segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

EQUILÍBRIO E HARMONIA - PROTEGENDO SUA CASA. TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER PARA TER UM LAR E M HARMONIA E PROSPERIDADE

MINHA CASA É MÁGICA - Tudo que precisa saber para encantar sua casa e sua vida!



Consagração do lar

 
 

 
 

Dentro do Círculo infinito da divina presença que me envolve inteiramente, afirmo:


Há só uma presença aqui – é a da Harmonia, que faz vibrar todos os corações de felicidade e alegria. 


Quem quer que aqui entre, sentirá as vibrações da divina Harmonia.


Há só uma presença aqui – é a do Amor. Deus é Amor, que envolve todos os seres num só sentimento de unidade. Este recinto está cheio da presença do Amor. 


No Amor eu vivo, movo-me e existo. Quem quer que aqui entre sentirá a pura e santa presença do Amor.


Há uma única presença aqui – é a da Proteção Divina.


Tudo o que aqui existe, tudo o que aqui se pensa,  tudo o que aqui se fala, tudo o que aqui se faz, é envolvido pela Proteção Divina. Quem quer que aqui entre, ou sobre aqui pense, automática e imediatamente receberá os efeitos da Proteção Divina agindo sobre este lugar.


Há só uma presença aqui – a da Justiça. A Justiça reina neste recinto.


Todos os atos aqui praticados são regidos e inspirados pela Justiça.


Quem quer que aqui entre, sentirá a presença da Justiça.


Há só uma presença aqui – é a presença de Deus.

Deus reside aqui.


Quem quer que aqui entre, sentirá a presença divina de Deus.


Há só uma presença aqui – é a presença de Deus, a Vida. Deus é a Vida essencial de todos os seres, é a saúde do corpo e da mente.


Quem quer que aqui entre, sentirá a presença da Vida e da Saúde.

Há só uma presença aqui – é a presença de Deus, a Prosperidade. Deus é Prosperidade, pois Ele faz tudo crescer e prosperar.


Deus se expressa na prosperidade de tudo o que aqui é empreendido em seu nome.


Quem quer que aqui entre, sentirá a divina presença da Prosperidade e Abundância.

Pelo símbolo Esotérico das Asas Divinas, estou em vibração harmoniosa com as correntes universais da Sabedoria, do Poder e da alegria. A presença da Divina Sabedoria manifesta-se aqui nos atos e expressões de todos aqueles que aqui entrarem.


A presença do Poder Divino manifesta-se aqui. A presença da Alegria Divina é profundamente sentida por todos os que aqui penetrarem.

Na mais perfeita Comunhão entre meu eu inferior e meu Eu Superior, que é Deus em mim,


Consagro este recinto à perfeita expressão de todas as qualidades divinas que há em mim e em todos os seres.


As vibrações de meu Pensamento são forças de Deus em mim que aqui ficam armazenadas e daqui se irradiam para todos os seres, constituindo este lugar um centro de emissão e recepção de tudo quanto é bom, alegre e próspero.

 

Agradeço-Te, ó Deus, porque este recinto está cheio de Tua Presença.

 

Agradeço-Te, porque vivo e me movo por Ti.

 

Agradeço-Te, porque vivo em Tua vida verdade, saúde, prosperidade, paz, sabedoria, alegria e amor.

 

Agradeço-Te, porque todos os que entrarem aqui sentirão Tua presença.

 

Agradeço-Te porque estou em Harmonia, Amor, Verdade e Justiça com todos os seres.

 
 
 



objetos magicos para sua casa!

  

 

Sinos dos ventos: ajudam a trazer energias boas, e seu barulhinho purifica o ambiente.

 

Olho grego: para retirar toda energia ruim, o ideal é que ele seja de vidro (murano).  Para os que apreciam este amuleto, há uma infinidade de objetos que podem ser utilizados. Mas lembre-se: se quebrar, já cumpriu sua missão e deverá ser descartado. Para pingente, escolha sempre em murano.

 

 

Pimentas, pimenteiras: as pimenteiras, podem ser usadas facilmente, pois possuem várias funções, alegram o ambiente com suas cores, exalam perfume, e protegem contra olho gordo e mal olhado, e ainda purificam o ambiente. Podem ser utilizadas em cozinhas, varandas, em vasos nas mesas, em sacadas, jardineiras, até em hall de entrada. Depende apenas da forma, como será utilizada, vasos, etc.

