sábado, 7 de novembro de 2015

SAÚDE E EQUILÍBRIO - FARINHA DE MARACUJÁ ALÉM DE LIMPAR O ORGANISMO AINDA EMAGRECE!!

Farinha de maracujá - excelente desintoxicante e ainda emagrece!


A casca da fruta transformada em farinha pode diminuir a taxa de açúcar no sangue e reduzir a absorção de gorduras pelo organismo 

Ela surgiu no mercado de produtos naturais com a incrível fama de baixar as taxas de açúcar no sangue, o que realmente favorece a quem tem diabetes. Mas, com o passar do tempo, a Farinha de Maracujá em Pó vem apresentando excelentes resultados como bloqueador de gordura.

A pectina, substância encontrada na casca da fruta, se transforma em uma espécie de gel não digerível, e provoca sensação de saciedade, além de ser responsável por inibir a absorção das gorduras encontradas em alguns alimentos. “A ação de bloqueio das gorduras, promovida pela pectina, é mais suave que a dos remédios utilizados com esse mesmo intuito, porém, sua atuação é ainda mais eficaz”, afirma Maria Laura Alvares Lobo, farmacêutica responsável da Meissen.

Outra informação importante sobre seu consumo, é que a farinha de maracujá faz uma “limpeza” no organismo, ajudando a eliminar diversas toxinas, que uma vez acumuladas, podem prejudicar o funcionamento dos órgãos e desequilibrar o metabolismo. “Para que seu efeito seja ainda mais potente, o ideal é ingerir mais água, pelo menos 2 litros por dia”, conclui a farmacêutica.

O modo de usar a farinha de maracujá é dissolve-la em um suco natural de frutas, iogurte ou sopa. E o indicado é ingerir uma colher de sopa preferencialmente meia hora antes das principais refeições que é o almoço ou jantar.

Você encontra a farinha de maracujá nas principais lojas de produtos naturais. 

OS BENEFÍCIOS E COMO CONSUMIR

farinha de maracujá (fibra) tem como seu principal ativo a Pectina.
Que  é um polissacarídeo ramificado constituído principalmente de polímeros de ácido galacturonico, ramnoses, arabinose e galactoses. É um dos principais componentes da parede celular da planta. As suas ramificações servem para aprisionar água e formar um gel. 

Ao ser ingerida pelo organismo forma um gel no estômago, dificultando a absorção de carboidratos e da glicose produzida no processo digestivo e também nas gorduras, auxilia ainda a redução de glicemia e na taxa de colesterol.


A alta concentração de pectina contida na farinha de maracujá diminui a concentração de glicose, contendo ainda fósforo, que é fonte de renovação celular, cálcio que ajuda no desenvolvimento dos ossos e dentes, ferro que dá mais energia, disposição e ajuda na memória e a vitamina B3 que melhora a ansiedade.



Menos toxinas


Outra boa notícia: a fibra presente na farinha de maracujá promove uma faxina no organismo. Ela ajuda a eliminar as toxinas, que, acumuladas, prejudicam o funcionamento dos órgãos e, com isso, desequilibram o metabolismo – o que faz sua dieta emperrar. Só que para facilitar a ação desintoxicante da pectina, é importante beber mais água, no mínimo 2 litros por dia.

Dosagem diária

**  1 colher de sopa meia hora antes do almoço e 1 colher de sopa meia hora antes do jantar. Pode dissolver a farinha no suco para melhor ingestão.

 Você também pode salpicá-la na comida. Só não vale levá-la ao fogo, pois ainda não há estudos que garantam que essa exposição extra ao calor não altere suas propriedades e a textura dos alimentos.

Modo de Preparo

1)Selecione maracujás firmes e sem rugas. Retire a polpa e corte a casca ao meio ou em pedaços.

2)Coloque em um assadeira e coloque em fogo médio por cerca meia hora, mexendo de vez em quando.

3)Retire a assadeira do forno quando a casca tiver torrada. Bata no liquidificador. Se restarem grumos, peneire a farinha.

4) Agora e só aproveitar os benefícios!!










fonte:http://www.belezainteligente.com.br