segunda-feira, 29 de agosto de 2016

SAÚDE E EQUILÍBRIO - Simples planta mata até 98% das células cancerosas. E também combate o diabete - DICAS TERAPÊUTICAS

Simples planta mata até 98% das células cancerosas. E também combate o diabete

Resultado de imagem para Simples planta mata até 98% das células cancerosas. E também combate o diabete

Estou sempre à procura de substâncias naturais que consigam lançar um interruptor para o peculiar metabolismo das células cancerosas. É vital que essas substâncias matem as células cancerosas e deixem as células normais intactas. 

Eu já escrevi sobre algumas das minhas descobertas no passado. Eles incluem o resveratrol, o chá verde, Seanol, e outros. 
Mas hoje eu vou falar sobre outra planta que mate de fome, com segurança, as células cancerígenas de forma tão eficiente quanto uma poderosa droga de quimioterapia. Na verdade, ela funciona até mesmo em células de câncer de pâncreas, que são particularmente difíceis de matar.
Esta planta é um vegetal comum da Ásia chamado "melão amargo"( No Brasil, conhecido como Melão de São Caetano). É popular entre a população longeva de Okinawa, no Japão. 

Suco de melão amargo diluído para apenas 5% em água mostraram uma notável potência em danificar severamente as quatro linhas celulares de cancro do pâncreas, segundo testes de pesquisadores. O melão amargo reduziu a viabilidade de duas linhas celulares de câncer em 90%, ao mesmo tempo que derrubou as outras duas linhas com a impressionante marca de 98%. E isso, depois de apenas 72 horas de tratamento! 

No passado, eu escrevi sobre a apoptose. Essa é a maneira da natureza de lidar com células rebeldes. Elas simplesmente se matam. Suco de melão amargo induz esta morte celular programada por vários caminhos diferentes. E melhor ainda, mostra que ela suprime metabolismo da glicose nas células cancerosas ". Em outras palavras, ele literalmente as mata de fome, suprimindo-lhes o açúcar de que necessitam para sobreviver. 

Será que esses estudos de laboratório são aplicáveis ​​aos animais vivos? Um retumbante sim! Pesquisadores da Universidade de Colorado testaram em camundongos melão amargo em doses facilmente alcançáveis ​​em seres humanos. Os animais tiveram uma redução de 64% no tamanho do tumor do pâncreas sem efeitos colaterais! Este nível de eficácia supera em muito as drogas mais utilizadas na quimioterapia para esse tipo de câncer letal. A dose utilizada nos ratos corresponde a 6 gramas dessa substancia para um adulto de tamanho médio (75 kg). 

As grandes industrias farmacêuticas estão correndo para encontrar produtos petroquímicos patenteáveis, ​​para obter quimicamente o que naturalmente se encontra no melão amargo. Essas indústrias estão chocadas como que uma simples planta pode matar de fome as células cancerosas privando-as do seu combustível. Você não precisa de quaisquer produtos químicos extravagantes para que isso aconteça. 

Além disso, o efeito de melão amargo pode ajudar os diabéticos também. Pesquisadores descobriram recentemente que o melão amargo melhora a síndrome metabólica por seus efeitos benéficos sobre o metabolismo da glicose. Esta é uma notícia maravilhosa. 

Não vamos vencer o câncer por uma única abordagem. Eu acredito que o processo deve ser multifocal. Em outras palavras, devemos reforçar o sistema imunológico, desintoxicar, eliminar infecções dentárias e materiais dentários tóxicos, alcalinizar o seu corpo, oxidar o corpo com a terapia de oxidação, e dar nutrientes específicos para trancar as vias metabólicas peculiares do câncer. Todas as células de câncer demonstram uma produção de energia perturbada, utilizando fermentação da glicose ineficiente. O melão amargo pode ser uma gigantesca ferramenta para travar a produção de energia rebelde do câncer. 
Você pode encontrar o melão amargo na maioria das lojas de alimentos saudáveis ​​e online.

Atenciosamente,
para uma melhor saúde e liberdade médica,


Robert J. Rowen, MD


TraduçãoMick Bernard
Fontewww.secondopinionnewsletter.com