 

 

Sal grosso: ótimo para limpar o ambiente, remover energias ruins, olho gordo. 

 

Pode ser colocado atrás da porta da entrada principal da casa, num copo com água. Ele vai ajudar a filtrar, toda energia que irá entrar em sua casa. Mas lembre-se: deve ser trocado uma vez por semana, e sempre antes de você tomar banho, para que não fique em você a energia absorvida pelo sal.

 
 

 
 

 

Vaso das sete ervas: utilizado para proteger a casa de energias ruins, limpa o ambiente e ainda ajuda a manter problemas longe. As plantas mais comuns no vaso são: arruda, guiné, espada de São Jorge, comigo-ninguém-pode, pimenta, alecrim e manjericão.

 
 

 
 

 

Figas: podem ser colocas atrás das portas, penduradas em fitas vermelhas, colocadas na bolsa, em berloqueiras, nas carteiras e até no pescoço. Elas afastam mau olhado, protegem contra males físicos ou espirituais.

 
 

 
 

 

Divino Espirito Santo: de tradição barroca, deve ser talhado na madeira, com ou sem resplendor, para proteção da casa. Pode ser colocado acima das portas. E segundo alguns especialistas no tema, inspiram dons, como sabedoria, entendimento, fortaleza, entre outros.

 
 

 
 

 

Yoshua: o nome de Deus escrito em hebraico. Pode ser utilizado em adesivos, pingentes, ou plaquinhas para pendurar nas paredes. Tem o poder de afastar energias ruins e dar proteção.

 
 

 

 

Hamsa: mão de Deus, mão de Miriam, Abhaya Mudra, ou mão de Fátima. Para as mais variadas religiões, é um amuleto que pode proteger sua casa, e a você também. Mas atenção ela deve conter os cinco dedos, como a palma da mão humana.

 
 

 

 

Estrela de Davi: estrela de seis pontas dada à Rei Davi, para ser símbolo de seu poder e para sua proteção. Normalmente utilizada para proteção pessoal.

Encontrada em formas de pingentes.

 
 

 
 

 

Salmo 7: para retirar energias negativas, de dentro da casa e ainda, para afastar os problemas que atrapalham a vida do casal.





Para melhorar a energia do ambiente e atrair vibrações positivas, saiba que algumas atitudes, objetos ou cores adequadas podem ajudar a deixar o ambiente mais leve:

 
 

1- Arrumar o quarto


Viver na bagunça e com a porta fechada pode deixar as energias ruins concentradas no ambiente. Procure guardar as coisas no mesmo lugar e mantenha o armário organizado. Dica: cores claras no ambiente inspiram a calma e tranquilidade.

 

 

2-  Ter um jardim


Ter um jardim é importante para circular as energias. A samambaia, principalmente, é uma planta que funciona como uma limpeza: ideal para afastar os pensamentos negativos.

 
 

3 – Banheiro organizado


Manter a tampa do vaso abaixada e a porta do local fechada neutraliza as energias negativas que possam estar no ambiente. Deixe uma planta pequena no local.

 
 

4 – Incenso


O incenso, além de ser relaxante, traz energia positiva ao ambiente. Se possível, acenda em todos os cômodos da casa. 

 

 

5 – Ventilação


Deixe as janelas abertas. Essa atitude, além de renovar o local, traz boas energias com a iluminação do sol.

 

6 – Objetos


Pode parecer apenas uma crença, mas enfeitar os ambientes com objetos que atraem boas energias é positivo para a sua casa. Vale colocar um filtro dos sonhos no quarto para afastar pesadelos e até amuletos como o olho grego e a pimenta, que afastam o mau-olhado.

 

 

7 – Animais


O elefante atrai prosperidade, enquanto o peixe é um sinônimo de riqueza para os orientais. O mais usual é colocar o objeto sobre a mesa.

 
 
 

Simpatia cigana para prosperidade e fartura no lar!

 
 
 
 

Materiais:


1 bomboniere pequena

100 Gramas de ervilha, lentilha, arroz com casca, amendoim, grão-de-bico e trigo em grão. (100 gramas de cada)

3 moedas  atuais com valores variados

1 quartzo-citrino


Modo de fazer:

Coloque dentro da bomboniere os grãos e misture bem, coloque em cima as três moedas  em forma de triangulo e no meio delas coloque o quartzo-citrino.

