sexta-feira, 13 de maio de 2016

EQUILÍBRIO E HARMONIA - Mitos e Verdades na vida Sexual entre Homens e Mulheres.

Mitos e Verdades na vida Sexual entre Homens e Mulheres. 

A diferença do sexo entre os sexos influencia inclusive na hora H. O homem “comanda” a transa, decide o dia, a hora, a carícia, a penetração, a posição. A mulher acaba se deixando levar pela iniciativa dele e, muitas vezes, acha até bom, se sente mais confortável. Mas é bom ter cuidado, porque a passividade exagerada da mulher pode impedir o famoso orgasmo.
Aquelas que não conseguem chegar ao êxtase ou têm dificuldade de penetração, podem estar com alterações físicas ou psíquicas. Ansiedade, medo, dúvidas, stress podem dificultar a transa. De acordo com Dr. Benévolo, a exigência do orgasmo feminino e a pressa de alguns homens para chegar à penetração tornam, muitas vezes, a relação sexual indesejada.
Não podem esquecer das conquistas alcançadas pelas mulheres nos últimos anos, inclusive no campo sexual. Hoje, elas estão mais liberais, mais ousadas e, principalmente, mais esclarecidas. Modernidade que também traz um lado negativo: a banalização do ato sexual. Os jovens têm relações cada vez mais cedo e com mais parceiros.
De acordo com Kallyandre Medeiros, não existe idade certa para começar a vida sexual, contanto que o casal esteja preparado para tomar os cuidados necessários durante a transa, como prevenir as doenças sexualmente transmissíveis e a gravidez indesejada. As variações no comprimento ou na espessura do pênis não influenciam no prazer da mulher, podendo até trazerem algum grau de desconforto na relação.
Da mesma maneira, a abertura da vagina não influencia no prazer sentido pelo homem. “Existem, entretanto, algumas técnicas de fisioterapia pélvica conhecidas que podem fortalecer a musculatura perineal da mulher e promover vários efeitos benéficos, seja no controle da micção ou seja na maior capacidade de contração da musculatura vaginal”, ensina Kallyandre.
Na verdade, a área mais sensível da mulher, explica o terapeuta José Araújo, apesar dela sentir todo o corpo como uma grande fonte de prazer, é o clitóris, um órgão pequeno, cilíndrico que se localiza na entrada do vestíbulo, na junção dos pequenos lábios. “É ele o ponto foco de prazer sexual da mulher durante a relação quando estimulado”. A vagina como é um órgão elástico se ajusta muito bem ao pênis, seja ele de tamanho grande ou pequeno levando ambos a um momento de muito prazer e satisfação.
Numa relação a dois, o sexo vai ser muito mais prazeroso se houver intimidade e cumplicidade entre o casal. Para isso, não existe remédio, técnica ou bruxaria. Carinho, demonstrações de afeto, companheirismo, bons laços afetivos e, principalmente, a atração física são fatores que devem estar sempre presentes na vida de um casal. Na falta de um, o outro não pode substituir por muito tempo. É como dizem: para uma boa relação à noite, comece com um beijo de bom dia. Lembre de não esquecer a camisinha, o anticoncepcional e mãos à obra.

MULHERES
A necessidade sexual da mulher é menor que a do homem
Verdade: Tanto homens quanto mulheres possuem hormônios sexuais responsáveis por despertar o desejo e a libido. Este tipo de mito faz parte da cultura da sociedade, que carrega valores machistas e faz com que muitas mulheres não consigam se expressar sexualmente.
 A menopausa é o fim da vida sexual da mulher
Verdade: A queda da libido, devido à diminuição da taxa do hormônio estrogênio no corpo da mulher, e a lubrificação vaginal podem ser remediadas por meio da terapia hormonal ou uso de lubrificantes. Algumas mulheres, inclusive, por não correrem o risco de engravidar durante a menopausa, sentem-se mais à vontade e se expressam mais livremente durante o ato sexual. 
Sexualmente a mulher é passiva e o homem é ativo na hora do sexo
Verdade: Tanto homens quanto mulheres podem e devem ter iniciativa sexual. Falar o que quer que o parceiro faça, dar instruções de onde tocar, do que falar é papel tanto do sexo feminino quanto masculino para que o prazer seja mais completo
O orgasmo feminino deve ser simultâneo ao do homem para uma relação prazerosa
Verdade: Cada pessoa é responsável por seu próprio orgasmo. A relação deve ser vista como fonte de intimidade e prazer para o casal do início ao fim e não somente na hora do clímax
A relação sexual acaba após a ejaculação do homem
Verdade: A relação sexual pode continuar após a ejaculação masculina. Por meio do controle cuidadoso da variação e intensidade das técnicas de estímulo, a ereção pode manter-se por maior tempo ou ser retomada depois da ejaculação. A retomada da ereção varia entre os homens dentro de um padrão de normalidade. Pode ocorrer segundos após a ejaculação e pode levar horas ou dias
HOMENS
Homens não podem falhar na cama
Verdade: Falhar uma vez ou outra é normal e esta situação pode ocorrer em momentos de muita ansiedade, estresse intenso e preocupação excessiva
O homem é encarregado de comandar o sexo e pelo orgasmo da mulher
Verdade: Para um desempenho sexual satisfatório não existe quem manda e quem obedeça, exceto nos casos de fantasias sexuais. Homens e mulheres são os responsáveis por seus próprios orgasmos, podendo obtê-los até mesmo com a masturbação
A impotência sexual é um problema de idosos
Verdade: A incidência de casos (cerca de 40%) pode ser maior em homens com mais de 40 anos, quando questões de saúde podem prejudicar o desempenho. Mas, a maioria dos casos de impotência possui aspectos psicológicos que podem aparecer independente da idade
Idosos não podem usar medicamento para ter ereção por causa do risco de infarto
Verdade: Fatores como idade avançada não representam perigo para o uso deste tipo de medicamento, desde que o paciente seja acompanhado pelo médico e que a atividade sexual em si não seja uma contra-indicação para o paciente
O desejo e a potência sexual diminuem depois dos 40 anos
Verdade: Embora seja comum que a ereção em um homem na andropausa (período em que há diminuição da produção de testosterona, hormônio sexual masculino) demore mais a acontecer do que quando ele era jovem, esta condição acomete apenas de 15% a 20% da população masculina com mais de 40 anos e o homem continua fértil. Administração hormonal masculina pode ajudar a resolver essa questão.

