sexta-feira, 29 de julho de 2016

SAÚDE E EQUILÍBRIO - TRATANDO A DOR - CÃIMBRAS - O QUE SÃO? POR CAUSAM TANTA DOR? Câimbras Noturnas – O que é, Causas, Prevenção e Tratamentos

CÃIMBRAS - O QUE SÃO? POR CAUSAM TANTA DOR?





Cãibras ou também chamadas cãimbras são contrações súbitas, breves e involuntárias de um ou mais músculos esqueléticos que acontece espontaneamente e são extremamente dolorosas. Qualquer músculo de controlo voluntário pode ser atingido. Pensa-se que se devem a uma hiperexcitabilidade dos nervos que estimulam os músculos. A maioria são benignas e duram apenas segundos. Os músculos gémeos das pernas e os plantares dos pés são os mais frequentemente atingidos.

CAUSAS:
As caímbras surgem porque os músculos afetados apresentam um desequilíbrio no fornecimento de sangue e minerais (magnésio, cálcio, potássio…..), com um consequente mau funcionamento dos mesmos. As situações em que mais frequentemente isso ocorre são as abaixo descritas:
  • Durante exercícios físicos mais prolongados ou extenuantes para os quais as pessoas não tem o treino adequado;
  • São frequentes durante a noite;
  • Em pessoas com doenças vasculares;
  • Pessoas com problemas estáticos que obrigam o uso mais evidente de um segmento corporal (alterações nas articulações dos joelhos), desvios da coluna, pés planos (pés chatos);
  • Durante movimentos repetitivos e ou estáticos;
  • Grávidas;
  • Podem ocorrer também por efeito colateral de alguns medicamentos (neurolépticos,  diuréticos, estatinas, corticoesteróides;
  • Por hipoglicemia;
  • Problemas da tiróide.

PREVENÇÃO:


As cãibras estão relacionadas à carência de nutrientes no organismo, principalmente o magnésio que é encontrado nos vegetais de folhas verdes escuras, como a couve, o espinafre, o agrião, as lentilhas, grão de bico, feijão e cereais integrais.
Comer alimentos ricos em potássio como a banana e a batata não-descascada, podem ajudar a prevenir as cãibras musculares ou beber água de coco frequentemente e antes da actividade física, uma hora se possível, podem ajudar a prevenir as cãibras musculares.

Quando a cãibra aparece, o melhor método de aliviá-la é parar a actividade que se está a realizar, fazer respirações profundas e estender o músculo. Massajar ou friccionar firmemente a região algumas vezes também ajuda.



mais algumas sugestões.....

Como lidar com as cãibras

É comum que pessoas sem condicionamento físico adequado sofram com esse problema, ele pode aparecer em forma de diversas condições clinicas como por conta de baixos níveis de cálcio no sangue ou então de potássio ou uma baixa oxigenação. Os movimentos repetitivos que agridem o nervo presente no local também podem ser fontes iminentes da causa das cãibras.
O acúmulo de ácido lático no tecido ocorre devido á uma degradação da glicose decorrente da ausência do oxigênio e ainda é a maior causa das possíveis reações da cãibra. Afinal não havendo oxigênio suficiente o acido lático é convertido de volta entrando em reação com as enzimas. Ela pode aparecer quando menos esperamos e sem que haja uma causa específica para isso.
Infelizmente ainda não se pode garantir um tratamento e uma possível cura para o problema das cãibras, no entanto existem informações com relação à prevenção da mesma que podem servir como auxilio as pessoas que possuem esse desconforto freqüentemente, por enquanto essas dicas são as possíveis formas de prevenção e tratamento veja quais são elas e como agir nessas ocasiões.
Cuide de sua alimentação: Comer de tudo e de forma correta é fundamental para tratar e prevenir qualquer tipo de problema quando se trata das cãibras isso é ainda mais coerente. Alimentos tais como verduras, frutas, legumes e alimentos ricos em potássio (banana e batata com casca).
- Hidratação: Assim como alimentar-se bem hidratar-se bem também é indispensável. Consuma bastante líquidos principalmente a água, pois ela limpa nosso organismo e nos favorece com muito oxigênio e sais minerais importantíssimo para o fortalecimento dos ossos e nervos.
- Respeite os limites de seu corpo: Sua mente e seu desejo podem até levá-lo além mais lembre-se de que você deve trabalhar juntamente com o seu corpo, se ele não pode ir além você também precisa parar é como um trabalho mútuo os órgãos e a mente em cooperação com o corpo.
O que fazer: Em ocasiões de cãibras é indicado que você massageie o local com movimentos circulares, movimente bem o local onde esta tendo dor pois caso contrário poderá haver a paralisia do membro sem nenhuma respectiva de volta imediata, movimente ao maximo o local porém com cuidado para não ferir o nervo que se encontra retraído nesse momento.
*Interrompa imediatamente qualquer atividade que esteja fazendo.