Deixe energizando por três noites a luz da lua crescente, peça aos ciganos encantados que apresentem nos grãos sua força energia para que nada falte em seu lar, após o terceira noite coloque em um móvel alto, como se fosse um bibelô.

 

Proteção dos anjos em sua casa!!

 
 
 
 
 

Copie esta oração em um papél e a coloque acima da porta de entrada de sua casa, de modo que ninguem veja. atrás da porta de um quadro ou relógio.

Oração: Este lar é protegido e guardado por anjos guardiões, sob a orientação de São Miguel arcanho está sobre essa porta de entrada, para que nenhuma presença negativa e nenhum mal possa aqui entrar. Suas asas estão abertas em volta dessa casa, amparando-nos e protegendo-nos. Seu manto está estendido sobre cada pessoa dessa familia para que possamos fazer nossas atividades diárias em segurança e bem-estar. Sobre esta casa, está a grande luz de São Miguel arcanjo. Em cima, em baixo, á direita, á esquerda, na frente e atrás. cada pessoa que aqui entrar, será envolvida pelas bençãos de São Miguel arcanjo,pelo amor, saúde, prosperidade, sabedoria, alegria, paz e pela proteão dos anjos..


Um Toque Cigano em sua Casa

Mais que um toque cigano, este será um toque mágico, positivo, que irá mudar a energia da sua casa

O universo cigano é cercado de mistérios e magias que sempre provocaram curiosidade e atração na maioria das pessoas. Seu modo de vida singular, amante da liberdade e da alegria a muitos de nós, seduz. Seja por onde for, este povo mágico vindo do oriente, chama a atenção. Irradiam energia positiva, com a qual ofuscam qualquer ambiente.

Se você deseja dar um toque cigano à sua casa, saiba que estará envolvendo-a num círculo mágico de positividade que vai trazer para você e demais moradores, harmonia mental, física, espiritual, além de muita alegria para o seu ambiente.

Na entrada principal do seu lar, de preferência na parede acima da porta, do lado de dentro se morar em apartamento, ou do lado de fora se morar numa casa, você pode usar uma ferradura. Este talismã é muito conhecido e sua finalidade é afastar as energias negativas e atrair a prosperidade. Talvez por desconhecimento, é comum encontrarmos ferraduras penduradas com as pontas para baixo. Trata-se de um grande equívoco. As ferraduras devem ser presas à parede com as pontas para cima. Esta disposição lembra a letra "u", como se fosse um cálice, uma taça que usamos para saudar quem visita nossa casa.

Flores como o girassol e a violeta devem decorar a sala. Estas funcionam como pequenos transformadores de energia. E o segredo da vida está em mudarmos o que é negativo, para positivo. Violetas são mais fáceis de encontrar em pequenos vasos e requerem poucos cuidados. Já o girassol, vai nos tomar mais tempo, mas é uma flor linda de ser cultivada. Sua cor atrai o sucesso e dá vitalidade ao ambiente.

Cristais como o quartzo-branco, o carro-chefe das pedras, não pode faltar e funciona muito bem como objeto decorativo. Em forma de drusa, com várias pontas, ou lapidados em feitio de bolas e obeliscos, purificam o espaço em que se encontram. Os cristais irradiam energia cósmica e refletem todas as outras cores. Vez em quando devem ser limpos e energizados. Para isso, basta colocá-los em algum recipiente com água e sal marinho durante pelo menos 24 horas. Depois é só lavar em água corrente. Ou, apenas deixá-los durante uns sete minutos embaixo de uma torneira aberta.

Os ciganos apreciam toda e qualquer manifestação da natureza. Respeitam suas leis e interpretam seus sinais. Baseado neste princípio, você pode energizar seu cristal quando estiver chovendo, especialmente em dias de tempestades e deixa-lo na beira da janela ou no quintal para pegar a água da chuva. Em dias ensolarados, coloque sua pedra num recipiente com água filtrada e deixe-o banhar no sol aproximadamente por uma hora.

