sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

DESPERTANDO O CONHECIMENTO - O QUINTO ELEMENTO - A QUIMICA DE DEUS OU A CIÊNCIA SAGRADA

O QUINTO ELEMENTO - A QUIMICA DE

DEUS OU A CIÊNCIA SAGRADA

QUINTESSÊNCIA O QUINTO ELEMENTO

O Quinto Elemento é a energia pura emanada do Centro Criador, presente nos
outros quatro elementos: terra, água, ar e fogo. É a chamada Quinta Essência
dos antigos e verdadeiros alquimistas. 

O termo "Quinta Essência" foi primeiramente elaborado pelo filósofo 
Aristóteles, que considerava que o universo era composto de quatro 
elementos principais, a saber: terra, água, ar e fogo. 

Segundo a sua tese, além dos quatro elementos:terra, água, ar e fogo, existe uma substância etérea que interpenetra em todos os compostos impedindo os corpos celestes de caírem sobre a Terra. 

Isaac Newton foi quem mais defendeu a existência dessa "quintessência" em suas teorias e discussões sobre os conceitos de matéria e energia, deixou 
transparecer a sua crença em uma força imaterial presente nos corpos 
materiais e nas formas de energia. 

Ele admitia que matéria e luz comunicavam-se por algo desconhecido pela 
ciência. Em suas teorias sobre a propagação das vibrações dos corpos, 
chamava essa essência do Quinto Elemento pelo sugestivo nome de 
"espírito da matéria".

De Aristóteles aos cientistas modernos, muito já se cogitou sobre a força oculta 
presente em todas as coisas. Em 1998, três astrofísicos da Universidade de Pensilvânia mencionaram o termo "Quinta Essência" para designar um campo dinâmico quântico que é gravitacionalmente repulsivo. A ciência já está quase confirmando a realidade da existência de um quinto elemento através da Física Quântica. 

Newton que nos convida a pensar que é possível haver uma comunhão entre 
a ciência e a espiritualidade:  "Do meu telescópio, eu via Deus caminhar! 
A maravilhosa disposição e harmonia do universosó pode ter tido origem 
segundo o plano de um Ser que tudo sabe e tudo pode. Isto fica sendo a minha 
última e mais elevada descoberta. 

Albert Einstein já dizia: "Só existe duas formas de viver a vida. A primeira é 
pensando que o milagre não existe; a outra é pensando que tudo é milagre"

A busca maior da alquimia interior, consiste na manutenção deste Quinto 
Elemento, que visa a obtenção dessa Energia Sagrada Essa mesma energia é denominada Akasha. 

Quem domina e utiliza essa força é um Ser Iluminado,que compreende a 
simplicidade do Ser Absoluto e a sua Onipresença e Onipotência. Percebendo 
que tudo deriva-se dessa coisa única, passa a trabalhar em harmonia com suas 
Leis e Princípios e em tudo o que vê, sente, toca, consome; sente a presença 
viva do Divino, do Quinto Elemento.

Quem assimila esse conhecimento torna-se capaz de realizar coisas que a 
ciência materialista dificilmente conseguirá.

O Alquimista vai além do químico em suas pesquisas justamente quando 
ultrapassa em seus estudos a análise materialista dos elementos,acrescentando 
o Quinto Elemento em seus estudos. 
al-khimia
Química de Alá
Al ou Al-lah
 Ser Supremo ou Deus Todo-Poderoso
Khimia
 Química de Deus ou a Ciência Sagrada

Pedra Filosofal
Elixir da Longa Vida
Quintessencia Quinto Elemento
Como a chave para a transmutação

Quem adquire o conhecimento sobre os quatro elementos pode fazer 
manipulações na matéria, quem aprende, compreende e aplica o 
conhecimento com base na utilização dos cinco elementos, 
acrescentando o Divino [quitessencia] aos quatro anteriores, 
pode transmutar as coisas... 

O estudo dos quatro elementos: ar, água, terra e fogo, tem quase sempre um 
objetivo intermediário para se chegar ao conhecimento do Quinto Elemento 
que consiste na Quintessência alquimista. 

O Alquimista da Alma consegue penetrar na essência dos materiais e se 
apoderar da Energia Divina aprisionada em todos os mistos. Alguns o 
chamam de Pedra Filosofal, outros o chamam de Ovo Filosófico, Licor 
Alkhaest, Elixir da Longa Vida, etc, etc. 

Assimilar o poder do Quinto Elemento ou da Energia Cósmica Criadora 
presente em todas as coisas, para o Alquimista, consiste na proeza do 
que chamam "realização da Grande Obra". 

Eu, você, qualquer um dos seres humanos que habitam a face da terra 
podemos nos apropriar desse quinto elemento, na medida de nossas 
capacidades. Ore e trabalhe. Eis o segredo para se canalizar cada vez 
mais uma porção maior do Quinto Elemento em nosso dia-a-dia.

Orat e Labora, diziam os sábios alquimistas: o significado da palavra 
laboratório pode ter tido sua origem nestes termos, do Latim: ore e 
trabalhe. Eis o segredo maior da alquimia.

Veja abaixo um esquema dos cinco elementos, estão representados sob a 
forma de um pentagrama, simbolizando a união do terreno com o divino. 

Muitos dos alquimistas mais célebres começaram pelo lado material e 
terminaram encontrando o espiritual.












A Alquimia significa a Química de Deus ou a Ciência Sagrada. Aí está o segredo da Pedra Filosofal, do Elixir da Longa Vida apregoados pelos alquimistas como a chave para a transmutação. Eis um segredo revelado: quem adquire o conhecimento sobre os quatro elementos pode fazer manipulações na matéria, quem aprende, compreende e aplica o conhecimento com base na utilização dos cinco elementos, acrescentando o Divino aos quatro anteriores, pode transmutar as coisas... transformar chumbo em ouro.
O estudo dos quatro elementos: ar, água, terra e fogo, tem quase sempre um objetivo intermediário para se chegar ao conhecimento do Quinto Elemento que consiste na Quintessência alquimista. Através de técnicas de trabalho e oração, o Alquimista da Alma consegue penetrar na essência dos materiais e se apoderar da Energia Divina aprisionada em todos os mistos. Alguns o chamam de Pedra Filosofal, outros o chamam de Ovo Filosófico, outros Licor Alkhaest, Elixir da Longa Vida, etc, etc. Assimilar o poder do Quinto Elemento ou da Energia Cósmica Criadora presente em todas as coisas, para o Alquimista, consiste na proeza do que chamam "realização da Grande Obra". Mas tal proeza não está limitada a alguns poucos iluminados que se debruçaram sobre enciclopédias inteiras buscando encontrar o segredo oculto por trás de todas as coisas. Eu, você, qualquer um dos seres humanos que habitam a face da terra podemos nos apropriar desse quinto elemento, na medida de nossas capacidades.