OM – A FORÇA PROCRIADORA DO COSMO - Aprenda a entoar o mantra OM

1ª prática: Repetição do som Om – Om – Om – Om – Om... por muito tempo. Estimula a concentração e meditação.

2ª prática: Ooommm (contínuo). Estimula os poderes dos tantricos (sidhis).

3ª prática: Óm. Dar ênfase à letra Ó. Fornece grande vibração na caixa craniana para o ajnã chakra.

4ª prática: Om. É um sopro com o Om (soltando-se o ar). Pode-se enviar mentalmente esse som para qualquer pessoa, animal ou objeto com a intenção de harmonia.

5ª prática: Ohmmmmmm. Inicia-se com a boca fechada, concentra-se no M contínuo. Essa prática recarrega as energias.

6ª prática: Àaâòoôùuûmmm (com todos os fonemas). Efeito global, atua desenvolvendo e energizando todos os corpos, nadis e chakras, permitindo vários estados de consciência.

7ª prática: Õõõõmmmm... Esse Om contínuo é o mais poderoso, o único que não se pode fazer sozinho, mas sempre em grupo, pois quando uma pessoa termina a outra começa.
Durante suas práticas de Maithuna escolha um ou dois mantram no máximo e uma prática do som OM.