Almofadas coloridas devem ser dispostas sobre o sofá como se lembrasse um arco-íris. Mantos em estilos orientais podem ser dispostos sobre as poltronas. Ciganos adoram panos de seda, estampados e em cores alegres. Com bom gosto e senso estético é possível misturarmos estilos e decorarmos nossa casa sem pecar pelo exagero.

Objetos de cobre, metal de Vênus, atraem o amor e simbolizam a garantia do nosso sustento. Cabia aos homens das tribos ciganas trabalhar os utensílios em cobre para vendê-los, como fonte de renda. Você pode encontrar no comércio com muita facilidade, tachos de cobre em diversos tamanhos, de acordo com a quantia que você pode dispor.


No dia a dia queime, de vez em quando, incensos de fragrâncias como sândalo, patchouli, cravo, canela, rosas, madeiras do oriente, jasmim, alecrim ou alfazema. Os incensos trabalham com as energias sutis, ajudando na meditação, relaxamento e abrindo o canal de nossa intuição. Fitas coloridas, de preferência em sete cores, podem ser penduradas às chaves nas portas dos quartos ou de armários. Criam um efeito visual muito bonito e diferente.

Use sua criatividade e dê um clima cigano ao seu espaço. Com certeza, você vai se sentir melhor e com muito mais disposição para encarar sua luta diária. Cercar-nos dos mais variados tons levanta o nosso ânimo. Nossa casa é nossa fortaleza, por mais simples que ela seja. Simboliza o alicerce, a nossa base e a nossa estrutura.

A família cigana, ainda que não tivesse ou tenha uma casa convencional, sabe como ninguém, fazer da sua "tsara", o seu refúgio e lugar ideal para recarregar suas baterias. Saliento que, de nada adianta embelezar o ambiente externo, se você não cuida do seu equilíbrio interior, através do autoconhecimento e do exercício do amor ao próximo e a você mesmo.


Energias positivas de Saúde, Paz e Amor!




Esta oração mágica tem o poder de atrair os espíritos guardiões do nosso lar. Pronuncie-a sempre que sentir desprotegido. "Pequeninos guardiões/ Seres da luz infinita/ De dia me tragam paz/ De noite os dons da Magia/ Invisíveis guardiães/ Protejam os quarto cantos da minha alma/ Os quarto cantos da minha casa/ Os quatro cantos do meu coração!"




 
"Para proteção na sua cozinha mágica, confeccione um saquinho de pano e ponha dentro: Cascas de alho, casca de cebola, alecrim, louro, sálvia e pedra de sal. Protege o ambiente de energias negativas e purifica também..."
 
 




A porta da casa fala sobe proteção.
 

A porta de entrada é a divisão dos lados interno e externos, ou seja, ela é o que literalmente isola todas a influências externas que tentam atingir a sua casa que no Feng Shui, é o seu templo sagrado.

O ideal então, é que se crie uma barragem de proteção para que, a energia mais densa de todas as influências exteriores, sequer consigam entrar na sua casa, para isso, transformamos a porta de entrada numa espécie de escudo de proteção.

Fazendo uma representação fisíca da porta, temos a parte acima do batente superior onde propriamente vai ser instalado o instrumento de defesa que funcionará como o escudo, que é o baguá espelhado. O baguá contendo um espelho, agirá como um filtro dessas energias densas, deixando passar apenas o que for benéfico para a casa e repelindo o que for prejudicial.

Quais são, afinal, essas energias densas?

Essa é uma pergunta que todos podem ter, pensando que, não tendo inimigos, não precisam de proteção. Pois bem, na verdade, as energias necessariamente não precisam ser as que chegam até nós em forma de inveja ou mal olhado. Se tiver perto de sua casa lugares que emitem energias pesadas como por exemplo: delegacias, hospitais, postos de saúde, cemitérios, bares, ou qualquer lugar com circulação duvidosa, esse escudo é extremamente necessário, porém, mesmo que esse ainda não seja o seu caso, use-o mesmo assim, proteção é sempre bem vinda!

Já a parte superior da porta, funciona como área de atração. Neste local normalmente é colocado o "olho mágico", ou mesmo aquela janelinha por onde vemos quem chega até nossa porta.

Na época do Natal, posicionamos a guirlanda exatamente nesta área. A guirlanda serve como captador de energias positivas, a esperança de renovação da vida. Na Grécia antiga, servia para chamar as bençãos dos deuses para dentro da casa, na Roma antiga, significava votos de saúde para todos os moradores. Hoje em dia, a representação deste símbolo representa boas vindas e é usado apenas na época do natal, mas na antiguidade, era utilizada o ano todo confeccionada com as flores e ervas da estação.

