quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

DESPERTANDO O CONHECIMENTO - Psicologia da Alma (7 Raios ou 7 Caminhos). O CAMINHO DA EVOLUÇÃO.

Psicologia da Alma 

(7 Raios ou

 7 Caminhos).






Chakra1-1
Psicologia da alma

Do ponto de vista da psicologia esotérica, a evolução é a evolução da consciência, mediante a qual o fragmento da alma incrustado na personalidade, progressivamente identifica a sua fonte espiritual e se unifica com ela.”*

Esta identificação progressiva começa quando a consciência dá mostra de estar saturada, saciada, ou desenganada dos aspectos mais materiais da personalidade e paulatinamente “presta seu olhar” para outro tipo de valores mais espirituais.


Journal-Glenn-Louis-Parker-Spiritual-Awakening
O Amor Impessoal ou Incluente, o Altruísmo, a Fé, Tolerância, Respeito, Aceitação, Inofensividade, Humildade, Paz, Silêncio Interior, Alegria, Beleza, Ternura, Bondade, Vontade-para-o-bem, Perdão, Responsabilidade, Equilíbrio, … são valores que, entendidos a partir da “consciência do coração” permitem à alma se aproximar da sua fonte espiritual.

A assimilação real (não intelectual e/ou interessada) destes valores por parte da consciência permite a esta poder reestruturar ou purificar seu corpo físico, emocional e mental, conquistando assim um maior acordo com a nova atitude que requer a aquisição destes novos valores.

Trata-se de um longo processo, (de vidas), no qual o corpo físico, graças à Luz ou Inteligência da Alma, deixa de ser egoísta e exigente com sua satisfação para se tornar purificado e disciplinado na correta expressão de um serviço altruísta eficiente.


visualizando os 7raios
Trata-se de um longo processo, (de vidas), no qual o corpo emocional, graças ao Amor da Alma, deixa de estar excessivamente centrado em seus próprios desejos para se tornar amorosamente compreensivo com a necessidade que há no coração de seu irmão.

Trata-se de um longo processo, (de vidas), no qual o corpo mental, graças à Intuição evocada pela Alma, deixa o orgulho intelectual, o sentido de poder e a separatividade ou actitude isolada  para se tornar receptivo aos propósitos espirituais ou planos divinos para com a humanidade.

O retorno

Claramente este é o caminho de retorno de que fala a parábola do “filho pródigo” dos Evangelhos, onde, o filho, uma vez tendo saciado no caminho de partida todos os seus desejos e ambições materiais, entra em decadência e, sem recursos, amigos nem consolo, se volta para si e decide retornar à casa do Pai. 

Uma casa à qual só é possível voltar muito leve de bagagem, isto é, como diz a parábola: “sinceramente arrependido”, a simplicidade que permite recobrar a divindade perdida.

Tudo o que conseguiu no caminho de partida para o bem do “eu sou” deve ser devolvido para o bem do “tu és” no caminho de retorno. Na primeira parte do caminho se adquire experiência, na segunda se oferece sabedoria.


mapa-numerologico-cabalistico-completo-de-r-125-por-r-34-90-5-apostilas-gratis-368-13332078824f77234a601e8
7 Raios ou 7 Caminhos
Há que entender que a consciência ou Alma compreende e expressa este caminho de retorno através de 7 formas diferentes*


Os raios 1-7 são afins e trabalham com a vontade dinâmica. 
Os raios 2-6 com a compreensão amorosa. Os raios 3-5 com a inteligência que ilumina (dirige). 
O raio 4, por sua vez, “está só” no centro, ele, que é o que percebe com a mesma intensidade tanto o poder do de cima como do de baixo é o que luta pelo equilíbrio, evocando, com a necessidade que gera seu intenso conflito, a intuição criadora de beleza e harmonia. Mas, em última instância, o raio 4 tem mais simpatia pelos raios pares que pelos ímpares.
É muito importante entender esta variedade no planejamento que exercem as consciências para enfrentar o caminho, já que um excesso de identificação com a própria forma de avançar pode gerar incompreensão frente às outras práticas, igualmente corretas que a própria.

Eu Divino
O raio da Alma e seus complementos

O Raio da Alma não varia durante as muitas vidas em reencarnação, mas sim, que em cada vida se dão múltiplos e variados padrões energéticos com os quais o Raio principal da Alma, segundo seja a necessidade evolutiva da Consciência que reencarna, deverá conviver e se complementar.

Esses padrões energéticos secundários (diferentes em cada vida) basicamente são o raio da personalidade que no caminho de retorno pode ser considerado um sub-raio do raio principal da Alma; os importantes raios menores que condicionam o corpo mental, emocional e físico; e as não menos importantes energias e tendências astrológicas, signo ascendente, solar, lunar, e seus regentes, oferecendo tudo isso uma rica inter-relação de matizes e oportunidades para o graduado reconhecimento do todo maior ou Fonte Espiritual.


64d42-divina2bpresen25c325a7a
Há que saber que à medida que se avança no caminho as diversas linhas de expressão têm tendência de se aproximar e se fusionar, daí que os grandes Sábios ou Mestres sejam capazes de expressar com Suas vidas uma poderosa síntese.

De um ponto de vista técnico astrológico, este último parágrafo é a razão principal pela qual em um horóscopo se pode observar que quanto mais evoluída é a consciência de seu dono, mas nitidamente ficam refletidos nele os raios, signos e planetas regentes que condicionam referida consciência.

eusou_web_24raios_mini
*este parágrafo entre aspas foi extraído da contracapa do livro de Alice Bailey “Psicologia Esotérica I”
*o esquema das 7 diferentes formas de compreender e expressar a espiritualidade foi extraído do capitulo VIII do livro de Alice Bailey “Iniciação Humana e Solar”