terça-feira, 22 de julho de 2014

DESPERTANDO A CONSCIÊNCIA - VOCÊ SABE QUANDO ESTÁ SENDO ASSEDIADO ESPIRITUALMENTE?

VOCÊ SABE QUANDO ESTÁ SENDO ASSEDIADO ESPIRITUALMENTE?


Num artigo anterior "Embate espiritual: uma guerra silenciosa e desigual", expliquei que a maioria de meus pacientes não percebe que está sendo assediado espiritualmente, tal o grau de sutileza dessa enfermidade da alma.

Expliquei ainda, que a minha experiência com a TER (Terapia Regressiva Evolutiva) - A Terapia do Mentor Espiritual(ser desencarnado, diretamente responsável pela nossa evolução espiritual) -
Abordagem psicológica e espiritual breve, criada por mim, me levou a constatar que 90% de meus pacientes têm uma causa espiritual (obsessão espiritual) na gênese de seus problemas, e apenas 10% a causa é puramente psicológica, não havendo, portanto, nenhuma interferência de ordem espiritual.

Sendo assim, essa terapia, a TRE, é um embate espiritual entre os seres da luz e das trevas, uma guerra silenciosa e desigual, pois os seres das trevas se aproveitam de seu estado de invisibilidade (somente as pessoas que têm clarividência conseguem vê-los) para prejudicar, sabotar a vida do paciente.
Por isso, é muito raro o paciente perceber que está sendo assediado espiritualmente.

Quero esclarecer nesse artigo, que existem 3 grupos de espíritos obsessores:

1º) Desafetos: é o grupo clássico, conhecido da maioria das pessoas - são seres desencarnados, inimigos do paciente, por tê-los prejudicado no passado, seja nesta ou em outras vidas, movido a ódio e vingança, querem ajustar as contas com o paciente;

2º) Iludidos: assim denominei, por dois motivos:
a) Não têm consciência, ainda não "caiu a ficha" que morreram, que estão desencarnados, que não pertencem mais ao mundo dos vivos, dos encarnados;
b) Muitos têm consciência que morreram, mas não conseguem ir para a luz, pois ainda estão apegados ao paciente.
São também obsessores - embora não sejam inimigos - porque com a presença deles na vida do paciente, acabam prejudicando-o.
Em sua maioria, são parentes do paciente (pai, mãe, irmão, tio, avós, etc.) ou alguém de sua vida passada que tem uma ligação muito forte (marido, esposa, filho, etc.).

3º) Legião das trevas: os trabalhadores da luz, a serviço da luz, que buscam auxiliar o próximo da ação nefasta dos seres das trevas, obviamente, estão indo contra, ferindo os interesses do Astral inferior, da Legião das trevas.

Por isso, os médiuns que ajudam os obsediados em trabalhos de desobsessão espiritual nos Centros Espíritas, ou mesmo no meu caso, que venho ajudando em meu consultório milhares de pacientes a se libertarem de seus obsessores espirituais, somos alvos também de assédio dos seres das trevas, que querem nos desestabilizar, assediando até mesmo os nossos familiares quando não conseguem nos atingir.

Somos assim espreitados, analisados, meticulosamente estudados para pegarem o nosso ponto fraco, vulnerável, que são as nossas imperfeições morais e maus hábitos - trazidos de outras encarnações - e, com isso, ao nos atacar espiritualmente, buscam alcançar o seu intento: fazer com que desistamos de cumprir a nossa missão de ajudar o próximo.

Portanto, para que as trevas atinjam o seu objetivo, tudo é válido, todas as armas são utilizadas para desestabilizarem as nossas vidas, deixando-nos nervosos, distorcendo a percepção de nossa realidade, causando discórdias, sofrimento, tristeza, doenças, problemas de relacionamento com os familiares, cônjuges, no trabalho, em nossas relações sociais, ou mesmo no financeiro.

Mas em todas as formas de obsessão espiritual, seguramente, a prece e a reforma íntima (trabalho interior para modificarmos as nossas imperfeições morais e maus hábitos, acima mencionados) são os melhores instrumentos para neutralizarmos as ações nefastas dos seres das trevas.

A seguir, veja o caso de uma paciente, uma médium, que trabalhava em desobsessão num Centro Espírita, cuja vida estava toda bloqueada, por conta da interferência da Legião das trevas.

Caso Clínico:
Vida bloqueada
Mulher de 30 anos, solteira

A paciente veio ao meu consultório se queixando de dores constantes na nuca e nas costas (são um dos sintomas mais comuns de uma obsessão espiritual).
Ela me disse também que todos os aparelhos eletrodomésticos de sua casa estavam queimados, e até mesmo ao sair de carro, ele não pegava, pois a bateria estava arriada. Não conseguia prosperar (recebia o dinheiro e ele sumia) e, com isso, não juntava dinheiro.
Havia períodos em sua vida em que tudo dava certo; de repente, tudo desandava novamente.
Seus relacionamentos amorosos, no início iam bem, mas depois seus parceiros sumiam, sem dar uma justificativa.
Alguns chegavam a ficar impotentes sexualmente.