Você poderá utilizar nesta área mandalas coloridas. Existem em lojas especializadas mandalas muito lindas e bem pequenas e discretas.

Pensando ainda em proteção, devemos posicionar do lado esquerdo da porta, sempre pelo lado de fora, um vaso com plantas que atuam como protetoras. Dê preferência as plantas em vasos de terra porque este elemento funcionará também como uma forma de descarregar esta energia negativa que a planta irá captar e, desta forma, não deixá-la passar pela porta.

As plantas mais indicadas para esta função são, a espada de são jorge, a comigo- ninguem-pode, a arruda e o guiné. Poderão ser utilizadas cada uma delas ou todas juntas em um único vaso.

Fonte: Jardim Zen
 



 
PARA NÃO PEGAR OLHO GORDO DE VISITAS INVEJOSAS
 


Mantenha sempre ao lado da porta principal da casa com um copo com água e sal grosso. Acrescente, se quiser, uma pedrinha de carvão junto. 

Esse carvão deverá estar sempre flutuando em cima da água, pois se alguma visita invejosa lhe visitar, logo saberá, pois o carvão irá afundar.


SIMPATIA DE PROTECÇÃO COM O CARVÃO
 
 


Pegue um copo de vidro, coloque água até pouco mais da metade, e coloque então um pedaço de carvão vegetal. O copo deve ser colocado em algum canto da casa. Depois de algum tempo o carvão vai afundar, mas você deve observar aproximadamente quanto tempo leva esse processo para ter uma idéia do nível de poluição astral naquele ambiente.

O carvão vegetal usado dessa maneira será como um mata-borrão de energias de baixa vibração. Ele vai absorver essas energias e vai afundar, e tanto mais rápido isso acontecer, tanto mais poluído está o ambiente, e isso deverá servir como aviso.

Depois que o carvão afundar, você pode substituí-lo por outro, até que comece a demorar mais para afundar, o que significa que o grosso das energias deletérias foi devidamente absorvido.

O carvão usado deve ser jogado fora na natureza, em algum jardim, área verde ou em água corrente para que a energia que ele concentrou seja absorvida e dispersada pela energia da terra.

Esse processo não precisa ser constante. Normalmente se faz uma ou duas vezes por mês, sempre dependendo do caso, pois em ambientes mais carregados o processo pode se estender um pouco mais, mas não se trata de algo que deva ser feito todos os dias, até porque essas energias nefastas também precisam de tempo para se espalharem nos ambientes.
 
 
 
 
 

Doze ervas que se deve ter em casa.


Não é preciso morar no campo para aproveitar as propriedades provenientes das ervas. Ótimas purificadoras de ambientes, elas funcionam como protetoras da casa, quando plantadas em floreiras ou compondo arranjos. Muitas delas são associadas a símbolos de riqueza, prosperidade, amor. Os diferentes aromas e formas estimulam sensação de bem-estar e, ajudam a atrair coisas boas para o dia-a-dia.

Alho - tradicional amuleto de proteção e boa sorte. Na Roma Antiga, era mastigado cru antes de os soldados irem para as batalhas, pois dava resistência e força para enfrentar o inimigo. É fácil cultivá-lo em casa, basta enterrar um dentinho num vaso: “O melhor é plantar na cozinha ou manter sempre uma réstia de alho pendurada perto do fogão. Isso mantém a família unida e protegida das más influências”.

Artemísia - erva da vitalidade e do entusiasmo. Ajuda a superar períodos de cansaço ou baixa de energia. O nome vem do grego Artemis, evocando a deusa da fertilidade e da feminilidade: “Quando tive meu terceiro filho, enfeitei a casa toda com essa erva, que protege o momento do parto e das colheitas. É ótima para espantar os maus fluidos, e um galhinho colocado no sapato guarda as pessoas durante longas viagens”.

Arruda - utilizada pelas benzedeiras para espantar o mau-olhado, essa erva de cheiro forte tem efeito protetor, simbolizando o arrependimento. É ótimo tê-la por perto: “Estimula a consciência dos próprios erros e ilumina as decisões mais acertadas”.