10 Verdades e Mentiras sobre Sexo

 

1 - É mais fácil para a mulher atingir o orgasmo quando está na posição por cima do homem

VERDADE
Isto ocorre porque ela pode friccionar o clitóris no púbis do homem enquanto se movimenta, aumentando as suas sensações e facilitando o orgasmo. Além, é claro de ser muito prazeroso para o companheiro também.

2 - O orgasmo tem que acontecer em toda a relação sexual

MENTIRA
O orgasmo não deve ser o objetivo de toda a relação sexual. As carícias e todo o prazer vivido durante o ato sexual devem ser valorizados. Pode acontecer uma boa relação sexual sem que um ou ambos os parceiros atinjam o orgasmo.

3 – As mulheres depois dos 50 sentem mais desejo e têm mais orgasmos

MENTIRA
O desejo não está vinculado com a idade e sim com a possibilidade de ser vivido. Quando uma mulher é mais jovem ela é menos experiente, isso pode fazer com que tenha mais inibição. Uma mulher com mais idade e eventualmente com maior experiência sexual, se encontra mais livre para viver a sexualidade plenamente.

4 – O orgasmo vaginal é mais intenso que o clitoriano

MENTIRA
O orgasmo clitoriano é mais comum, mas a intensidade não depende do órgão e sim da excitação e entregas alcansadas a cada nova relação sexual.

5 – Fazer sexo faz bem para a beleza, ter orgasmos faz bem pra pele
VERDADE
A troca sexual é uma das mais importantes maneiras de se renovar a energia. A pele ganha mais luminosidade; a beleza natural brota de dentro para fora. O orgasmo promove saúde.

6 – O orgasmo acontece da mesma maneira para todas as pessoas

MENTIRA
O orgasmo para cada pessoa provoca reações diferentes. E a cada vez pode ser diferente também. Para alguns é mais intenso, para outros é mais silencioso. O que ocorre sempre é que esta é uma sensação de entrega absoluta às sensações, ao desejo sexual e ao parceiro.

7 – Quem se masturba tem mais facilidade de chegar ao orgasmo numa relação

VERDADE
Quem você se masturba acaba conhecendo melhor o próprio corpo e suas sensações. Dessa forma pode buscar posições e situações que favoreçam essas sensações de prazer. Também poderá orientar melhor o parceiro sobre aquilo de que mais gosta e sobre as coisas que funcionam para aumentar suas sensações de prazer.

8 – Orgasmos múltiplos é coisa de cinema

MENTIRA
Algumas mulheres experimentam o orgasmo múltiplo. Percebe-se que essas mulheres tem muito conhecimento do próprio corpo e capacidade de entregar-se com grande intensidade ao ato sexual e ao parceiro.

9 - O melhor orgasmo é o que acontece simultaneamente para os dois parceiros 

MENTIRA
O orgasmo simultâneo é muito raro. E nada garante que esta forma seja a de maior intensidade. Mais frequentemente o orgasmo ocorre em momentos diferentes nos quais cada um, seguindo seu ritmo, pode experimentar intensamente as próprias sensações.

10 – É impossível ter orgasmo com sexo anal

MENTIRA
O orgasmo depende da excitação e da intensidade das sensações. O ânus é uma região altamente excitável, o que poderá provocar sensações de imenso prazer que podem conduzir ao orgasmo.



Por: Monika Baumann
Edição 09 | Médicos bemViver - JUNHO/2009