Ao dormir, seres das trevas se passavam por sua avó, perguntando-lhe se queria ir para o outro lado (plano espiritual) e ao despertar viu uma fumaça escura (é o perispírito - corpo espiritual - do ser das trevas) saindo de seu quarto, indo embora.

Ela já havia trabalhado como médium de cura e de desmanche de magia negra num Centro Kardecista e de... Umbanda.

Por último, me relatou que muitos acontecimentos negativos ocorreram antes de vir ao meu consultório (é bastante comum a legião das trevas boicotar, criando obstáculos para que o paciente não venha ao meu consultório).
Vinham também pensamentos de suicídio pelo fato de sua vida estar toda bloqueada.

Ao regredir, a paciente me disse: "Vejo uma luz amarelada, irradiando como um sol, e perto dela, uma sombra, um ser das trevas em forma de um morcego (chamamos de zoantropia quando um ser das trevas, um obsessor espiritual, transforma-se, plasma na figura de um animal para atemorizar o paciente).
É um morcego gigante, com chifres e asas grandes".

- Pede para esse ser espiritual se identificar - Peço à paciente.
"Diz que o nome dele é Legião". (pausa).

- Pergunte-lhe qual o motivo de estar aqui no consultório -
Peço novamente à paciente.
"Fala que não quer que eu trabalhe para o bem, que vai destruir a minha missão e a sua também, Dr. Osvaldo.
Diz que tem inveja de mim porque onde vou irradio muita luz.

Diz ainda, que no passado eu curava as pessoas com a minha luz, e que eu fazia parte dos Cavaleiros Templários (a Ordem dos Cavaleiros Templários foi criada em 1118, na cidade de Jerusalém, e fizeram votos de pobreza, castidade e de fé em Cristo.

A história diz também que eles ficaram com a tutela do Santo Graal, o cálice onde foi coletado o sangue de Jesus na Cruz, e o mesmo que foi usado na última ceia).
Ele fala também que estava infiltrado na Ordem dos Templários, mas que fazia parte, ou seja, estava a serviço das trevas.
Diz que faz parte da falange de Lúcifer".

Na sessão seguinte (2ª sessão), antes de iniciarmos a sessão de regressão, a paciente me disse que estava fazendo a limpeza espiritual dos 21 dias - conforme lhe pedi -, mas teve dificuldade de se concentrar, e que veio em pensamento para não vir à consulta.
Só vinham pensamentos ruins, sentia muita irritação, peso na nuca, como se alguém estivesse se apoiando nela (na verdade, a paciente estava sendo obsidiada).

Ao regredir, ela me relatou: "Vejo um túnel - o lado direito está iluminado e o esquerdo está escuro (ela estava descrevendo a luz e as trevas).
No lado direito, vejo uma mesa, um altar com detalhes dourados e dois Apóstolos de Cristo.

Ambos usam uma túnica vermelha com bordados dourados, e o lado esquerdo, há duas sombras...
São duas silhuetas humanas escuras, com capa e túnica preta que cobre os seus rostos (seres das trevas). (pausa).
Um dos Apóstolos é ruivo, branco, usa barba e debaixo de sua túnica vermelha tem uma vestimenta branca.
O outro Apóstolo é mais moreno, usa também a mesma vestimenta branca, debaixo da túnica vermelha.
Ainda do lado direito, tenho a impressão de ver uma igreja, uma arquitetura romana, e do lado esquerdo, uma caverna escura (trevas).

Estão falando que um dos Apóstolos é o João e o outro é o Felipe, e o lado esquerdo, é a Legião. (pausa).
O Apóstolo João diz: "Eu sou um soldado, um guerreiro.
É a minha missão, sempre foi e sempre será, guerrear contra as trevas.
A luta é longa e o caminho é cheio de espinhos.
Não se pode desistir, porque sou um soldado de Cristo...
Ele está vendo a sua luta, sabe o que você está passando" (paciente fala chorando). (pausa).
Agora, é o Apóstolo Felipe que diz: "Não esmoreça, aprenda a usar as armas que traz de todas suas vidas.
Você sempre teve o selo de Cristo, teve também o selo de Arcanjo Miguel.
Cristo está contigo em sua caminhada.
Aprenda a usar - através dos trabalhos espirituais - sua espada flamejante e o seu cavalo espiritual que está à sua disposição para guerrear contigo.
O seu escudo mágico também está à espera de suas mãos.
Use sua força espiritual, vá em frente com Cristo!
Os Cavaleiros Templários formam uma egrégora de você e do Dr.Osvaldo.
Sigam em frente!