Malva - planta dos prazeres e da beleza. Suaviza os ânimos, ressalta as características femininas na mulher e desperta a sensibilidade nos homens. Facilmente cultivada em vasos, embeleza a casa e estimula a paixão: “Quando quiser conquistar alguém, coloque folhas de malva debaixo do lençol. No mínimo, o perfume será muito agradável”.

Manjericão - erva associada à riqueza, à abundância e à boa sorte. Diz a lenda que ter em casa os sete tipos diferentes de manjericão traz dinheiro e prosperidade. “Plante as mudas ou sementes em lugar ensolarado e, quando começarem a crescer, o dinheiro estará chegando”. Os ramos também podem ser usados em arranjos e duram cerca de uma semana na água. Essa erva perfuma e embeleza os ambientes, com efeito estimulante e revitalizador.

Tomilho - uma plantinha cheirosa e de fácil cultivo. Fica bonita em vasos, mas as pequenas folhas secas também aromatizam os ambientes. O nome vem da palavra grega thymia, que significa perfume. Ótima para afugentar melancolia e estimular vigor e lucidez na hora de tomar decisões importantes.

Sálvia - o nome vem do latim, salvare, que evoca a cura. Era com a queima da sálvia que os curandeiros combatiam a peste e purificavam o ar dos ambientes infectados. “Em casa, um vaso de sálvia protege os moradores contra acidentes e doenças graves. A erva seca é usada na defumação. Nas duas formas promove a sensação imediata de força e bem-estar”.

Hortelã - importante ter essa erva por perto quando a casa está em guerra, em tempos de turbulência e conflitos. Ajuda a dissolver a raiva e controla as atitudes precipitadas. “Essa planta tem efeito calmante e harmonizador. Tê-la em vasos ou arranjos, tomar chá ou banho com ela apazigua os ânimos”.

Salsinha - famoso tempero, também é conhecido como a erva da juventude. Cultivar um vaso ou canteiro de salsinha traz entusiasmo, restaura a força e a saúde dos moradores. “Além de ser um anticanceroso intenso e de regular o ciclo menstrual, a erva, usada no banho de infusão, elimina as energias negativas do corpo e dá ânimo”.

Louro - erva da fama e da glória. Na tradição greco-romana, imperadores, heróis e poetas usavam coroas de louro como sinal de que eram pessoas muito importantes. Ela tem propriedades purificadoras e relaxantes. “As folhas frescas ou secas mantêm-se sempre verdes. Colocadas no quarto, sobre a mesa ou no armário de roupas exalam perfume suave e atraem êxito”.

Mirra - essa preciosa erva de origem oriental foi oferecida pelos Reis Magos ao menino Jesus recém-nascido. É uma planta de proteção e cultivá-la num vaso na entrada da casa traz bons fluidos a quem chega, protegendo os ambientes de qualquer negatividade. “Coloque as folhas em peneiras e, depois de secas, queime-as. É um incenso natural muito agradável”.

Alecrim - erva da felicidade e do amor: “

Quem está procurando um namorado deve guardar sempre um galhinho junto ao corpo”. O nome científico é Rosmarinus officinalis, que quer dizer orvalho do mar, simbolizando a inocência. 
Essa planta é forte e ao mesmo tempo delicada, gosta de sol e de vasos grandes. 
Em arranjos, os galhos combinados com rosas são a própria expressão do romantismo. 
As bruxas da Idade Média costumavam queimar alecrim para espantar maus espíritos, purificar a energia de pessoas e lugares. “Isso vale até hoje. É uma planta espiritual, evoca fidelidade e recordações felizes”.




 

 Vaso de sete ervas





 
 
 
O Vaso 7 Ervas é famoso por reunir plantas consideradas poderosas, que espantam as energias negativas e atraem sorte, prosperidade e bons fluidos.

Não existe uma regra rígida sobre quais são as sete espécies de plantas usadas na montagem deste vaso. A escolha das plantas pode variar dependendo da região do país, mas a versão mais usada é esta:

Arruda
Comigo-ninguém-pode
Pimenta
Espada-de-são-jorge
Manjericão
Alecrim
Guiné
Existe uma versão bem conhecida, que substitui o comigo-ninguém-pode pelo trevo-de-quatro-folhas.
Escolha um vaso ou jardineira com espaço suficiente para acomodar as sete mudas. 