Câimbras Noturnas – O que é, Causas, Prevenção e 


Tratamentos

As câimbras noturnas são um problema comum que, ocasionalmente, podem causar insônia. Eles consistem de dores musculares localizadas nos pés e pernas, geralmente na panturrilha, que aparecem enquanto você está na cama com dor intensa provocada por contrações involuntárias de um ou mais músculos, repentinas e prolongadas.
Causas das Câimbras Noturnas: Na maioria dos casos, a causa das câimbras noturnas é desconhecida. Em alguns casos, pode ser devido a:
  • Problemas dos pés ou pernas (pés chatos ou outra anormalidade).
  • Os pés ficam em má posição durante o dia (sessão prolongada ou em uma posição ruim no trabalho).
  • Doenças associadas a transtornos musculares ou postura ( Parkinson, doença dos nervos ou músculos).
  • A desidratação tais como, ( sudorese excessiva sem substituição do sal perdido, diarreia, exercício intenso ou tratamento com hemodiálise ).
  • Doenças metabólicas como diabetes, hipotireoidismo, alcoolismo, hipocalcemia (níveis baixos de cálcio no sangue), hipomagnesemia (níveis baixo de magnésio no sangue) ouHipocalemia (níveis baixos de potássio no sangue).
  • Tomar certos medicamentos, incluindo diuréticos (medicamentos para urinar), beta-bloqueadores, contraceptivos, broncodilatadores inalatórios, sedativos e muitos outros.
  • Associada ao exercício.
  • Em mulheres grávidas podem ter câimbras por causa da falta de magnésio.
Diagnosticamento das Câimbras Noturnas: As câimbras noturnas são dolorosos, mas não são importantes do ponto de vista de comprometer a saúde, as câimbras podem tornar-se muito irritante. Se elas são muito frequentes é recomendado a realização de um exame de sangue para descartar problemas, tais como deficiência de cálcio, deficiência de magnésio ou dedeficiência de potássio no sangue.
Prevenção das Câimbras Noturnas: No momento em que as câimbras noturnas ocorrem deve ser recomendada alguns cuidados simples que podem prevenir a repetição das crises:
  • Alongar o músculo do pé ou perna que esteja sentindo câimbras.
  • Caminhar.
  • Boa hidratação.
  • Aplique água quente sobre a área durante vários minutos.
  • Uma massagem com gelo.
Tratamentos Para Câimbras Noturnas: Na maioria das vezes, os episódios dolorosos são ocasionais, duram menos de um minuto e desaparecem espontaneamente. Analgésicos e anti-inflamatórios não têm utilidade nenhuma no tratamento das câimbras. No entanto, nas crises, algumas medidas simples podem representar a melhor forma de tratamento. abaixo há duas opção de Medidas não farmacológicas ( sem medicamentos) e Medidas farmacológicas ( com medicamentos):
Medidas não Farmacológicas:
  • Nos pacientes que são sedentários é recomendável algum exercício, tais como alguns minutos de bicicleta ergométrica ou caminhada.
  • Exercícios de alongamento.
  • Usando sapatos adequados durante o dia.
  • Manter uma boa hidratação (beber bastante água) e evitar álcool e cafeína.
Câimbras-Noturnas
Câimbras-NoturnasMedidas Farmacológicas: Exceto quinino( Água Tônica), nenhum medicamento tem se mostrado eficaz. No entanto, o quinino pode ter efeitos secundários graves, por isso não é recomendado em pacientes com dores, a menos que a situação seja desesperadora. Alternativamente, você pode tentar:
  • Use suplementos vitamínicos e minerais em sua composição com cálciopotássio eMagnésio, desde que não haja contra-indicações. As câimbras nas grávidas geralmente respondem bem ao tratamento com magnésio.
  • Evite medicamentos que podem causar cólicas.
  • Se as etapas anteriores falharem, você pode tentar anti-histamínico (polaramine® ou similar) ou antagonistas do cálcio.
  • Em caso de não responde, se cólicas são muito chato pode tentar o tratamento com cloroquina, hidroxicloroquina ou gabapentina.
  • Quinine é indicada apenas em situações graves.