Você não veio ao consultório por acaso, mas veio também para transmitir essa mensagem ao Dr. Osvaldo e tenho certeza de que a nova geração de espíritos que irão reencarnar virão também com a luz e o selo de Cristo para dar continuidade ao trabalho de vocês.

Não esmoreça, a Nova Era está chegando.
O mal vai ser banido da Terra.
Preparem-se e preparem os próximos também, seus semelhantes aí na Terra.
Haverá muita dor e ranger de dentes, mas não temam porque a vontade de Deus se fará presente".
Agora, o Apóstolo João que diz: "Minha cabeça foi cortada, mas estou vivo em Cristo, e em nosso Deus, o Criador.
Após milênios e milênios, sou prova viva que estou vivo.
Lutem, não esmoreçam, que a caminhada ainda é longa, os espinhos são muitos e a humanidade tem ainda muito a aprender, mas falta pouco!.
Preparem-se para a Nova Era.
Repito: não temam o que vier a acontecer, pois o espírito é maior que a carne, e tudo aí é passageiro.
Estamos felizes, eu e o Felipe, por essa oportunidade de estarmos transmitindo essa mensagem.
Soldados estarão espalhados pelo Planeta - em prontidão - para que o bem faça a transição da Nova Era.
Eduquem-se espiritualmente e ensinem àqueles que nada sabem.
Jesus fez muitos prodígios e vocês, como seres guiados por Deus, podem fazer mais do que ele fez em sua época.

Dr. Osvaldo, prossiga a sua missão sem medo porque Cristo também está contigo.
A partir dessa mensagem, eu e o Felipe, guardaremos a vida dessa moça.
O caminho dela é restaurar a fé, sua espada, seu escudo, seu cavalo e apoderar do selo que possui.

A coroa (chacra da coroa) dela é marcada pelo Astral.
Por isso, a Legião das trevas a incomoda, não só materialmente, mas a afeta em todos os aspectos de sua vida.
Peça para ela ter fé, se apoderar das armas que possui para vencer tudo isso.
Desistir de viver, jamais!
Pede também para ela cumprir a sua missão, através dos trabalhos no Centro Espírita, pois é o que está escrito em seu Livro da Vida.
Tenham fé, os soldados já estão sendo enviados.
A Legião das trevas vai ser aprisionada, não tenham medo, sigam com coragem! Fortaleçam sua fé!
Fiquem com Deus!".

Na 3ª e última sessão, a paciente me relatou: "Vejo o mestre Jesus e o Apóstolo João juntos...
O Apóstolo João está me revelando que é o meu mentor espiritual (paciente fala emocionada, chorando muito).
Vejo Jesus num portal de luz, e no peito dele, tem um formato de coração com detalhes dourados que refletem luz...
Eu o vejo como numa imagem em 3D, com uma túnica branca.
Ele sorri, mas não diz nada.
João diz: "Não se assuste, sou eu mesmo o seu mentor espiritual.
Jesus veio para lhe dizer que está contigo e abençoa os trabalhos espirituais que você desenvolverá.
Venho aqui neste momento, apenas para ser o seu interlocutor.
O que você está vendo à sua frente é o espectro de Jesus formado pela energia divina que emana de seu espírito.
Ele está aparecendo dessa forma, em diversas partes do Planeta.
Vários encarnados, como você nesse momento, estão vendo-o dessa forma.
É como se fosse uma cúpula, numa reunião, com o seu chefe. (pausa).

Agora, prestemos atenção no que Jesus tem a falar:
"Amados irmãos, vós sabeis quão dura é a luta!
É chegado o momento para que todos vós fortaleçam a fé em mim para chegarem ao Criador.
A luta com as trevas está no seu fim.
Emanem a fé, a sabedoria, pois a cúpula dos milagres se abrirá em toda a parte do Planeta.
Engrandecei-vos, pois logo estarei com todos vós!".

Agora, a imagem de Jesus sumiu...
O apóstolo João está me dizendo:
"Não fique espantada com a revelação de que sou seu mentor espiritual, pois isso é mais comum do que você imagina.
Não somos seres intocáveis ou inacessíveis como ainda muitos crêem, pois se assim fosse, não seríamos dignos de representar Jesus e nem ao Pai Maior.

O sol nasce para todos, e como Jesus, não distingo uma pessoa da outra, pois todos somos iguais perante Deus.
Fortaleça a sua fé em 1º lugar, e por todo lugar que caminhares, sempre tenha Jesus à sua frente como um tutor dos seus objetivos.
Continue o seu tratamento no Centro Espírita porque ainda há espíritos da Legião ao seu encalço.
Lá eles vão terminar de aprisionar os seres das trevas.
Sigam com Jesus!

Dr Osvaldo Shimoda 

http://saintgermanchamavioleta.blogspot.com/