No início, seu Vaso 7 Ervas vai precisar ficar num local com boa luminosidade, mas longe do sol direto. Depois de 3 ou 4 dias, você vai precisar colocá-lo num local onde possa receber cerca de 6 horas de luz solar direta diariamente.
As regas devem ser cuidadosas: mantenha o solo sempre úmido, mas nunca encharcado. Procure regar sempre que a camada superficial estiver seca.
 
 

 
Você Sabia que:

Colocar um trevo de quatro folhas sob seu travesseiro faz vc sonhar com o seu amor perfeito?

Coloque um trevo de quatro folhas sob seu travesseiro para sonhar com o seu amor perfeito.
 
 
 
 
 
ANIL NA CASA. 

A limpeza da casa feita com anil deve ser feita da seguinte forma: 

* Encher um balde com água. 

* Se o anil for pedra, jogue apenas uma pedra ou duas no balde caso a situação espiritual esteja critica (de preferência um balde de 8 litros), então o anil vai dissolver na água, se for liquido, jogue um pouco de anil na água até que ela fique com uma tonalidade nem muito escura mais também não clara.

* Pegue dois panos limpos.

* Molhe o pano na água de anil do balde e passe por toda a casa.

OBS: DEVE-SE PASSAR O PANO COM ANIL POR TODA A CASA, NO CHÃO E PRINCIPALMENTE NOS RODA-PÉS DA CASA, NAS BATENTES DAS PORTAS E NO AZULEJO DA COZINHA E DO BANHEIRO (LEMBRE-SE DE USAR UM PANO SÓ PARA PASSAR NAS VOLTAS DAS JANELAS E OUTRO PARA PASSAR SÓ NO CHÃO. NUNCA USE UM SÓ PARA TUDO).
AS MÁS ENTIDADES SÃO ATRAÍDAS PELAS BATENTES DAS PORTAS, LÁ ELAS GRUDAM E COMEÇAM A SUGAR A ENERGIA DAQUELES QUE PASSAM PELA PORTA. AS MÁS ENTIDADES GOSTAM TAMBÉM DE PERMANECER NA COZINHA E NO BANHEIRO DEVIDO O FATO DE QUE AS PAREDES AZULEJADAS TORNAM O AMBIENTE MAIS FRIO E ADAPTÁVEL PARA AS ENTIDADES NEGATIVAS. 

A COZINHA PRINCIPALMENTE, POIS AS ENTIDADES NEGATIVAS GOSTAM DE SE ALIMENTAR DA ENERGIA DOS RESTOS E DE RESÍDUOS DE ALIMENTOS.

* Limpe a casa sempre de dentro para fora. Desde os cômodos sem saídas em direção as portas de entrada e saída da casa. E o quintal sempre dos fundos para a frente.

* Após passar o pano com anil na casa, queime o pano ou lave-o bem em água corrente e bem fria.

O mau da humanidade é aprender as coisas, achar que sabe muito e esquecer de DEUS. Em tudo que se for fazer, deve-se ter fé, deve-se ter o temor de DEUS, tem que acreditar, não basta apenas fazer algo. Se você faz algo por si mesmo, muitas vezes pode dar certo. Mas se você faz algo com fé em DEUS, esse algo se torna maravilhoso!
  
MIASMAS O GRANDE VILÃO DOS AMBIENTES.

 
 
Ao adquirirmos um imóvel, seja este alugado ou comprado, é muito importante colhermos informações à respeito do histórico da casa, principalmente para identificar quem eram os antigos moradores ou proprietários, de onde vieram, para onde foram e como viviam. Lógico que nem sempre provemos de todas as respostas completas, mas um breve relato de quem eram essas pessoas já possibilita entendermos quais são os padrões energéticos propagados pela casa.
Se partirmos do princípio de que matéria é energia condensada, que nós somos matéria e vibramos energia, entenderemos que tudo é composto por átomos. Esses átomos podem ser trocados e, por isso, devemos entender que é natural do ser humano compartilhar energias entre seres vivos e inanimados, no caso, os espaços e tudo que nele existe. E é aí que surge a necessidade de investigarmos o padrão das energias que iremos encontrar em uma casa, pois são determinados pelas pessoas que passaram por ela.
Os espaços externos são naturalmente purificados pelos efeitos da natureza, através do sol e de seus poderes benéficos, da chuva, do vento, do calor, do frio, da umidade, do dia e da noite. Acontece que, pelo fato do homem ter se protegido dessa exposição ao meio ambiente, os ambientes não sofrem a limpeza exercida pelos efeitos externos, estando sujeitos às energias que vibram internamente.
Uma casa bem arejada, ventilada, com a presença do sol, mesmo que em pequenas partes do cômodo, e que abriga plantas naturais tem as energias densas recicladas com maior facilidade do que uma casa sem esses atributos. Dependendo do local onde está, a casa ainda recebe influências das construções vizinhas, que podem ser locais onde a produção de energias nocivas é maior, como no caso de uma delegacia, cemitério, hospital, templos e igrejas, bares, casas noturnas, redes elétricas e torres de celulares. Tudo isso favorecendo a perda do padrão energético positivo e facilitando a entrada das energias de tristeza, angústia, ansiedade, medo e, em alguns casos, influências espirituais negativas.
Acontece que um outro padrão energético é muito comum de ser encontrado quando analisamos o padrão de energias de uma casa e, além de todas as influências citadas acima, se torna o maior vilão para o equilíbrio e evolução de pessoas e espaços, pois é um “mal que vem de dentro”, conhecido como Miasma.
O Miasma é uma espécie da massa energética negativa criada por nós, seres humanos, que em desarmonia, propagamos energias negativas através da fala, do movimento e da vibração. A emanação da dor, da raiva, da ansiedade, da tensão, do desespero, da depressão e da doença, são alguns dos exemplos dos miasmas mais encontrados e depositados nos espaços.
Ao brigarmos ou nos deixarmos influenciar por padrões energéticos destrutivos, emanamos o mesmo padrão para dentro dos espaços, fragilizando a estrutura energética da casa e fixando esse padrão vibracional. Com isso, a casa absorve essa massa negativa de energias e estimula sua produção, já que entende que é esse o padrão que deve prevalecer nos ambientes.
Através desse fato, podemos entender que uma casa onde seus membros brigam e se ofendem, atrai o mesmo tipo de pessoas, repetidas vezes, ou até que haja uma remoção desses miasmas. Mesmo que o desejo da raiva e da discórdia sejam latentes em cada um deles, um dia irá se manifestar, pois foi o padrão  de energias fixado na casa que atraiu esses novos moradores e é ele quem determina quais são as energias que serão manifestadas em contato com a casa.
Através de rituais de limpeza e purificação, além de bons pensamentos e boas vibrações, temos a possibilidade de reverter esses padrões de energia, removendo os miasmas antigos e defendo a casa da entrada de energias nocivas. A casa, então, passa a produzir um padrão mais positivo e a inspirar seus habitantes para a importância do bem estar e da harmonia nesses espaços.
Isso não quer dizer que o miasma não mais retornará. Seríamos hipócritas em afirmarmos que só iremos propagar o positivo a partir de então, mas através de filtros e catalizadores de energias como as plantas, cristais, fontes de água e símbolos de proteção, criamos a defesa e a eliminação da maior parte dessa energia. A atenção e o cuidado com a casa nos facilitarão à percepção do acúmulo de novos miasmas, que poderão ser eliminados através de novos rituais de limpeza e purificação de ambientes, sempre que necessário.
Dá próxima vez que procurar um espaço para habitar ou até mesmo montar o seu negócio, leve em conta seu histórico habitacional e sua localização. Esse já será um grande passo na escolha certa de um local de luz e boas vibrações!

 
SIMPATIA DO ARROZ PARA PROSPERIDADE
 



 
 
- Arroz cru, 
 
- 6 moedas antigas,

- 1 maçã,

- 1 tigela branca pequena e

- 6 folhas de louro

Ponha na tigela o arroz cru, por cima as 6 moedas antigas. Coloque a maçã por cima de tudo, e as folhas de louro em volta.

Mantenha dentro de sua casa em local apropriado. Troque a maçã quando for necessário.

Deve permanecer em casa no máximo um mês. Você poderá refaze-la novamente assim que achar necessário.
 

Leia mais: http://www.alemdamagia.com/minha-casa-e-magica-truques-para-encantar-sua-casa-e-sua-vida/